Isso vocês não viram na TV

Danilo Augusto

Corinthiano e programador dedicado que tem um orgulho imenso de ter criado essa comunidade chamada Meu Timão.

ver detalhes

Isso vocês não viram na TV

Coluna do Danilo Augusto

Opinião de Danilo Augusto

297 mil visualizações 99 comentários Comunicar erro

Isso vocês não viram na TV

Clássico entra Atlético-PR e Coritiba foi cancelado pela federação paranaense

Foto: Canal do Atlético-PR no Youtube

Peço licença aos corinthianos para falar de Atlético-PR e Coritiba. Me interesso por futebol o suficiente para saber que o clássico paranaense hoje era um evento histórico. Os dois clubes se uniram e disseram NÃO para a televisão. Preferiram transmitir o jogo no Youtube do que receber a verba da TV. Segundo o Luiz Sallim Emed, presidente do Atlético-PR, o valor oferecido pela Globo era uma "esmola".

O jogo foi marcado, o estádio estava cheio e o Youtube também. Milhares de torcedores estavam assistindo a partida na rede social. Na hora da bola rolar, a federação, que também recebe verba da televisão, disse que não poderia haver jogo se houvesse transmissão online.

Depois de 45 minutos de indefinição, os jogadores das duas equipes entraram em campo de mãos dadas mostrando uma união incrível. As equipes se uniram, o adversário era outro. Era a TV, que recebe bem mais dos patrocinadores do que paga aos clubes. Era a federação, que cobra uma porcentagem de todos os jogos do estado sem dar muito em troca.

Vejam que a iniciativa dos clubes não foi algo tão radical assim. O Chivas, do México, também disse não à TV e abriu seu próprio canal online, com mensalidade e tudo, e pode ser muito mais lucrativo. A NFL teve transmissão exclusiva no Twitter, a NBA também tem um aplicativo próprio, onde qualquer pessoa pode assistir no celular.

Por fim, não houve partida, não houve vencedores. Eu poderia dizer que quem perdeu foi o futebol, mas vejo por outro lado, o monopólio da TV está chegando ao fim.

A última proposta que o Corinthians recebeu pelos direitos de imagem da Globo não discriminava qual percentual correspondia a TV aberta, fechada e transmissão online. Veio uma proposta só por todos os direitos. Tal prática é ilegal segundo o CADE (Conselho Administrativo de Defesa Econômica). Na época, o Corinthians teve até que se explicar porque aceitou tal proposta.

Daqui pra frente, tudo vai mudar e pode ter certeza de que será melhor para os clubes de futebol.

Coluna do Danilo Augusto

Por Danilo Augusto

Corinthiano e programador dedicado que tem um orgulho imenso de ter criado essa comunidade chamada Meu Timão.

O que você achou do post do Danilo Augusto?

  • Comentários mais curtidos

    Foto do perfil de Vagner

    Ranking: 6º

    Vagner 29757 comentários

    por @vagner.silva13

    Os clubes brasileiros tem de boicotar a CBF e a Globo

  • Foto do perfil de Marcelo

    Ranking: 845º

    Marcelo 1243 comentários

    por @marcelo.ferreira.ros

    O Benfica também tem canal próprio. É um modelo que se o Corinthians seguisse, só traria benefícios!

  • Últimos comentários

    Foto do perfil de GILBERTO

    Ranking: 8430º

    Gilberto 103 comentários

    97º. por @gilbertoassis

    Outra fera, tem que ser prestigiado!

  • Foto do perfil de Nonato

    Ranking: 3843º

    Nonato 300 comentários

    96º. por @nonattomg

    Fique a vontade meu amigo, seu comentário é mais que relevante, enquanto existir esse lixo de rede globo mandando e desmandando no futebol, o futebol brasileiro não vai pra frente.

