Paulinho, o assistente de pedreiro que recebeu assistência de Messi

Lucas Faraldo

Escrevendo sobre o Corinthians desde 2014

ver detalhes

Paulinho, o assistente de pedreiro que recebeu assistência de Messi

Coluna do Lucas Faraldo Knopf

Opinião de Lucas Faraldo

72 mil visualizações 184 comentários Comunicar erro

Paulinho, o assistente de pedreiro que recebeu assistência de Messi

Paulinho foi contratado pelo Barcelona no melhor 'estilo Paulinho': sob desconfiança

Foto: Divulgação/Barcelona FC

Paulinho é o pai de família que sai de casa quatro da manhã para pegar o primeiro trem do dia rumo ao trabalho e mesmo assim é tachado de vagabundo.

Paulinho é a mulher que precisa trabalhar dobrado para provar ser capaz de realizar uma tarefa que é julgada incapaz de realizar só por ser mulher.

Paulinho é o negro que causa espanto por fazer parte de um ambiente em que sempre foi inexistente a presença de negros.

Paulinho é o filho da empregada que estuda na mesma faculdade que o filho do patrão.

Paulinho é o jogador de futebol que há oito anos jogava num time de supermercado e hoje recebeu assistência de Messi para marcar seu primeiro gol com a camisa do Barcelona.

Ídolo do Corinthians e um dos protagonistas da épica conquista da Libertadores de 2012, Paulinho é símbolo de superação.

Superou as críticas de corinthianos quando foi contratado do Bragantino. Superou as críticas de brasileiros quando foi convocado para a Seleção. E já começa a superar as críticas de catalães após ser "resgatado" do futebol chinês, onde passou as últimas três temporadas.

Paulinho é a prova viva de que vale a pena sonhar. Por mais que obstáculos sejam colocados em sua frente. Por mais que destilem preconceito. Por mais que nem mesmo você acredite mais em você mesmo.

Se o Barcelona se diz "mais que um clube", Paulinho pode ser considerado "mais que um ídolo". Ele é um exemplo. Inspiração para corinthianos e não corinthianos seguirem em frente e jamais desistirem de seus sonhos.

José Paulo Bezerra Maciel Júnior, o assistente de pedreiro* que recebeu assistência de Messi.

* Em sua passagem pelo Corinthians, Paulinho foi apelidado de ajudante de pedreiro por parte da torcida nas redes sociais.

Veja mais em: Paulinho e Ex-jogadores do Corinthians.

Coluna do Lucas Faraldo Knopf

Por Lucas Faraldo Knopf

Jornalista pela ECA-USP e ex-Esporte Interativo, Jovem Pan e Lance!. Hoje trabalha no Meu Timão. Autor do livro 'Impedimento - Machismo, racismo, homofobia e elitização como opressões no futebol'.

O que você achou do post do Lucas Faraldo?

  • Comentários mais curtidos

    Foto do perfil de Danilo

    Ranking: 1347º

    Danilo 862 comentários

    por @paivasccp

    Tá voando! Espero que um dia volte pra casa jogando em alto nível!

  • Foto do perfil de nilson

    Ranking: 236º

    Nilson 3175 comentários

    por @nilsonjp

    Para ser uma materia perfeita, faltou postar o vídeo do gol#vaePaulinho!

  • Últimos comentários

    Foto do perfil de DOUGLAS

    Douglas 10 comentários

    184º. por @doguinhas

    Que história de vida paulinho mostro

  • Foto do perfil de Ramon

    Ranking: 17º

    Ramon 22592 comentários

    183º. por @ramon.felipe1

    A lenda que vai calando a galera aos poucos.

  • Foto do perfil de osmar

    Ranking: 7700º

    Osmar 119 comentários

    182º. por @osmargp

    Bruno, há diferenças fundamentais entre os auto intitulados "libertários", no sentido dado pelos adeptos de Hayek e da escola austríaca e dos adeptos da Liberdade no sentido Anarquista do termo. Soros, meu caro, usa sua Open Society - assim como os Koch usam a sua Atlas -, para desestabilizar países nos quais tem interesses financeiros, particularmente petróleo e minerais Terras Raras. A grande migração (Africa/Europa) é consequência da miséria, e das guerras "democráticas"; ora, se o Capital pode transpor fronteiras e ser livre, porque impedem o livre transito de seres humanos? Onde entra a Liberdade aqui? Há que se pensar que a ideia-força de um "mercado perfeito" e um "Estado gastador" é somente isso: ideias-força, inculcadas e "legitimadas" por pensadores que, consciente ou inconscientemente, fazem o trabalho de divulgação e inculcação, myito bem feito por sinal, pois oculta e mistifica a realidade. Não há Mercado sem Estado, Bruno. Abraços.

