Cinco razões para nos preocuparmos com 2017

Danilo Augusto

Corinthiano e programador dedicado que tem um orgulho imenso de ter criado essa comunidade chamada Meu Timão.

ver detalhes

Cinco razões para nos preocuparmos com 2017

Coluna do Danilo Augusto

Opinião de Danilo Augusto

88 mil visualizações 222 comentários Comunicar erro

Cinco razões para nos preocuparmos com 2017

Se ainda continuar no comando, Oswaldo terá diversos problemas em 2017

Foto: Daniel Augusto Junior / Agência Corinthians

1 - Pela primeira vez, ficaremos sem jogar a Libertadores e temos as parcelas do estádio (cerca de 10 milhões de reais por mês) para pagar. Em 2016, mesmo participando do torneio, o clube não gerou os R$ 120 milhões de renda para cobrir as parcelas. Pelo contrário, foram 27% de arrecadação a menos que em 2015, e em 2017 o número tende a baixar.

2 - A cada treinador que assume o time, mais distante o Corinthians fica do aproveitamento de Tite. Parece chover no molhado dizer isso, mas é difícil entender o que diabos a diretoria viu em Oswaldo de Oliveira, que brigava para não cair com o Sport. Muitos torcedores chegaram a agradecer o Corinthians por tirar o treinador do clube de Recife.

3 - Mesmo com trocentas vendas, o clube admitiu que fechará o ano no vermelho e chegou a atrasar salários no final da temporada. No ano que vem, vão vender o que para equilibrar as contas e pagar as dívidas? No último balanço, viram, por exemplo, que o clube social teve prejuízo pelo quinto ano consecutivo. E além disso, uma grana violenta não entrará na conta pelo fato de não disputarmos a Libertadores.

4 - Oswaldo, o pior treinador do time em 2017, continuará no comando, pelo menos até o início do ano. Mas, após uma ou outra atuação fraca, a derrota em um clássico, será que ele será mantido? Provavelmente, não. E aí recomeça o processo de um novo técnico, com jogadores que ele não contratou e as mesmas desculpas de sempre.

5 - No segundo turno do Campeonato Brasileiro, ficamos atrás até mesmo do Internacional, e só não entramos para o Z4 do returno porque o Grêmio tomou dois gols a mais que o Corinthians. A equipe gaúcha, no entanto, estava focada na Copa do Brasil e jogando com a equipe reserva boa parte das últimas rodadas.

Veja mais em: Oswaldo de Oliveira, Libertadores da América e Diretoria do Corinthians.

Coluna do Danilo Augusto

Por Danilo Augusto

Corinthiano e programador dedicado que tem um orgulho imenso de ter criado essa comunidade chamada Meu Timão.

O que você achou do post do Danilo Augusto?