Rafael
Rafael

Rafael Marques


26 anos, de são paulo

Torcedor do site número: 404.210

cadastrado desde 13/08/2013

Aqui é Corinthians

male

Acessos no Meu Timão

Último acesso em 08/04/2022

Atividade de Rafael Marques no Meu Timão

Ranking do Fórum

84º lugar

Ver Ranking

Ranking de comentários

1.061º lugar

Ver Ranking

1.497 Comentários

96% de aprovação

13.707 Posts

57% de aprovação

254 Tópicos

238.269 Visualizações

2.590 Views por tópico

Última atividade no site em 08/04/2022 às 17h19

Rafael Marques avalia 90.89% como positivo

Posts e comentários do Rafael

Última interação no site em 08/04/2022 às 17h25

  • Rafael

    Rafael postou em Bate-Papo da Torcida, no tópico "Pra ser Ídolo, precisa ser homem!"

    há 3 meses

    É, as atitudes dele nos últimos 6 anos são lamentáveis...

    Decidindo vários jogos no Brasileirão de 2017 e nos campeonatos paulistas de 17-18-19, levou o Corinthians à uma semifinal de Sula, decidindo o confronto mais difícil até lá contra o Racing, levando o time até uma final de Copa do Brasil em 2018...

    Decidindo em jogos onde o Corinthians certamente BRIGARIA PRA NÃO CAIR se não pontuasse, em campeonatos onde o time era horrível..

    E acabou de salvar de novo, contra o Guarani, nos colocando em mais uma semi, há 2 semanas atrás.

    Como ele ousa?, muito lamentável ele mesmo.

    Isso só dentro dos 'últimos 6 anos'...

    Quem faz coisas boas e significativas para o Corinthians são só vocês mesmo, que ficam chorando na internet as frustrações de suas vidas e propagando falsos valores tão ridículos que só rindo.

    detalhes do post
  • Rafael

    Rafael postou em Bate-Papo da Torcida, no tópico "Trabalho do Sylvinho é melhor do que o do endeusado Carille em 2019!"

    há 7 meses

    Não quero comparar a história dos treinadores, até porque um deles tem uns 50 jogos de carreira apenas e o outro é campeão aqui, mas proponho comparar os trabalhos nessas duas temporadas específicas, com suas peculiaridades.

    Carille chegou em 2019 como o rei da cocada preta, gastou uns vários milhões em jogadores naquele ano, o clube contratou À SEU PEDIDO jogadores como Ramiro, Urso, Régis, tinha jogadores jovens importantes como o Pedrinho e o Vital (na época ainda muito jovem e à apostar se despontaria ou não), enfim, teve Paulistão e pré-temporada, possiblidade de jogar sul-americana, mandava e desmandava no time, e terminamos o ano com nada que se desse proveito, tomamos um dos sacodes mais humilhantes para o Del Valle numa competição que poderíamos vencer, o time caindo pelas tabelas do Brasileirão e ele desvalorizando publicamente os jovens e o clube, não conseguindo arrumar lugar para jogadores que ele mesmo contratou.

    Pra se ter uma ideia, para os esquecidos, o COELHO FEZ O TIME JOGAR MAIS DO QUE ELE no fim daquele campeonato...

    Em 2021, Sylvinho, com 11 jogos de carreira chegou no Corinthians depois do Paulista, estreando na primeira rodada do Brasileiro, com um time que brigaria pra cair, cheio de medalhões jogando mal e jovens pra lançar, pegou um confronto de Copa do Brasil contra um time na época do mesmo nível que o nosso, porém melhor organizado, Atlético-GO, e foi mal por não conhecer o time, já que esses jogos foram o segundo e o quarto dele no comando do time..

    Depois ajeitou o time, fez a linha de 4 que criticaram já na coletiva dele, antes de dar um treino, ser uma das melhores defesas do campeonato, recuperando Gil, Fábio Santos e Fagner, e dando sequência ao lançamento do João Vitor.

