A importância de Romero para o Corinthians

Marco Bello

Setorista do Corinthians desde 2009 pela Rádio Transamérica, Marco Bello acompanha o dia a dia do clube

ver detalhes

A importância de Romero para o Corinthians

A importância de Romero para o Corinthians

Romero completa hoje 213 jogos com a camisa do Corinthians

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Difícil contestar a idolatria da torcida do Corinthians pelo atacante Ángel Romero.

Um dos nomes mais aplaudidos quando da escalação da equipe na Arena, o paraguaio venceu barreiras enormes para se transformar em um dos maiores ídolos do clube.

Sim, para mim, um dos maiores ídolos da história.

Antes de me xingar ou contestar, lembre-se que na história também estão jogadores medianos como Biro-Biro, Wilson Mano e Ezequiel.

Romero não é nem de longe o melhor estrangeiro que já vestiu a camisa do clube. Lembro rapidamente sem precisar voltar décadas no tempo de Rincón, Tevez e Gamarra.

Mas talvez seja o estrangeiro que mais simbolizou o Timão em campo.

Chegou em 2014 em um time ainda cheio de estrelas remanescentes do título Mundial de 2012, e chegou a ser a quarta opção de banco.

Criticado, ironizado (inclusive por mim), levou muita porrada no caminho. Melhorou muito tecnicamente. Se esforçou. E fez história.

Com 212 partidas até hoje, supera de longe o colombiano Rincón (158) e é o estrangeiro com o maior número de partidas pelo Corinthians.

É o maior artilheiro da história da Arena: 27 gols. É o autor do “gol da selfie” contra o Palmeiras. Marcou dois gols nos 6 a 1 contra o São Paulo em 2015. Fez as tais embaixadinhas contra o Palmeiras neste ano.

Com contrato até o meio de 2019, Romero pode deixar o clube no ano que vem. Não deveria, a meu ver. Está em casa no Timão e pode fazer ainda mais história caso deseje permanecer.

Mas já escreveu bons capítulos no livro do clube.

Veja mais em: Romero.

Coluna do Marco Bello

Por Marco Bello

Marco Bello é jornalista, apresentador e repórter da Rede Transamérica de Rádio, setorista do Corinthians desde 2009

O que você achou do post do Marco Bello?

  • 1000 caracteres restantes