  • Foto do perfil de erik

    Ranking: 3658º

    Erik 319 comentários

    95º. por @erik1234

    Seria uma boa ideia tirar desses canais de televisão fazer igual na Europa ter um canal próprio eu apoio essa ideia seria outra ótima ideia fazer igual ao eiplus tendo um aplicativo e uma mensalidade eu teria o maior prazer em pagar pra assistir os jogos ou então ganhar com propaganda na internet seria bem mais vantajoso que deixar pra essas rede de televisão mentirosas e clubistas

  • Foto do perfil de Hugo

    Ranking: 8º

    Hugo 28356 comentários

    94º. por @domhugoleonardo

    Atitude nobre e corajosa

  • Foto do perfil de Deco

    Ranking: 36º

    Deco 13294 comentários

    93º. por @deco20

    (cont.)

    Se pesquisasse mais, saberia que a propaganda na internet é a que mais cresce no Brasil nos últimos anos e em ritmos alucinantes!

    Além disso, a Rede Globo fatura bilhões com o futebol a cada ano. Por mais que ela repasse valores altos pros clubes, tenha certeza que a parcela mais significativa fica com ela. Caso não fosse extremamente vantajoso a relação receita x repasse, ela não faria questão de manter o monopólio das transmissões.

    O grande ponto aqui, e talvez essa seja a grande dificuldade de entender os benefícios deste modelo de negócios, é a liberdade que se teria na geração e na transmissão de conteúdo.

    Consequentemente:
    1 - o leque de opções pra negociar com patrocinadores e anunciantes é gigantesco;
    2 - permite a ampliação do programa sócio-torcedor, com pacotes voltados para quem está fora da região de abrangência direta do estádio;
    3 - permite a venda de PPV;
    4 - dentre outros.

    É algo pra curto prazo? Não! Mas pra colher os frutos, tem que começar a semear hoje!

    Foto do perfil de André

    André 2 comentários

    20/02/2017 às 15h47 por @andreito

    Logo sei que não tem formação na área pelos números que apresenta.
    1-O número de habitantes com internet no Brasil é muito menor do que os com aparelhos de TV.
    2-O número de habitantes com internet, com uma conexão decente é menor ainda.
    3-Se num jogo do Corinthians este ano o pico foi 21 pontos de audiência, muito provavelmente teria menor de 1.000.000 num jogo do Youtube.
    Hoje, no Brasil, para o Corinthians e Flamengo compensa e MUITO este acordo com a TV. São valores que por toda estrutura do país, dificilmente conseguirão arrecadar.
    Pode-se arrecadar, sim, em outras plataformas (mobile, mídias, etc)

  • Foto do perfil de Deco

    Ranking: 36º

    Deco 13294 comentários

    92º. por @deco20

    Hahahaha ... O cara tem a chance de se redimir e opta por seguir fazendo deduções sem noção.

    Vamos lá:
    1 - Ainda que o número de usuários de internet seja menor que de TV, quase 60% das pessoas acessam a web no país. Considerando que já passamos de 200 milhões de habitantes, são ao menos 120 milhões de usuários. (http://agenciabrasil.ebc.com.br/pesquisa-e-inovacao/noticia/2016-09/pesquisa-mostra-que-58-da-populacao-brasileira-usam-internet)

    2 - A maioria das pessoas nos grandes centros urbanos acessa a internet por 3G ou banda larga, lembrando que a população brasileira é predominantemente urbana!

    3 - Não sei você sabe como funciona o IBOPE (audiência), mas ele só mede o que é assistido em alguns poucos centros urbanos, com maior peso pra SP. E não necessariamente existe uma correlação direta entre os pontos medidos pelo IBOPE e a audiência em outras plataformas.

    (cont.)

    Foto do perfil de André

    André 2 comentários

    20/02/2017 às 15h47 por @andreito

    Logo sei que não tem formação na área pelos números que apresenta.
    1-O número de habitantes com internet no Brasil é muito menor do que os com aparelhos de TV.
    2-O número de habitantes com internet, com uma conexão decente é menor ainda.
    3-Se num jogo do Corinthians este ano o pico foi 21 pontos de audiência, muito provavelmente teria menor de 1.000.000 num jogo do Youtube.
    Hoje, no Brasil, para o Corinthians e Flamengo compensa e MUITO este acordo com a TV. São valores que por toda estrutura do país, dificilmente conseguirão arrecadar.
    Pode-se arrecadar, sim, em outras plataformas (mobile, mídias, etc)

