Thiago

23 anos , de São Paulo

Thiago Balzary

Torcedor do site número: 497.069, cadastrado desde 03/08/2015

e-mail: [email protected]

Em primeiro lugar, é necessário que me apresente, imagina que louco se um estranho chegasse na rua e falasse aos montes com você sem ao menos se apresentar...
Queridos Fiéis, sou Thiago Balzary, sou paulistano, 23 anos e curto Rock e sertanejo antigo.

male

Estatísticas no Meu Timão

Última atividade no site em 19/11/2017 às 11h30

Ranking do Fórum

126º lugar

Ver Ranking

Ranking de comentários

545º lugar

Ver Ranking

1.198 Comentários

97% de aprovação

6.657 Posts

85% de aprovação

35 Tópicos

22.486 Visualizações

2.498 Views por tópico

Atividades do Thiago no Meu Timão

Última interação no site em 17/11/2017 às 16h35

  • Thiago

    Thiago postou em Bate-Papo da Torcida, no tópico "(Péssima) Entrevista do Andrés Sanchez à ESPN"

    há 3 dias

    Está aqui irmão

    http://espn.uol.com.br/noticia/743793_entrevista-andres-diz-que-naming-rights-da-arena-um-dia-sai-e-afirma-palmeiras-e-mais-competente-que-corinthians http://espn.uol.com.br/noticia/743793_entrevista-andres-diz-que-naming-rights-da-arena-um-dia-sai-e-afirma-palmeiras-e-mais-competente-que-corinthians espn.uol.com.br

    detalhes do post
  • Thiago

    Thiago postou em Bate-Papo da Torcida, no tópico "(Péssima) Entrevista do Andrés Sanchez à ESPN"

    há 3 dias

    MONSTRUOSA análise

    detalhes do post
  • Thiago

    Thiago postou em Bate-Papo da Torcida, no tópico "(Péssima) Entrevista do Andrés Sanchez à ESPN"

    há 3 dias

    Perfeita análise

    detalhes do post
  • Thiago

    Thiago postou em Bate-Papo da Torcida, no tópico "(Péssima) Entrevista do Andrés Sanchez à ESPN"

    há 3 dias

    Confesso que também gostei dessa parte kkk

    detalhes do post
  • Thiago

    Thiago postou em Bate-Papo da Torcida, no tópico "(Péssima) Entrevista do Andrés Sanchez à ESPN"

    há 3 dias

    Esse é o ponto!

    detalhes do post
  • Thiago

    Thiago postou em Bate-Papo da Torcida, no tópico "(Péssima) Entrevista do Andrés Sanchez à ESPN"

    há 3 dias

    Mas mano, se for pra ficar retrucando jornalista com resposta desse tipo era melhor deixar um mano da gaviões de porta voz.

    O que a gente quer não é isso, ele poderia muito bem ter quebrado o cara falando 'Ta, beleza a renda do SPFC, Palmerdas e Framengu foi X? Mas o que eles ganharam esse ano? Futebol é resultado'

    Agora falar que eles são mais competentes que nós?

    detalhes do post
  • Thiago

    Thiago comentou na notícia: "Reta final do Corinthians terá titulares contra Flamengo e Atlético-MG e reservas diante do Sport"

    há 3 dias

    Gostei

    detalhes do comentário
  • Thiago

    Thiago postou em Bate-Papo da Torcida, no tópico "(Péssima) Entrevista do Andrés Sanchez à ESPN"

    há 3 dias

    Mas são da chapa dele pô! Hahahaha

    detalhes do post
  • Thiago

    Thiago postou em Bate-Papo da Torcida, no tópico "(Péssima) Entrevista do Andrés Sanchez à ESPN"

    há 3 dias

    Excelente seu comentário Xará.

    Acho que o problema de tudo além de algumas mentiras é exatamente esse clima de animosidade que gera para o próprio clube (caso ele vença)

    detalhes do post
  • Thiago

    Thiago postou em Bate-Papo da Torcida, no tópico "(Péssima) Entrevista do Andrés Sanchez à ESPN"

    há 3 dias

    ESPN – Por que você decidiu voltar para o Corinthians?
    Andrés – Como todo mundo sabe, houve uma dissidência no nosso grupo nos últimos dois anos. Eu realmente não queria sair como candidato novamente, mas, pelo que nós discutimos e falamos, se eu não fosse candidato, talvez ele saísse muito mais dividido. Então me convenceram, insistiram bastante – era para a gente ter lançado a candidatura há uns 40 dias –, eu relutei, mas, graças a Deus, é uma paixão, também, e temos que procurar fazer o melhor pelo Corinthians.