    Foto do perfil de Bruno

    Bruno 599 comentários

    16/09/2017 às 23h11 por @bruno.bernos

    Libertarianismo que se iniciou na Europa no séc XIX e o George Soros mandaram um abraço, só pra não me alongar muito com a sua indignação seletiva.
    Sim também penso que o Estado deve servir a todos afinal pra isso que serve os nossos impostos né (não falei que era anarquista, coisa que vocês confundem com quem diz ser de direita)...através da educação, saúde e segurança, áreas onde o Estado deve realmente atuar. Com um estado menor e eficiente + a liberdade econômica que precisamos...o Paulinho seria um privilegiado porque ele poderia realmente traçar o seu futuro sem depender exclusivamente do esporte como a única porta pra sair da pobreza. Porque afinal são justamente esses países que adotam essa ideologia que as pessoas tentam imigrar de qualquer jeito...estranho né kkkk você falou do corporativismo, e é verdade grandes corporações se aliam com partidos pra roubar dinheiro do governo...e se ambos concordamos nisso porque você ainda acha que aumento o tamanho do Estado vai resolver esse problema?

  • Foto do perfil de Jose

    Ranking: 3391º

    Jose 350 comentários

    181º. por @jose.flavio2

    Deixando de lado a política, achei a colocação dele pertinente porque me reconheci nela, carreguei muitas caixas de frango e limpei muito chão em supermercados antes de chegar onde cheguei.

    Nada contra esses trabalhos eles me ajudaram a sustentar minha família por 3 anos.

    Foto do perfil de Jose

    Jose 350 comentários

    17/09/2017 às 10h46 por @jose.flavio2

    Messi foi preparado a vida inteira para ser o joagador de futebol que é hoje. A história dele nada tem a ver com a do Paulinho. E o que tem a ver a Universidade com isso?

  • Foto do perfil de Fred

    Ranking: 2805º

    Fred 432 comentários

    180º. por @fred21

    " precisa trabalhar dobrado" " para provar ser capaz de realizar uma tarefa", Ele nunca disse duas tarefa, e sim uma, trabalhar dobrado sim significa trabalho formal e informal, como dito anteriormente... Quanto as cotas discriminam baseado na cor a não cota sim discrimina, pois antes sendo a maioria dos brasileiros negros passavam longe das portas das universidades, agora a casagrande pira quando vê a senzala na universidade...

  • Foto do perfil de Alan

    Ranking: 2363º

    Alan 522 comentários

    179º. por @alan.santana5

    Não disse que a história do Messi é a mesma do Paulinho, mas que ele também teve dificuldades.

    Quanto a sua pergunta sobre faculdade, o autor do post é formado num curso de humanas da USP, que é reduto de esquerdistas, que até numa página de futebol querem promover luta de classes.

    Foto do perfil de Jose

    Jose 350 comentários

    17/09/2017 às 10h46 por @jose.flavio2

    Messi foi preparado a vida inteira para ser o joagador de futebol que é hoje. A história dele nada tem a ver com a do Paulinho. E o que tem a ver a Universidade com isso?

  • Foto do perfil de Eorl

    Ranking: 1195º

    Eorl 954 comentários

    178º. por @cansado

    Trabalhar fora e trabalhar em casa são DUAS TAREFAS. Então insisto, qual é essa ÚNICA tarefa que a mulher precisa produzir dobrado porque ninguém acha que ela é capaz? - Eu não disse que cota racial é ilegal, eu disse que é racista pois discrimina baseado na cor.

    Foto do perfil de Fred

    Fred 432 comentários

    17/09/2017 às 21h59 por @fred21

    Então a função do lar não é trabalho? (Se é que você sabe entrelinhas, isso é interpretação) racismo inexistente nos tempos de hoje? Em que mundo você vive(acho que você não conhece a periferia não só do Brasil como de maior parte do mundo)... Cotas raciais discriminam a favor dos negros? Você leu o projeto das cotas raciais no Brasil? Algo que chegou tão tardio já que começou nos anos 30 na India, nos anos 60 nos EUA e aqui no começo do ano 2000 em algumas universidades e julgada como constitucional pelo STF em 2012, talvez tenha lhe faltado indices e dados para comentar tal assunto baseado em senso comum, já que é algo que não só envolve opinião e sim estatisticas, dados historiográficos, indices, talvez por que grande parte da popuação ainda trate Ciências humanas como algo onde qualquer um pode opinar mesmo sem possuir o conhecimento para tal.