    O time que brigaria pra cair, nunca chegou perto da zona de rebaixamento, mesmo antes dos reforços, e terminou o primeiro turno no G6, com Giuliano jogando só 5 jogos, Renato 4, Roger Guedes 1 e Willian nenhum.

    É o ano que me lembro que o time mais tem jogadores da base revelados, não craques, mas jogadores bons e bons de serviço, como Du, GP, Adson, João Vitor, Raul Gustavo, Píton, Roni, Xavier, Mantuan e etc, alguns deles subiram antes, outros não, mas quase todos ele ou lançou ou acreditou mesmo quando a torcida criticava erroneamente, como o Roni...

    Entramos no G4 com 4 rodadas de antecedência, sem ter os 4 reforços juntos NENHUMA VEZ POR 90 MINUTOS, jogaram os 4 apenas uns 3 ou 4 jogos antes da lesão do Willian e agora Giuliano, estamos apenas atrás dos 3 'favoritos', com elencos melhores e montados em anos passados, ou seja, estamos NO MÁXIMO ONDE PODERÍAMOS, e mesmo assim parece que o time briga pra não cair segundo a reação de alguns.

    Pra mim, um trabalho MUITO melhor.

    Isso sem falar do clássico de ontem, onde muitos 'corinthianos' antes diziam que o Carille daria um 'nó tático' e perderíamos, e vimos o que houve, com um time jogando bem e organizado, e outro com metade do time fora de posição, 3 zagueiros bagunçados, laterais jogando de meio campistas, atacantes de alas, volantes na zaga, e etc, mas, pra muitos, aquele desse time bagunçado era o grande técnico da tarde; Técnico de um time que deu menos trabalho do que a Chapecoense ou o Cuiabá.

    À dispor se Sylvinho continua ou não ano que vem...

    Mas, na minha opinião, deveria por ele é um treinador jovem, que como dito, tem uns 50 jogos só NA VIDA, certamente será melhor no início de 22 do que foi quando chegou, errará menos, e se seria certo demiti-lo caso haja a certeza da contratação de um profissional que fará melhor certamente, profissional esse que eu não vejo disponível..

    E VAI CORINTHIANS!

    detalhes do post
  • Rafael

    Rafael postou em Bate-Papo da Torcida, no tópico "Por que não conseguimos acreditar tanto no trabalho do Sylvinho?"

    há 7 meses

    E no primeiro turno o Corinthians tinha time pra ganhar esses jogos?

    Esse é um resumo da análise simplista que se faz por aqui, só pega os placares e quer que signifique algo...

    Contra o o Atlético agora e as duas contra Flam**** foram 3 vergonhas, principalmente a do segundo turno, não defendo, ponto.

    Agora, jogamos melhor que o Palmares no primeiro turno com nosso time que 'brigaria pra não cair', e fomos melhor que o Atlético no primeiro tempo do jogo em casa, perdendo de virada porque o Hulk decidiu.

    Ou seja, colocar os placares aí não significa nada.

    detalhes do post
  • Rafael

    Rafael postou em Bate-Papo da Torcida, no tópico "Corinthians, as finanças, os reforços, e as mentiras sobre os exemplos de "não poder..."

    há 10 meses

    Vejo muita gente no futebol falando tanto de dinheiro, e não faz a menor ideia do que falam.

    Sobre o nosso Corinthians e demais clubes.

    É óbvio que você não pode contratar com o que você não tem, tal qual o SP com o Daniel Alves, mas não é o caso do Corinthians com os 3 que chegaram agora, talvez Willian, porque nenhum deles vai ganhar 1 milhão e meio por mês, com 2 terços sendo dinheiro de ''parceiros'' que nem existem..

    (Curiosamente, está contratação do rival, que citei como exemplo, sempre foi elogiada pelos mesmos especialistas em economia do futebol)

    Corinthians limpou a folha e agora está com fôlego, não pra gastar o mundo, mas pra contratar sim!

