Mancini deve ficar no Corinthians após o Brasileirão 2020

Marco Bello

Setorista do Corinthians desde 2009 pela Rádio Transamérica, Marco Bello acompanha o dia a dia do clube

ver detalhes

Mancini deve ficar no Corinthians após o Brasileirão 2020

Coluna do Marco Bello

Análise de Marco Bello

22 mil visualizações 167 comentários Comunicar erro

Mancini deve ficar no Corinthians após o Brasileirão 2020

Vagner Mancini comanda o treino do Corinthians

Foto: Rodrigo Coca/Agência Corinthians

Quando o técnico Vagner Mancini foi contratado pelo Corinthians no dia 12 de outubro deste ano, muita desconfiança pairava sobre o que o treinador poderia trazer de bom para a equipe.

O time flertava com a zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro, com 15 rodadas e apenas 15 pontos ganhos com Tiago Nunes e Coelho no comando.

Quando Andrés Sanches disse que o clube estava atrás de um treinador para o lugar do interino Coelho, o nome de Mancini não era nem citado entre os possíveis contratados.

Técnicos de renome como Luis Felipe Scolari, com passagem por Seleção Brasileira em Copa do Mundo, Dunga e até um técnico promissor, Rogério Ceni, foram citados.

Mancini estava até então no modesto Atlético Goianiense, que fazia também uma campanha apenas razoável no Brasileiro.

De lá pra cá, foram dez partidas no nacional, com 18 pontos ganhos. Houve o lado ruim que não pode ser deixado de lado que foi a eliminação para o América Mineiro na Copa do Brasil.

No Campeonato Brasileiro, o principal objetivo foi praticamente cumprido. Não se fala mais em rebaixamento. Atualmente com 33 pontos, o Timão está a oito do Vasco, que é o primeiro da zona.

Está também a oito do Grêmio, que é hoje o sexto colocado e o primeiro na zona de classificação para a Libertadores.

E principalmente, o time fez dois ótimos jogos contra o então líder e quase imbatível Internacional e contra o líder e rival São Paulo, que vinha de 17 jogos de invencibilidade.

Assim o conceito de Mancini vai mudando. De técnico que veio para apagar o fogo, vai se tornando um treinador que pode iniciar um processo de reformulação para o ano que vem.

Arrisco dizer, conversando com gente graúda dentro do clube, que se o Corinthians vencer o Palmeiras no dia seis de janeiro no Allianz Parque, Mancini terá cumprido o seu papel, mesmo que não classifique o time para a Libertadores.

E garante a permanência no cargo após o fim do Brasileiro.

Veja mais em: Vagner Mancini.

Coluna do Marco Bello

Por Marco Bello

Marco Bello é jornalista, apresentador e repórter da Rede Transamérica de Rádio, setorista do Corinthians desde 2009

O que você achou do post do Marco Bello?

x