1 mês grátis na Dazn
Corinthians x Fluminense

Pela Copa Sul-Americana, o Corinthians enfrenta agora o Fluminense

Acompanhe ao vivo
Corinthians deve conseguir liberação de Romero da seleção; paraguaio fala sobre sua vontade

Marco Bello

Setorista do Corinthians desde 2009 pela Rádio Transamérica, Marco Bello acompanha o dia a dia do clube

ver detalhes

Diretoria monta estratégia e deve conseguir liberação de Romero da seleção; paraguaio fala sobre sua vontade

Coluna do Marco Bello

Opinião de Marco Bello

18 mil visualizações 97 comentários Comunicar erro

Diretoria monta estratégia e deve conseguir liberação de Romero da seleção; paraguaio fala sobre sua vontade

Romero quer se apresentar à seleção e também defender o Corinthians na final

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Conforme adiantado pelo Meu Timão assim que o jogo entre Corinthians e Flamengo terminou nesta quarta-feira, a diretoria alvinegra já trabalha em uma solução alternativa para conseguir conciliar a convocação de Ángel Romero para a seleção paraguaia e as finais da Copa do Brasil, contra o Cruzeiro.

O sorteio da CBF será realizado nesta quinta-feira, mas as datas prováveis para as finais são 10 e 17 de outubro. O atacante foi convocado para um período de treinos entre os dias 8 e 16 de outubro.

A reportagem do Meu Timão apurou que a estratégia da diretoria é conseguir que Romero não se apresente no dia marcado a princípio e dispute a partida do dia 10 de outubro, primeira final. Depois, o paraguaio viaja para se apresentar à seleção para conversar com o técnico Osório, e seja liberado antes do dia 16 para estar à disposição do Corinthians na partida de volta no dia 17 de outubro.

Este seria o cenário considerado ideal tanto pelo jogador quando pela direção do clube. Resta a aprovação de Osório e da Federação Paraguaia.

Perguntado pela reportagem do Meu Timão na zona mista da Arena, Romero se mostrou indeciso, mas foi bastante sincero:

"Cara, boa pergunta. Acho que é uma situação difícil pra mim. A gente vai sentar agora pra decidir com o presidente, com o presidente da APF (Associação Paraguaia de Futebol) também, mas minha vontade é as duas coisas. Meu sonho é jogar sempre na seleção, eu sempre quis jogar na seleção, o Sergio (Díaz) tá convocado também, meu irmão também, e é um grupo novo né. A gente tá formando um grupo novo pra jogar a Copa América aqui no Brasil e com um treinador novo. É bom pegar essas ideias que o treinador novo tem. Por algum motivo ele me chamou, né. Eu quero ir. É complicado falar isso. Vamos ver o que a gente decide, porque é complicado. Eu quero jogar a final também. Vamos ver se as duas coisas, se dá pra fazer", explicou.

O técnico colombiano Juan Carlos Osório assumiu recentemente a seleção paraguaia e fez a primeira convocação justamente para conhecer o grupo de jogadores. Não haverá jogos, a princípio. Mas ao mesmo tempo, é uma data Fifa. O Paraguai não é obrigado a liberar o jogador, mesmo com uma final de Copa do Brasil no meio do caminho.

Quem também falou sobre o assunto com a reportagem foi o diretor de futebol do Corinthians, Duílio Monteiro Alves.

"Nós da parte do Corinthians temos todo o interesse que ele fique. É uma final de Copa do Brasil, e tudo o que estiver ao nosso alcance pra que ele fique, a gente vai fazer. Mas sempre sabendo que é uma data Fifa, a seleção não tem nenhuma obrigação de liberar. Mas a gente espera que tenha sucesso nisso. Vamos começar a trabalhar em cima disso a partir de agora.

Sobre um possível desgaste com o jogador, que declarou ter vontade de se apresentar à seleção, Duílio falou:

"Não vai existir um desgaste, (a gente sabe que) existe uma convocação, (a gente sabe que) é um novo treinador, mas é um período de treino, não tem jogo. Então vamos tentar uma liberação", finalizou.

Veja mais em: Romero e Diretoria do Corinthians.

Coluna do Marco Bello

Por Marco Bello

Marco Bello é jornalista, apresentador e repórter da Rede Transamérica de Rádio, setorista do Corinthians desde 2009

O que você achou do post do Marco Bello?