    Se gastasse isso em meia dúzia de jogador ruim, ninguém falava nada, era o famoso ''é o que dá pra fazer'', eles não se incomodam com contratação, se incomodam com contratação BOA, me parece.

    Ou alguém acha factível um clube como o Corinthians ficar 2 anos sem contratar ninguém?, acham que sucatear o time vai resolver as contas?, ter times pra brigar pra não cair arrecada dinheiro?, então porque o Vasco e o Botafogo não se recuperaram ainda?, eles fazem isso há uma década...

    Muito se usa o exemplo do Flamengo, que em 2013 começou a se preocupar com as finanças e se organizou, e muitos falam como se eles ficassem 6 anos sem gastar até 2019, quando gastaram 200 milhões em Arrascaeta, Gerson, Bruno Henrique e cia, e isso é MENTIRA..

    Em 2013 contrataram Elias, jogador na época de seleção, por empréstimo do Sporting, mas pagando seus salários, em 2014 contrataram Cirino e Éverton, hoje ninguém diz nada por eles, mas na época ambos custaram caro, lembro inclusive que disputaram eles com o Corinthians, pois ambos vinham de excelente temporada pelo Atlético-PR do Mancini que foi G4 do BR e vice da Copa do Brasil.

    Em 2015 contrataram Guerrero por um salário que ninguém poderia pagar, em 2016, Diego, depois Éverton Ribeiro, Vitinho, e por aí vai, cada uma dessas contratações CARAS em um momento...

    Ou seja, o que significa isso?, foram se preocupando com as finanças sim, mas INVESTINDO no futebol, porque clube de futebol é como uma empresa que arrecada vendendo o seu produto, e o produto dos clubes é o futebol, se você tiver um time horrível, não arrecada nada, e sem arrecadar, como que paga dívidas?, Corinthians e Flamengo são um exemplo aproximado, porque ambos são máquina de fazer dinheiro, ou seja, É TOTALMENTE INFACTÍVEL exigir que um clube desses sucateie seu time de futebol, achando que só ficando anos sem gastar vai resolver algum coisa.

    Qual foi a nossa arrecadação proveniente de futebol nos últimos 3 anos e meio?, e qual poderia ter sido se tivéssemos um time melhor planejado?

    É a mesma coisa que eu ter uma empresa que faz camisas, aí em estou com dívidas, e resolvo parar de comprar tecidos, acontece que sem tecido não tenho matéria-prima, e não tenho produto, como que vou melhorar a situação da minha empresa se não tenho o que vender?

    Tenho que cortar os gastos e comprar o que eu garanto que vou poder pagar para lucrar, mas não achar que posso gastar nada e ainda ter lucro.

    Temos sim que ficar atentos à diretoria, e cobrar para que não estejam gastando o que não tem, tal o exemplo do início de um clube rival, mas essa ideia de muitos que ''não pode contratar'' é um absurdo, falam tanto de finanças, em pagar dívidas, e se esquecem do papel fundamental da arrecadação no pagamento de dívidas...

    Não sei se as contratações do momento estão sendo bem planejadas, espero que sim, mas a ideia pré-concebida de que nem vou me informar e vou sair dizendo que não pode acontecer, como é o discurso da mídia, que já sai falando de ''loucura financeira'' sem nem saber o que a diretoria tá fazendo, eu não concordo!

    E Vai, Corinthians!

    detalhes do post
  • Rafael

    Rafael postou em Análise dos jogos, no tópico "O treinador dá sequência para o Adson, insiste no Roni quando criticam, põe os reforços, e não tem mérito?"

    há 11 meses

    Sylvinho é um treinador INICIANTE, na carreira e no Corinthians, comete erros, NÃO FAÇO IDEIA se será um grande treinador ou não, ou se fará um grande trabalho no Corinthians, mas o jogo de hoje mostra bem como boa parte do fórum não se compromete com a crítica, apenas quer chegar aqui e chamar uns de 'lixo', outros de 'mito', e fazer piadinhas desmerecendo o clube...

