Titular há cinco anos, Fagner cita motivos da permanência no Corinthians

Marco Bello

Setorista do Corinthians desde 2009 pela Rádio Transamérica, Marco Bello acompanha o dia a dia do clube

ver detalhes

Titular há cinco anos, Fagner cita motivos da permanência no Corinthians

Coluna do Marco Bello

Opinião de Marco Bello

16 mil visualizações 111 comentários Comunicar erro

Titular há cinco anos, Fagner cita motivos da permanência no Corinthians

Fagner superou os 250 jogos com a camisa do Timão

Foto: Rodrigo Gazzanel - Agência Corinthians

O lateral-direito Fagner completou cinco anos como titular absoluto do Timão.

Formado nas categorias de base do clube, Fagner deixou o Parque São Jorge em 2007, e teve passagem pelo futebol holandês e alemão, além de jogar no Vasco da Gama, antes de voltar ao Corinthians em 2014.

Desde então, Fagner já entrou em campo 268 vezes, entrando na lista dos 50 atletas que mais vestiram a camisa do clube na história.

Bicampeão paulista em 2017 e 2018 e campeão brasileiro em 2015 e 2017, o lateral falou à reportagem do Meu Timão o porquê de não querer deixar o clube, mesmo após ter disputado a Copa do Mundo de 2018 como titular da Seleção Brasileira de futebol:

"Primeiro, desde que eu cheguei ao clube, pra mim não chegou nenhuma proposta concreta. Se chegar, tem que ser muito bem analisada. Não só por mim, porque hoje eu não sou um cara solteiro, que respondo só por mim. Eu tenho dois filhos, tenho uma esposa, tenho toda uma família", explicou.

O jogador também elogiou a estrutura do Corinthians:

"Eu tenho um projeto de vida, então não vou trocar a vida que eu tenho aqui, o clube, a estrutura, a grandeza do Corinthians, salário em dia, por uma aventura. Então a proposta pode até chegar, mas tem que ser uma coisa muito bem pensada, não só pra mim mas também para o clube. E mesmo assim, acho que tem que analisar bem, porque como eu falei, eu estou feliz aqui, eu estou num clube muito bom, com estrutura, salário em dia, então eu não tenho do que reclamar. Eu estou muito tranquilo".

Fagner também falou do momento que está vivendo na carreira como um fator para continuar:

"Com relação a isso, não fico pensando ‘ah, tipo, vai chegar a janela, vai acontecer...’ Eu já sou um jogador de 29 anos, já não sou mais um menino que sonha com coisas que de repente não vão acontecer. Então eu estou muito tranquilo, muito feliz. Quero também alcançar alguns objetivos pessoais com relação ao clube. Números, estatísticas, que eu acho legal também pra deixar meu nome na história".

E quais são os próximos objetivos do lateral?

"Conquistar mais títulos, número de jogos, são situações que marcam a carreira de um atleta. Hoje graças a Deus já são cinco anos como titular do Corinthians, então é um motivo de orgulho, de felicidade. Mas ao mesmo tempo, eu quero mais. Eu quero seis, sete, oito anos. Então assim, o máximo que eu puder estar em campo, eu quero. São lembranças, recordações, são números que você vai deixar na história do clube, não só de um jogador que passou, mas de um jogador que foi vitorioso", finalizou.

Veja mais em: Fagner, Mercado da bola e Especiais do Meu Timão.

Coluna do Marco Bello

Por Marco Bello

Marco Bello é jornalista, apresentador e repórter da Rede Transamérica de Rádio, setorista do Corinthians desde 2009

O que você achou do post do Marco Bello?