    ESPN – Você vai pedir licença do mandato de deputado?
    Andrés – Principalmente no começo. Vou me licenciar por um período, que tenho direito, e depois a gente continua vendo o que faz.

    ESPN – O clube hoje está dividido? A possibilidade é de vários candidatos na eleição.
    Andrés – Isso não é... A divisão não é essa no clube. A divisão dos candidatos não é isso. A divisão é que foi aprovado no ano passado, no estatuto, chapinhas para o conselho, e isso realmente dividiu bastante o clube. O eleitorado é pequeno, só tem 500 candidatos ao conselho.


    ESPN – Hoje já existem 18 chapinhas. Como você está...
    Andrés – (interrompe)... 21.

    ESPN – Isso vai ser benéfico para o clube?
    Andrés – Não. Chapão já era uma coisa ultrapassada. Nós temos que ir ou proporcional ou individual. A chapinha é o pior meio para o clube. Divide muito o clube, sai muita discussão, cada departamento faz uma chapa, cada grupo faz uma chapa, e isso divide muito o clube e é ruim para o clube. É ruim para a instituição.

    ESPN – E essa divisão dentro da própria chapa de vocês? Tem o Ezebella, que saiu...
    Andrés – (interrompe)... Não, não, não. Não tem divisão na chapa. Quem saiu, saiu.

    ESPN – O diretor de finanças que era seu também saiu.
    Andrés – Que seja feliz.

    ESPN – Mas por que teve essa divisão?
    Andrés – Pergunta para ele.

    ESPN – Teve alguma briga interna?
    Andrés – Briga pelo poder. Eles acham que estão no direito de tentar ter o poder com o projeto novo deles, que tenham boa sorte. O importante é frequentar o clube.

    ESPN – E a sua relação com o Roberto, hoje? Como é?
    Andrés – Excelente.

    ESPN – Você vai ser o sucessor dele, se vencer, e ele não está aqui.
    Andrés – Ele estará no jogo à noite. Ele está no CT do Corinthians.

    ESPN – Mas o jogo é só às 22h (eram 17 horas).
    Andrés – Mas ele tem que estar no CT desde manhã. Espero que ele tenha ido almoçar lá, tomado café lá e ter ficado lá. E com certeza foi. Todo mundo sabe que o Roberto está me apoiando, é do nosso grupo, é parceiro, e não está aqui por um obséquio.

    ESPN – E vocês são amigos? Se falam diariamente?
    Andrés – Não, diariamente não. Tem amizade. Eu não briguei com o Roberto, nunca. Nunca estive rachado com o Roberto. Quando ele precisou, ele me ligou. Quando eu precisei, eu liguei. Se ele não precisou, não me ligou e, se eu não precisei, não liguei.

    ESPN – Quando você decidiu que ia voltar, ele te deu algum telefonema, uma palavra de apoio?
    Andrés – Ele participou de várias reuniões para decidir meu nome. Aliás, em algumas eu nem estava presente. Ele estava presente e foi um dos que bateu que tinha que ser meu nome.

    ESPN – E como você vê a gestão do Roberto? Que nota você daria de 0 a 10?
    Andrés – Dois Campeonatos Brasileiros e um Paulista? Nove.

    ESPN – No mês passado, teve uma reunião do conselho no fim do mês passado para falar das contas da Arena. Por que você não foi?
    Andrés – Porque eu estava em Brasília e não podia estar presente. Mas todos os conselheiros, todo mundo sabe das contas da Arena.

    ESPN – Falaram que a dívida estava em 1 bilhão e 700. Um bilhão e 300, sem contar as CIDs.
    Andrés – Não, na reunião foi passado R$ 980 milhões, que é o que custou a Arena.

    ESPN – R$ 1,3 bilhão, sem as CIDs dá R$ 1,7 bilhão.
    Andrés – Você vai perguntar e responder ou vai deixar eu responder?

    ESPN – Pode responder, por favor.
    Andrés – Então tá bom. É R$ 1,3 bilhão hoje, se você contar os juros que têm até 2028. Mas o estádio custou R$ 980 milhões.

    ESPN – Mas os juros contam, também.
    Andrés – É isso aí.

    ESPN – Então a conta está em R$ 1,7 bilhão, não é isso?
    Andrés – Não está em R$ 1,7 bilhão, quem falou que está em R$ 1,7 bilhão?

    ESPN – Foi dito na reunião. Porque também tem os cerca de R$ 400 milhões das CIDs.
    Andrés – A CIDs não é despesa, a CIDs é lucro.