  • Foto do perfil de André

    André 2 comentários

    91º. por @andreito

    Logo sei que não tem formação na área pelos números que apresenta.
    1-O número de habitantes com internet no Brasil é muito menor do que os com aparelhos de TV.
    2-O número de habitantes com internet, com uma conexão decente é menor ainda.
    3-Se num jogo do Corinthians este ano o pico foi 21 pontos de audiência, muito provavelmente teria menor de 1.000.000 num jogo do Youtube.
    Hoje, no Brasil, para o Corinthians e Flamengo compensa e MUITO este acordo com a TV. São valores que por toda estrutura do país, dificilmente conseguirão arrecadar.
    Pode-se arrecadar, sim, em outras plataformas (mobile, mídias, etc)

    Foto do perfil de Deco

    Deco 13294 comentários

    20/02/2017 às 08h30 por @deco20

    Já começou errado, pois nem me conhece! E se eu sou um cara bem sucedido? E se eu tenho formação na área?

    Numa rápida consulta você encontraria que a torcida do Corinthians é cerca de 10x maior que a torcida somada desses dois clubes. Logo, um Corinthians e Audax teria dado 1.000.000 de pessoas assistindo. Considerei 500.000 justamente porque outros fatores podem influenciar e reduzir a audiência.

    E mesmo que dê menos ainda. Com 250.000 pessoas assistindo (o que é um número mais do que certo!) já daria cerca de R$90 milhões por ano. Mas isso se compensaria com a possibilidade de negociar diretamente a propagando com as empresas, sem intermédio da Globo!

    Quanto aos custos de transmissão: são infinitamente menores. Menos equipamento, menos profissionais, menos repórteres. Sem contar que já temos o time da CorinthiansTV.

    O que poderia afetar um modelo de negócio como esse é unicamente a incompetência de gestão dos nossos dirigentes.

  • Foto do perfil de Yuki

    Ranking: 3868º

    Yuki 297 comentários

    90º. por @dennylira

    Já era de se esperar uma atitude dessas mais cedo ou mais tarde. A Globo e a TV vão perder seu reinado com o tempo, a internet aos poucos vai tomando o poder pra si!

  • Foto do perfil de Danilo

    Ranking: 8238º

    Danilo 107 comentários

    89º. por @maktuiu

    Então, na real o custo de transmissão (banda, servidor) é bem baixo. Chuto que o vendendo a R$20, o lucro seja R$19.

    Tem custos de operação (narração/locução, câmera, cinegrafista), gateway de pagamento (taxa de cartão de crédito/boleto), mas também há potencial de patrocínio (publicidade no intervalo, selo de patrocinador, etc).

    Somando tudo aqui, acho que, ainda assim, lucra uns R$70 milhões / ano com 300 mil assinaturas. Só com internet.

    Foto do perfil de Fabio Liger

    Fabio 107 comentários

    19/02/2017 às 20h38 por @fabio.liger.moreira

    Pois é mano, eu faco conta macro só por fazer mesmo, mas a ideia é essa, eu coloco de lucro 10 reais, claramente da pra ser mais que isso, quem não pagaria 50 conto por mês pra poder ve o time pela net, nisso, coloque um custo de assinante por 10 a 20 reais... Dava fácil pra fazer renda..

  • Foto do perfil de augusto

    Ranking: 3910º

    Augusto 293 comentários

    88º. por @coruja1

    Isso concordo com você!mas se mudasse essa diretoria e colocasse pessoas competentes daria pra fazer uma TV do Timão sim, eu mesmo assisti os jogos do SCCP pela net, seria uma ótima ideia!veja que a globo preferiu proibir, através da FPF, que tivesse o jogo do que eles (atletico/coritiba)transmitissem pela net, isso já mostra que ela não quer dar brecha!não quer perder o monopolio!

    Foto do perfil de Vander

    Vander 2465 comentários

    20/02/2017 às 09h42 por @eugenio

    Marcelo, não com esta diretoria.