    No jogo de hoje pegamos um adversário que tem o técnico com mais tempo de trabalho no Brasil, que estava invicto há 11 jogos, e jogamos muito bem, o time evoluiu, jogadas trabalhadas, o lado esquerdo com Fábio, Roni e Adson se movimentando demais, e até aparecendo mais do que o lado direito, que normalmente joga sozinho, troca de passes boa, time compacto, marcando bem, e mesmo assim, o trabalho do treinador é totalmente ignorado por muitos, como se fosse um fenômeno da natureza que fez essas coisas acontecerem.

    Tem até um tópico aí falando que o Adson, garoto de 20 anos, que teve a ideia de se movimentar durante o jogo, porque é ''teimoso'' e não respeitou o técnico, que segundo o tópico, não apenas não queria isso, como nada vez para que acontecesse...

    Vamos admitir, CORINTHIANOS que querem falar de Corinthians mais do que aparecer em um fórum, que o cara está trabalhando, tem coisas ruins sim, mas outras boas, e vamos ver no que dá!

    Ele foi o primeiro a dar sequência para o Adson, deixou Vital e Luan no banco pra ele, dá sequência para o João na zaga (essa uma obrigação, mas se fosse tão cabeçudo como dizem, poderia querer mexer), dá sequencia para o Roni, quando muitos querem que um jogador com um ano de profissional seja perfeito ele insiste no cara, trabalha com o Jô para que ele não fique lá paradão, dá uma certa segurança na defesa, fazendo Gil e Fábio jogarem mais do que antes dele, enfim, o cara está trabalhando, vamos admitir e deixar ele em paz!

    Nossa temporada é pra passar tranquilo ali no meio da tabela, diminuir o déficit do clube, e tentar revelar jogadores e ter um time pronto pra temporada que vem ir além e fazer mais, sim, isso mesmo, TEMPORADA QUE VEM, hoje é ISSO E NADA MAIS, qualquer coisa acima é lucro e dos grandes, e dentro disso, o trabalho está sendo feito...

    detalhes do post
  • Rafael

    Rafael postou em Bate-Papo da Torcida, no tópico "Você acha o PSG um grande clube?"

    há 11 meses

    Não sei de onde se tira isso de que apenas títulos são sinônimo de grandeza, e principalmente hoje, que é ''modinha'' citar títulos internacionais pra isso...

    Óbvio que títulos, e internacionais claro, são relevantes, agora a grandeza de um clube vai muito além disso!

    Já tem aqui no fórum o pessoal com complexo de vira-lata falando que até 2000 não tínhamos títulos internacionais, como se isso tivesse alguma correlação com a grandeza e significância do Corinthians desde sempre..

    Exemplos, Arsenal não tem NENHUM título Europeu, Aston Villa tem uma Champions, isso não significa que o segundo é maior que o primeiro, embora o Villa tenha uma história respeitável e seja tradicional, ninguém duvida de quem é o maior desses 2.

    Grandeza vem do que significa um clube.

    PSG em termos de significância, tá muito atrás ainda de muita gente, só no país dele tem Bourdeaux, Marseille, Lyon, Saint-Etienne...

    O resto é moda.

    detalhes do post
  • Rafael

    Rafael comentou na notícia: "Corinthians iguala segundo melhor início como visitante no Brasileiro"

    há 11 meses

    Opa, não é uma matéria falando mal indiscriminadamente do Corinthians, então prevejo críticas do fórum..

    Um fórum de ''Corinthianos'' que adoram esculhambar o Corinthians...

    Sendo racional, em casa o desempenho é muito abaixo, e fora é muito acima (com esse time, ter um desempenho melhor do que o de 2015 é muito acima), portanto, o técnico faz o time pontuar e render + ou - o que pode, comete erros, claro, é um treinador iniciante, mas até aqui não há muita discrepância entre o apresentado e o que poderia/deveria ser apresentado.

