Diretor e gerente de futebol ameaçam deixar o clube após contratação de Oswaldo

Marco Bello

Setorista do Corinthians desde 2009 pela Rádio Transamérica, Marco Bello acompanha o dia a dia do clube

ver detalhes

Diretor e gerente de futebol ameaçam deixar o clube após contratação de Oswaldo de Oliveira

Diretor e gerente de futebol ameaçam deixar o clube após contratação de Oswaldo de Oliveira

Alessandro e Edu Ferreira não foram consultados pelo presidente sobre novo treinador

Foto: Daniel Augusto Jr./ Agência Corinthians

128 mil visualizações 443 comentários Comunicar erro

A contratação de Oswaldo de Oliveira, ainda não oficializada pelo Corinthians, esquentou de vez o clima na política do clube.

Como dito nesta terça-feira aqui neste espaço, a contratação foi uma escolha pessoal do presidente Roberto de Andrade.

Roberto ignorou conselhos do ex-presidente Andrés Sanchez, pessoa muito influente em todas as decisões do clube, e também passou por cima do departamento de futebol.

O diretor Eduardo Ferreira e o gerente Alessandro Nunes não foram sequer consultados, e ficaram sabendo da contratação do técnico depois dela já ter sido feita.

Diante disto, os dois ameaçam entregar os cargos no clube após a apresentação de Oswaldo de Oliveira como treinador do Timão.

Além dos dirigentes, a torcida também faz pressão em cima do presidente, e ainda acredita que a situação possa ser revertida.

Roberto tem duas opções:

- manter a palavra, apresentar Oswaldo e iniciar uma forte briga com a torcida e ainda aumentar o racha político do clube.

- voltar atrás, desistir de Oswaldo e assim demonstrar fraqueza como dirigente.

Não está fácil a vida do presidente do Timão.

Coluna do Marco Bello

Por Marco Bello

Marco Bello é jornalista, apresentador e repórter da Rede Transamérica de Rádio, setorista do Corinthians desde 2009

O que você achou do post do Marco Bello?

  • 1000 caracteres restantes