Campeonato Brasileiro 1998

Titulos conquistados pelo Corinthians - Campeonato Brasileiro 1998
Elenco campeão do Brasileirão 1998

 Em 1998 entrou um Corinthians que não parecia o Corinthians, menos raça, mais talento. Havia uma nova graça no futebol corinthiano, nos pés de Dinei, Edílson, Ricardinho, Marcelinho, Vampeta, Gamarra, Rincón.

Um elenco forte e pela primeira vez uma fase “menos sofrida” pra torcida, que viu o time terminar a primeira etapa do torneio em primeiro, com certa tranquilidade, mesmo não ganhando 5 rodadas seguidas.

A fase final, era composta de jogos decisivos (play-offs), em que cada decisão era realizada em três partidas. O primeiro embate do Corinthians, nas quartas de final, era contra o Grêmio. No Olímpico, o Corinthians conquistou a vitória por 1x0 com gol de Rincón.

No entanto, no segundo jogo, no Pacaembu, o Grêmio reverteu a vantagem e terminou a partida ganhando por 2x0. A partida decisiva, também no Pacaembu foi sofrida: o Corinthians havia perdido a vantagem. Aos 37 minutos, porém, Edílson (Capetinha), marcou o gol corinthiano.

A partida seguinte, outra dificuldade. O Santos vence o primeiro jogo, por 2x1 na Vila Belmiro. Mais uma vez tendo que correr atrás do resultado, em casa, o Corinthians consegue o placar de 2x0, com gols de Marcelinho Carioca (de pênalti) e Edílson. O terceiro jogo termina empatado em 1x1 e classifica o Corinthians para as finais contra o Cruzeiro.

Nos dois primeiros jogos, nenhuma definição: no Mineirão 2x2, no Morumbi 1x1. No terceiro jogo, também no Morumbi, o campeonato seria decidido.

O primeiro tempo termina empatado, ainda há uma tensão. No entanto, no segundo tempo, com a entrada de Dinei o jogo muda: um passe para Edilson, que abre o placar pro Corinthians. O segundo gol, também sai dos pés de Dinei pro cabeceio de Marcelinho abre o placar pro Corinthians.

O herói do título, Dinei, descreve sua participação nas finais: “Eu sou corinthiano e fui campeão brasileiro em 90 e 98. Na fase final de 98, eu era um reserva iluminado, já que dei o passe para quatro gols e fiz o eu. Entrava em campo e sabia que viraria o jogo. O Luxemburgo acreditava isso, os companheiros também, e isso me dava muita confiança. No primeiro jogo, eu entrei, fiz uma boa jogada pela esquerda e cruzei na medida para Marcelinho diminuir. Depois, empatei o jogo. No segundo, dei mais um passe. No terceiro, percebi um espaço entre o Marcelo e o João Carlos. Caprichei, toquei e o Edílson fez. Depois, cruzei na cabeça de Marcelinho, que fez 2 a 0. Foi batata."

Comentários

  • 1000 caracteres restantes
veja mais fechar

Mais títulos

Campeonato Brasileiro 1999

Em 1999, mais uma vez o Corinthians triunfa, conquistando o bicampeonato brasileiro consecutivo, mais uma vez em cima de um clube mineiro e com um excelente scout. Chegou a vez do tri.