    ESPN – Lucro? Quanto foi vendido até agora?
    Andrés – Uns R$ 40,50 milhões.

    ESPN – Mas a maioria foi para a Odebrecht, né?
    Andrés – Uma grande parte. E qual o problema disso?

    ESPN – Mas qual você...
    Andrés – (interrompe) A tua Folha, a UOL comprou, também.

    ESPN – Mas eu sou da ESPN.
    Andrés – Comprou, também. Se não comprou é porque não tem crédito.

    ESPN – Eram R$ 490 milhões de CIDs. Porque só vendeu R$ 40 ou 50 milhões?
    Andrés – Porque o Ministério Público questionou na Justiça e, hoje, realmente há uma insegurança para quem vai comprar.

    ESPN – O tema 'Lava Jato' também atrapalhou?
    Andrés – Que? Não está na Lava-Jato.

    ESPN – O ministro Teori Zavascki autorizou uma abertura de inquérito contra você?
    Andrés – Comigo, não. Isso é mentira. Isso é mentira. Eu não estou em Lava-Jato nenhuma, cara.

    ESPN – No fim do ano passado, isso foi divulgado nos principais jornais e...
    Andrés – (interrompe)... É mentiroso quem divulgou. Eu não estou em Lava-Jato nenhuma, cara. Se você é jornalista, vai lá e vê no STF.

    ESPN – Por ser jornalista, eu estou te perguntando.
    Andrés – Perguntando, não. Você está afirmando. Eu estou te falando que eu nunca estive na Lava-Jato. Isso é invenção da imprensa.
    NOTA DA REPORTAGEM: A ESPN também procurou o STF, que informou existirem atualmente seis inquéritos abertos contra Andrés Sanchez. Além disso, podem existir outros que estejam em segredo de Justiça e não aparecem na busca comum por acompanhamento processual, o que, segundo noticiaram os portais do G1, do Globo, do Estadão, da Folha de SP, do Lance, entre outros, em 10 de novembro de 2016, é o caso do inquérito de Andrés na Lava Jato.

    ESPN – Então, a culpa é da imprensa por ter publicado que um inquérito seria aberto contra você na Lava Jato?
    Andrés – Tudo o que vocês escrevem de ruim, é ruim para a imprensa, é ruim para todo mundo. É ruim para o estádio, vocês não falam Arena Corinthians, falam outro nome. Tudo isso é ruim.

    ESPN – A ESPN fala Arena Corinthians.
    Andrés – Vamos ver depois. Vamos ver depois.

    ESPN – Depois de quando?
    Andrés - Depois que tiver um nome.

    ESPN - Mas vai ter nome?
    Andrés - Não sei, se você pagar R$ 400 milhões pode ter um nome.

    ESPN - Por que não tem nome ainda, então?
    Andrés - Por que ninguém paga R$ 400 milhões.

    ESPN - A primeira vez que você falou que o estádio teria um nome 'nos próximos dias' foi em 2012 e...
    Andrés - (interrompe)... Ninguém quis pagar R$ 400 milhões!

    ESPN - Várias vezes você disse que estava próximo. O que aconteceu que não saiu?
    Andrés - Ninguém quis pagar R$ 400 milhões!

    ESPN - Você ainda tem esperança que vai sair?
    Andrés - Um dia sai.

    ESPN - Então, mesmo hoje você só fecha por R$ 400 milhões e...
    Andrés - (interrompe)... Se você falar de novo, vai ser R$ 420 milhões.

    ESPN - E se oferecerem menos que R$ 400 milhões?
    Andrés - Se o cara pagar R$ 400 milhões, fechamos. Se não pagar, não.

    ESPN - Você já chegou a dizer que tinham sete interessados e...
    Andrés - (interrompe)... Eu não falei.

    ESPN - Falou, sim. Em uma sabatina da Folha de São Paulo, no dia 6 de fevereiro de 2012, no shopping Pátio Higienópolis.
    Andrés - (interrompe)... Falei há quatro, cinco anos atrás!

    ESPN - E hoje, tem alguma empresa negociando?
    Andrés - Hoje, quem está negociando é o Roberto.

    ESPN - Hoje, então, você não participa de mais nada com relação ao estádio?
    Andrés - Só quando o presidente pergunta.

    ESPN - E você sendo presidente de novo, como trata a questão dos naming rights?
    Andrés - Como?

    ESPN - Se você vencer a eleição, como vai resolver os naming rights?
    Andrés - Isso é problema da diretoria do Corinthians

    ESPN - Se você vencer, você será da diretoria.
    Andrés - Mas não vou te falar. Tenho a minha estratégia. Vocês vão saber lá na frente.