    Críticas exageradas, sem ponderação, são de torcedores que não conseguem aceitar os limites do momento, que vêm de muito antes, e sendo assim preferem jurar que a culpa de tudo é de um único cidadão, e são também de agitadores, claro!

    detalhes do comentário
  • Rafael

    Rafael postou em Bate-Papo da Torcida, no tópico "Boa entrevista do Giuliano! Jogador com inteligência acima da média!"

    há 11 meses

    Uma bela de uma entrevista, pelo que li.

    Mas não serve só pra imprensa, não..

    Muito torcedor tem que prestar bem atenção no que ele expressou e na forma como o fez.

    Aqui no fórum tem gente que fala como se o Corinthians estivesse pra fechar as portas, ou como se uma situação DE MOMENTO do clube implicasse em qualquer coisa no tamanho da história do Corinthians.

    Talvez tenha muita gente aí com mais ou menos uma dúzia de anos de idade (julgando também pela maturidade da argumentação), e não sabem que a vida e o futebol são cíclicos, Corinthians está por baixo agora, temos sim que cobrar e ter consciência dos problemas REAIS, mas isso não significa ficar dando piti por tudo o que falam, e nem tratar esse colosso chamado Corinthians como se fosse um clube qualquer!

    Essa semana que vem aí tem Libertadores, logo mais quando um brasileiro se classifica, aparecem os espertos que falam da ''tradição'' do Corinthians, BICAMPEÃO MUNDIAL, em torneios internacionais, querendo desmerecer se achando os grandes corinthianos...

    detalhes do post
  • Rafael

    Rafael postou em Bate-Papo da Torcida, no tópico "Podiam trazer o Mano... mas não para técnico!"

    há 11 meses

    Mano como treinador, se conta nos dedos das mãos caras do mesmo nível NO CONTINENTE.

    Mas é impressionante como a mídia pode fazer a imagem de alguém subir ou descer...

    O cara no Cruzeiro ganhou 2 títulos nacionais seguidos, aí depois o clube literalmente ruiu (como está até hoje), e ainda jogaram culpa nele, depois passou pelo Palmares, teve poucos jogos, estipulava uma forma de jogar IGUALZINHA à do Abel, e era chamado de retranqueiro, ''ultrapassado''.

    Até de racista o cara foi acusado quando estava no Bahia, e por conta disso foi demitido após um jogo onde ele fez o Bahia jogar de igual pra igual com o Flamengo no Maracanã...

    Treinador de futebol tem várias funções, um cara que faz o time dar toques inúteis do zagueiro para o goleiro, ou que improvisa jogadores fora de posição, não é necessariamente mais moderno ou melhor do que um cara que sabe tudo de montar elencos, arrumar taticamente uma equipe, e equilibrá-la, como o Senhor Mano Menezes.

    Se Diniz, Ceni e Sampaoli são modernos, e Mano ultrapassado, eu prefiro então o ultrapassado!

    detalhes do post
  • Rafael

    Rafael postou em Mercado da bola, no tópico "Por que Palmeiras e Flamengo foram atrás de Técnico de fora?"

    há 11 meses

    Renato Gaúcho e Ceni são estrangeiros?

    Acontece que no Brasil não se pensa que o treinador é UMA PARTE DA ENGRENAGEM apenas, pega o Jesus e coloca no Corinthians de 2021, e vamos ver a beleza que vai ser.

    O tal do Ramírez que todos pediam, como foi no Inter, que tem um departamento de futebol ridículo?

    Treinador tem que ser bom sim, mas tem que ter uma estrutura por trás também, e no Corinthians não temos, NA MINHA OPINIÃO, antes de pedir troca de técnico, temos que pensar em cobrar para que haja essa estrutura novamente.

    A não ser que se consiga contratar um técnico que ele por si só dê conta de fazer o time e ajudar à estruturar o clube fora de campo, tal qual um Mano Menezes em 2008...

    detalhes do post
`
x