Que papelão!

Lucas Faraldo

Escrevendo sobre o Corinthians desde 2014

ver detalhes

Que papelão!

Coluna do Lucas Faraldo Knopf

Opinião de Lucas Faraldo

49 mil visualizações 125 comentários Comunicar erro

Que papelão!

Uma das lojas Help!, franquia de crédito do banco BMG, patrocinador máster do Corinthians

Foto: Divulgação

Cobrimos o Corinthians no Meu Timão, mas é impossível não estar 100% em alerta com o coronavírus. Seja como cidadão, como jornalista, como corinthiano. Isso tem sido muito bem feito pelo clube, aliás. Mas não por ao menos um dos parceiros dele. Aliás, o principal parceiro.

Na última sexta-feira, a Help, empresa de crédito do BMG, cometeu grave irresponsabilidade. Marca que, cabe lembrar:

  • já foi estampada na camisa do Corinthians ano passado em ação combinada do clube com o banco patrocinador máster;
  • abriu agência personalizada no Parque São Jorge para atender os torcedores do Corinthians clientes do banco.

Pois bem: a Help iniciou campanha de crédito convocando idosos, em caráter de urgência, a correrem para as agências para receber benefícios antes que fossem impedidos por novas regras de restrição de locomoção da pandemia. Questionado se não havia como prestar o serviço remotamente, o BMG reafirmou a campanha obrigatoriamente presencial e alegou disponibilizar álcool gel e atendimento individual (um por vez) numa sala das agências. Mais informações em reportagem do portal Uol.

E não é questão de cagar regra, expor, lacrar ou qualquer coisa assim, não. É alertar a população daquilo que muita gente ainda parece não ter entendido: a pandemia é grave! Quer exemplo maior para nós do universo corinthiano do que a paralisação... do Corinthians?!

É criminoso convocar idosos a saírem às ruas no dia em que ficou claro o avanço exponencial da curva de casos registrados no Brasil. Não é um tubo de álcool gel na agência e uma mesma sala com atendimento um a um que garantem imunidade ao principal grupo de risco. Risco de morte!

A atitude é horrível. Claro que não suja como um todo a imagem do BMG e muito menos a do Corinthians. Mas deveria gerar no mínimo posicionamentos interno e externo de repúdio, esclarecimento e conscientização à população. É o mínimo a se fazer agora (além, claro, de parar de incentivar idosos a saírem de casa). Abaixo, segue nota oficial do banco.

O jeito então é ir por aqui mesmo, como cidadão, jornalista e corinthiano. Já postos o repúdio e o que temos até aqui disponível de esclarecimento, vamos ao apelo de conscientização mais importante da pandemia: evite ao máximo sair de casa!

Confira a nota oficial do BMG em resposta à coluna

A instituição esclarece que está consciente sobre os cuidados que a situação atual requer e preza amplamente pela saúde de seus clientes, colaboradores e sociedade. Por isso, adotou sérias medidas voltadas à preservação do bem-estar dos envolvidos, como o direcionamento de grande parte de sua força de trabalho nas lojas para home office e sérios protocolos diante de possíveis necessidades dos suportes presenciais aos consumidores.

Nas agências, o modelo de recebimento do público foi revisto e apenas um cliente por vez é direcionado ao ambiente interno e a higienização de objetos é feita após cada atendimento. Ações como a instalação de pontos de álcool em gel e cartazes de conscientização foram instauradas, além disso, seguem-se as orientações dos Governos Estaduais.
Diariamente, um comitê do banco se reúne para discutir e criar ações para toda a rede, compartilhando informação e assegurando que todos estejam atentos às medidas de segurança.

Aos consumidores, a instituição pede que priorizem o uso dos canais digitais, que seguem à disposição de todos.

Veja mais em: Patrocinador do Corinthians, Pandemia do coronavírus e Torcida do Corinthians.

Coluna do Lucas Faraldo Knopf

Por Lucas Faraldo Knopf

Jornalista pela ECA-USP e ex-Esporte Interativo, Jovem Pan e Lance!. Hoje trabalha no Meu Timão. Autor do livro 'Impedimento - Machismo, racismo, homofobia e elitização como opressões no futebol'.

O que você achou do post do Lucas Faraldo?