  • Foto do perfil de Fred

    Ranking: 2805º

    Fred 432 comentários

    177º. por @fred21

    Então a função do lar não é trabalho? (Se é que você sabe entrelinhas, isso é interpretação) racismo inexistente nos tempos de hoje? Em que mundo você vive(acho que você não conhece a periferia não só do Brasil como de maior parte do mundo)... Cotas raciais discriminam a favor dos negros? Você leu o projeto das cotas raciais no Brasil? Algo que chegou tão tardio já que começou nos anos 30 na India, nos anos 60 nos EUA e aqui no começo do ano 2000 em algumas universidades e julgada como constitucional pelo STF em 2012, talvez tenha lhe faltado indices e dados para comentar tal assunto baseado em senso comum, já que é algo que não só envolve opinião e sim estatisticas, dados historiográficos, indices, talvez por que grande parte da popuação ainda trate Ciências humanas como algo onde qualquer um pode opinar mesmo sem possuir o conhecimento para tal.

    Foto do perfil de Eorl

    Eorl 954 comentários

    17/09/2017 às 21h38 por @cansado

    Quem precisa de interpretação de texto não sou eu, veja o que foi escrito: " Paulinho é a mulher que precisa trabalhar dobrado para provar ser capaz de realizar uma tarefa que é julgada incapaz de realizar só por ser mulher. " ---- 01 (UMA) tarefa. Dobrado para realizar UMA tarefa que é julgada INCAPAZ SÓ POR SER MULHER. -- Qual tarefa é essa meu filho? - E sobre o racismo não adianta slogan; racismo é terrível mas praticamente inexistente hoje em dia. Não existe NENHUMA lei que prejudique os negros hoje, o contrário aliás acontece, as cotas raciais discriminam em favor deles.

  • Foto do perfil de Eorl

    Ranking: 1195º

    Eorl 954 comentários

    176º. por @cansado

    Quem precisa de interpretação de texto não sou eu, veja o que foi escrito: " Paulinho é a mulher que precisa trabalhar dobrado para provar ser capaz de realizar uma tarefa que é julgada incapaz de realizar só por ser mulher. " ---- 01 (UMA) tarefa. Dobrado para realizar UMA tarefa que é julgada INCAPAZ SÓ POR SER MULHER. -- Qual tarefa é essa meu filho? - E sobre o racismo não adianta slogan; racismo é terrível mas praticamente inexistente hoje em dia. Não existe NENHUMA lei que prejudique os negros hoje, o contrário aliás acontece, as cotas raciais discriminam em favor deles.

    Foto do perfil de Fred

    Fred 432 comentários

    17/09/2017 às 20h45 por @fred21

    Na verdade não existe mudança de foco, acredito pelo modo que foi escrito que a expressão dobrado qualificasse a "dupla jornada" quando me referi a questão formal e informal... Quanto a questão do racismo, sabemos que o negro domina o esporte, no entanto, algo que faz além do branco é vencer as adversidades raciais que o branco não passa.

  • Foto do perfil de Fred

    Ranking: 2805º

    Fred 432 comentários

    175º. por @fred21

    Na verdade não existe mudança de foco, acredito pelo modo que foi escrito que a expressão dobrado qualificasse a "dupla jornada" quando me referi a questão formal e informal... Quanto a questão do racismo, sabemos que o negro domina o esporte, no entanto, algo que faz além do branco é vencer as adversidades raciais que o branco não passa.

    Foto do perfil de Eorl

    Eorl 954 comentários

    17/09/2017 às 20h26 por @cansado

    Você esta mudando o foco da discussão sobre mulheres. Eu só quero saber que tarefa a mulher tem que fazer dobrado porque os homens a julgam incapaz. Sobre racismo é claro que ainda existe uma porção da população que é racista, mas você não julga pela minoria, o racismo é basicamente condenado no mundo todo. Quase todos times do mundo tem negros nos seus elencos; aliás negro DOMINA o cenário esportivo MUNDIAL.