Dinei

Atacante

Dinei

Biografia

Filho de corinthiano e vindo do terrão, Dinei era a arquibancada dentro de campo. É ainda o único jogador que ganhou 3 brasileiros pelo Corinthians.

De sócio número 11300 dos Gaviões da Fiel à atacante autor de gols fundamentais em conquistas, Dinei sempre foi a cara do corinthiano dentro de campo, jogando com um amor a camisa que o fez virar um dos maiores ídolos da história do Timão.

Dinei é filho de Ney, craque do Corinthians da década de 60.

Na campanha do brasileiro de 1990 , Dinei era um menino vindo da base que apareceu em um ou outro jogo. Mas no seu primeiro jogo com titular marcou o gol da vitória contra o Santos, embalando o time para a primeira conquista nacional. Saiu do Corinthians em 1992 e rodou por times da Europa e do Brasil.

No campeonato paulista de 1998, na partida Guarani x Corinthians, Dinei então jogador do Guarani entrevistado a beira de campo é questionado por um repórter se comemoraria um gol. Dinei responde que não comemoraria e que ficaria triste se fizesse gol contra o Corinthians por ser ele um corinthiano de coração. Dinei não marca gol e após isso volta ao Corinthians para se sagrar bi-brasileiro (98 e 99) e campeão mundial em 2000.

Na final do brasileiro de 1998 , mesmo com o joelho machucado e entrando no decorrer das partidas, Dinei foi peça fundamental não só marcando gols mas também dando passes para outros jogadores marcarem em todos os jogos da final contra o Cruzeiro. Foi ainda campeão brasileiro e paulista em 1999 e campeão mundial em 2000, sempre tendo o seu nome gritado nas arquibancadas e mesmo do banco, sendo um dos líderes do time e jogador fundamental nas conquistas.

Dinei conseguiu aquilo que todo garoto corinthiano sonha. Foi jogador, ídolo e campeão atuando pelo Corinthians, sempre jogando com muito amor e sabendo exatamente o que significa estar dentro de campo com o manto sagrado e representando toda uma nação de fiéis apaixonados!

Relembre de outros ídolos que jogaram no Corinthians

O que você mais lembra do Dinei no Corinthians?

  • 1000 caracteres restantes
veja mais fechar

Mais ídolos

Baltazar

Autor de mais de 200 gols, Baltazar “Cabecinha de Ouro” fez mais de 70 destes de cabeça. Não tão craque com a bola nos pés, era melhor que Pelé no cabeceio.