    ESPN - A economia como está hoje atrapalha?
    Andrés - Tudo atrapalha.

    ESPN - O Palmeiras fechou bem antes de inaugurar.
    Andrés - Eles são mais competentes que nós.

    ESPN - Você acha isso?
    Andrés - Acho. O Palmeiras é enorme de competente.

    ESPN - O faturamento do Palmeiras, no ano passado, foi R$ 477 milhões.
    Andrés - Parabéns ao Palmeiras.

    ESPN - E o do Corinthians foi R$ 352 milhões. Enquanto o do São Paulo foi R$ 374 milhões, e o do Flamengo, R$ 379 milhões.
    Andrés - Parabéns ao Palmeiras, parabéns ao São Paulo e parabéns ao Flamengo. Foram competentes.

    ESPN - Por que o Corinthians teve apenas o quarto maior faturamento do futebol brasileiro, ficando atrás destes clubes?
    Andrés - Nós já chegamos a ser o 15º.

    ESPN - Ok, mas hoje é o quarto.
    Andrés - Tá bom, e amanhã vai ser o segundo. E depois vai ser o primeiro, depois o quarto de novo. Cada um tem uma estratégia para os seus anos de clube.

    ESPN - Lembro que, uma vez, em 2011, você disse que...
    Andrés - (interrompe)... Você pega a renda da Arena que vai para o fundo e coloca no faturamento do Corinthians. É que para vocês (da imprensa) não interessa.
    NOTA DA REPORTAGEM - Explica-se: as rendas de jogos do Corinthians vão 100% para o Fundo que administra a Arena, visando quitar a dívida que ficou por conta da construção do estádio. O clube, hoje, não leva nada do que arrecada com as bilheterias das arquibancadas dos jogos como mandante.

    ESPN - Continuando a pergunta que eu ia fazer e...
    Andrés - Acabou (a entrevista)?

    ESPN - Não. Sobre essa história do faturamento, você disse uma vez que o Corinthians seria o time mais rico e estruturado do mundo.
    Andrés - Eu não falei isso. Falei que o Corinthians ia chegar entre os cinco, seis maiores do mundo.

    ESPN - Ah, você não falou uma vez que o Corinthians seria um dos três times mais ricos e estruturados do mundo?
    Andrés - Não. Falei dos cinco.
    NOTA DA REPORTAGEM: Em entrevista de 2011 ao Sportv, Andrés disse a seguinte frase: 'Nos próximos três anos, o Corinthians será o time mais rico e estruturado do mundo'.


    ESPN - Ok. O que deu errado, então?
    Andrés - Não deu certo.

    ESPN - Por que?
    Andrés - Não deu certo.

    ESPN - Por que não deu certo?
    Andrés - Se eu soubesse, não tinha acontecido. Você faz umas perguntinhas também que é brincadeira.

    ESPN - Estou te perguntando porque você é candidato a presidente do Corinthians.
    Andrés - Quando eu for presidente do clube então você pergunta.

    ESPN - Você vencendo, então, é que você responde, só?
    Andrés - Não sei. Eu quero ser o primeiro de tudo.

    ESPN - Ok. Você vencendo, então, vai colocar o Ronaldo onde?
    Andrés - Isso é problema do Corinthians, cara. Eu não vou falar a estratégia que eu tenho para você.

    ESPN - Você não está falando para mim, está falando para o torcedor que ler a entrevista.
    Andrés - O torcedor que tem que saber, o sócio que tem que saber, o conselheiro que tem que saber. Eles que sabem.

    ESPN - Ah, então todo mundo já sabe o que você vai fazer com o Ronaldo se vencer?
    Andrés - Vamos ver.

    ESPN - E o Rosenberg, vai fazer parte?
    Andrés - Vai estar na gestão.

    ESPN - E o Duílio?
    Andrés - Vai estar na gestão.

    ESPN - Como diretor?
    Andrés - Pode voltar a ser diretor cultural.

    ESPN - Não tem nenhum cargo definido para a diretoria, se você vencer?
    Andrés - Não.

    ESPN - Alguma coisa está definida? Reforços, por exemplo?
    Andrés - Quando eu for presidente, você pergunta.

    ESPN - Eu estou te perguntando porque você é candidato.
    Andrés - Isso aí você tem que perguntar para o Roberto, cara.

    ESPN - Mas você é o candidato do Roberto...
    Andrés - (interrompe)... Beleza. (Levanta da cadeira e vai embora).

    //////////

    detalhes do post
`