Rodrigo
Rodrigo

Rodrigo Fernando


40 anos, de Ilha Solteira

Torcedor do site número: 630.787

cadastrado desde 08/04/2018

Aqui é Corinthians

male

Acessos no Meu Timão

Último acesso em 07/06/2020

Atividade de Rodrigo Fernando no Meu Timão

Ranking de comentários

Faltam 39 comentários para o Rodrigo entrar no ranking

Ver Ranking

11 Comentários

100% de aprovação

0 Posts

Última atividade no site em 07/06/2020 às 12h59

Rodrigo Fernando avalia 88.64% como positivo

Posts e comentários do Rodrigo

Última interação no site em 30/05/2020 às 18h57

  • Rodrigo

    Rodrigo comentou na notícia: "Marcelinho, o maior: meia soma quase 400 participações em gol pelo Corinthians"

    há 1 ano

    Certamente. No ano de 2002 o Corinthians de Parreira foi campeão da Copa do Brasil e do Campeonato Paulista. Ainda ficou com o Vice - Brasileiro. Com a bola que ele jogou no Vasco em 2003, certamente teria batido todos os recordes, e mais, talvez tivéssemos ganho o Brasileiro sobre o Santos.

    detalhes do comentário
  • Rodrigo

    Rodrigo comentou na notícia: "Marcelinho, o maior: meia soma quase 400 participações em gol pelo Corinthians"

    há 1 ano

    Impressionante mesmo. Deveriam encaminhar esses dados para alguns jornalistas como Mauro Beting e o professor Celso Unzelte.

    Para ser sincero achei até que ele tinha mais passes do que o registrado, pois já vi jogos em que ele deu três assistências para gols. De qualquer modo, os dados demonstram o quão letal ele era. Não é à toa que é o maior ídolo do Corinthians.

    detalhes do comentário
  • Rodrigo

    Rodrigo comentou na notícia: "Edilson Capetinha aponta ex-companheiro como maior jogador da história do Corinthians"

    há 3 anos

    Comentário mais lúcido que li!

    detalhes do comentário
  • Rodrigo

    Rodrigo comentou na notícia: "Edilson Capetinha aponta ex-companheiro como maior jogador da história do Corinthians"

    há 3 anos

    Fundamento por fundamento acho que o Marcelinho leva:
    - Passe: M
    - Cabeceio: M
    - Drible: E
    - finalização: M
    - Visão de jogo: M
    - Lançamento : M
    - Batida de faltas, penaltys e escanteios: M
    - Velocidade: E

    6 M X 2 E

    detalhes do comentário
  • Rodrigo

    Rodrigo comentou na notícia: "Edilson Capetinha aponta ex-companheiro como maior jogador da história do Corinthians"

    há 3 anos

    Entendi o que quis dizer e concordo. Se Edílson finalizasse bem, como o Luizão p. Exemplo, teria sido um dos maiores atacantes da história.

    detalhes do comentário
  • Rodrigo

    Rodrigo comentou na notícia: "Edilson Capetinha aponta ex-companheiro como maior jogador da história do Corinthians"

    há 3 anos

    Rivellino foi o melhor jogador da história do Corinthians. Isso sem pensar muito. Já vi vários jogos gravados e era um demônio. Era nível Zico. O Dr. Foi um gênio, mas é um pouco abaixo. Agora como figura humana, Sócrates foi incomparàvel.

    detalhes do comentário
  • Rodrigo

    Rodrigo comentou na notícia: "Edilson Capetinha aponta ex-companheiro como maior jogador da história do Corinthians"

    há 3 anos

    Danilo o capetinha não lançava melhor ou tinha melhor visão de jogo que o pé de anjo. Mesmo para finalizar a gol. Quanto à velocidade, dribles e ser insinuante sem dúvidas. Mas de resto, o pé de anjo leva.

    detalhes do comentário
  • Rodrigo

    Rodrigo comentou na notícia: "Edilson Capetinha aponta ex-companheiro como maior jogador da história do Corinthians"

    há 3 anos

    Em suma: o pé de anjo era mais completo.

    detalhes do comentário
  • Rodrigo

    Rodrigo comentou na notícia: "Edilson Capetinha aponta ex-companheiro como maior jogador da história do Corinthians"

    há 3 anos

    Acho que na carreira o Edílson foi mais longevo, mas no quesito dos fundamentos do futebol Marcelinho foi mais completo, mais diferente. Por isso errava mais, conforme disse o próprio Vampeta.

    detalhes do comentário
  • Rodrigo

    Rodrigo comentou na notícia: "Edilson Capetinha aponta ex-companheiro como maior jogador da história do Corinthians"

    há 3 anos

    Concordo que os melhores jogadores foram Rivellino e depois o Dr. Sócrates. Mas esses dois estão em outro nível. Edílson, teve uma carreira mais longa, mas bola por bola, comparando - se a execução de fundamentos que o futebol permite, Marcelinho leva: batia melhor na bola, lançava melhor, melhor visão de jogo, finalizava melhor, cabeceava bem, foi um dos maiores batedores de falta da história. Cobrava escanteios como poucos. Enfim, Edílson era mais habilidoso, mas tecnicamente Marcelinho foi melhor. Ele não foi o melhor jogador de nossa história, mas foi, sem dúvidas, o mais importante.

    detalhes do comentário
`
x