Johnny
Johnny

31 anos , de São Paulo

Johnny Barbosa

Torcedor do site número: 647.675, cadastrado desde 29/07/2018

Aqui é Corinthians

male

Estatísticas no Meu Timão

Última atividade no site em 24/06/2019 às 13h50

Ranking do Fórum

Faltam 16 posts para o Johnny entrar no ranking do Fórum

Ver Ranking

Ranking de comentários

3.388º lugar

Ver Ranking

342 Comentários

89% de aprovação

4 Posts

50% de aprovação

Atividades do Johnny no Meu Timão

Última interação no site em 21/06/2019 às 12h38

  • Johnny

    Johnny comentou na notícia: "Corinthians libera, e Sergio Díaz se apresenta ao novo clube neste sábado"

    há 3 dias

    Culpa dele, já veio machucado, quando ficou bom, machucou novamente, depois mais uma vez...
    Quando jogou, não rendeu. Empréstimo no fim do ano, com gatilho de compra por 8 milhões de euros... O tempo de mostrar serviço era no ano passado, início do ano, não fez, já era.

    detalhes do comentário
  • Johnny

    Johnny comentou na notícia: "Comentário de Leonardo no Meu Timão"

    há 5 dias

    Bom, acho que encerro o nosso debate (em alto nível por sinal) com o link da entrevista do menino, valeu e obrigado

    Https://www.google.com/amp/s/globoesporte.globo.com/google/amp/sp/tem-esporte/futebol/times/ituano/noticia/familia-corinthians-e-selecao-saiba-mais-sobre-a-sensacao-martinelli.ghtml

    detalhes do comentário
  • Johnny

    Johnny comentou na notícia: "Comentário de Leonardo no Meu Timão"

    há 5 dias

    Eu entendi, mas desculpe, com 14 anos, não tem como dizer quem tem ou não futuro. Pode-se projetar, investir, mas garantir, ninguém pode, estamos falando de seres humanos, não de máquinas. Um exemplo, tour de tênis Júnior, todo ano alguém ganha, vence os grandes torneios, quais desses viram jogadores top50, top100? É sobre isso que estou falando, tem muita diferença entra ser juniores e profissional.

    detalhes do comentário
  • Johnny

    Johnny comentou na notícia: "Comentário de Osvaldo no Meu Timão"

    há 5 dias

    O que seria da base? Me responda uma coisa então, quantos jogadores subiram, jogaram, nos últimos anos? Estamos falando de futebol profissional, nem todo moleque vai ser profissional, nem todo moleque será um craque, então, é preciso compreender isso. Você pega clubes de bairro, eles não tem categorias para formar profissionais do futebol e sim para fazer a inclusão social, educacional. Clubes grandes, também tem esse objetivo, além da possibilidade de lapidar os melhores talentos ou que atendam às necessidades do clube. Nem sempre o mais talentoso é a melhor opção, não adianta ficar exigindo A ou B, sendo que quem precisa mostrar que merece, são esses que são solicitados.

    detalhes do comentário
  • Johnny

    Johnny comentou na notícia: "Comentário de Leonardo no Meu Timão"

    há 5 dias

    Críticas construtivas, com embasamento é diferente de criticas sem valor, vide as que apresentam nessa matéria, isso que incomoda, criticar simplesmente, por não gostar, concordar, sem pensar no porque, no momento, nas variáveis, sem analisar se foi feito algo ou não.
    Críticas devido a estilos (algo onde não existe certo ou errado) como são feitas atualmente para o Carille, criticando a forma de jogar, ridicularizando o técnico, sem analisar os números, as mudanças e o próprio discurso do mesmo, que nunca negou que o time precisa melhorar, apresentou os dados (Corinthians foi o time que mais jogou no BR esse ano) o maior problema são críticas comparativas, ah mas fulano de tal faz assim, faz assado, clube x faz, enfim. É assim que eu penso

    detalhes do comentário
  • Johnny

    Johnny comentou na notícia: "Comentário de Leonardo no Meu Timão"

    há 5 dias

    É difícil imaginar, ainda mais ser conhecer as pessoas envolvidas, os motivos, o nível na época, enfim, vários fatores, pelo desempenho dele, certamente alguma proposta foi feita, a vida é feita de escolhas, a da família foi ir embora, fim. Não tem porque discutir.
    Veja um exemplo, Neymar com a mesma idade foi para o Real, eles não deram muita bola para ele, ele ficou chateado e virou, quem virou. São coisas que acontecem, estamos falando de crianças, famílias, nem tudo gira em torno do clube.

    detalhes do comentário
  • Johnny

    Johnny comentou na notícia: "Comentário de José no Meu Timão"

    há 5 dias

    Pois é, não precisam, simples, você está marcando o cara, ele recebe a bola e corre em direção ao ataque, você coloca a mão na cintura e espera a jogada finalizar... O resto do time que se vira.
    Futebol é coletivo, se estão atacando com 8 jogadores, fatalmente você precisa acompanhar alguém, coloca 4 jogadores que citou no mesmo time, como faz?

    detalhes do comentário
  • Johnny

    Johnny comentou na notícia: "Comentário de Leonardo no Meu Timão"

    há 5 dias

    Novamente, 14 anos, você vai falar o que para a família? Vou pagar 10 mil reais, 15 mil? Não existe isso, como ele tem vários, fácil falar só sobre os que dão certo, existem inúmeros que não vingam. Sendo assim, por nem ser um período onde o menino podia assinar um contrato. Não vejo nada de errado.
    Em tempo, só está sendo comentado porque foi vendido, porque jogou o Paulista e fez alguns gols, ano passado, quem comentava a respeito? Você ou qualquer outro que está aqui criticando, sabia que ele passou pela base do Corinthians? Viu algum jogo no Corinthians ou no Ituano? Então é complicado julgar com o fato concreto, até porque ele pode ser igual o Keirrison. Ir para um grande clube europeu, por um valor razoável (ele está indo por 7 milhões de euros) e não conseguir jogar.

    detalhes do comentário
  • Johnny

    Johnny comentou na notícia: "Comentário de José no Meu Timão"

    há 5 dias

    Também não estou dizendo um cara musculoso, você citou um cara franzino (tipo Pedrinho) sem condicionamento (aguentar correr, aguentar os trancos da marcação, preencher espaços) esse cara não vai render. Porque quebra a engrenagem.
    Futebol, como qualquer esporte vai evoluindo, evolução não quer dizer que fica mais bonito, estamos falando de competição, o esporte tem como objetivo marcar gols e vencer a partida, então, esse vai ser o objetivo de quem está no meio. Se um jogador mais fraco fisicamente quer se destacar, ele precisa saber que terá que ter condicionamento, para que a técnica consiga sobressair.
    veja o Messi e o Neymar, não são fortes, porém, fisicamente, são fortes o suficiente para aguentar a intensidade das partidas, dos contatos, para aprimorar a velocidade, força, precisão. Para tudo isso, é necessário esforço e sacrifícios, que a maioria não quer. O cara só quer jogar bola, mas isso funciona na várzea, no amador, no profissional embaixo nível, mas o alto nível, necessita de mais.

    detalhes do comentário
  • Johnny

    Johnny comentou na notícia: "Corinthians recebe Fluminense no primeiro jogo das quartas de final do Brasileiro Sub-17"

    há 5 dias

    Porque o nome já diz, categorias... Cada um na sua...

    detalhes do comentário
`