Ex-diretor nega convite, mas ressalta coragem de Roberto de Andrade

Marco Bello

Setorista do Corinthians desde 2009 pela Rádio Transamérica, Marco Bello acompanha o dia a dia do clube

ver detalhes

Ex-diretor nega convite, mas ressalta coragem de Roberto de Andrade

Coluna do Marco Bello

Opinião de Marco Bello

7.4 mil visualizações 48 comentários Comunicar erro

Ex-diretor nega convite, mas ressalta coragem de Roberto de Andrade

Nujud se disse amigo do presidente, mas negou qualquer convite

Foto: Bruno Winkler / IG

Após a saída de Eduardo Ferreira da direção de futebol do Corinthians, o nome mais falado nos bastidores do clube como possível substituto foi o do ex-diretor e conselheiro vitalício Carlos Nujud.

Nujud porém, em conversa com a coluna, negou qualquer convite por parte do presidente do clube:

“Não houve convite algum. Sou amigo do Roberto, nos falamos sempre, mas não tocamos nesse assunto. Não é por amizade que se convida um diretor de futebol. É um cargo não remunerado, e neste momento não me vejo fazendo isso. Se fosse convidado, não aceitaria. Mas não houve nada.”

Carlos Nujud trabalhou como diretor de futebol do Corinthians em 1999, quando o então técnico Wanderlei Luxemburgo foi convidado para assumir a seleção brasileira e o auxiliar Oswaldo de Oliveira foi promovido a técnico:

“Fomos nós, na época, que tivemos essa ideia. Ele parecia preparado, e decidimos que poderia haver essa chance. E deu muito certo. Fomos campeões do Paulista, Brasileiro e Mundial com Oswaldo.”

Sobre a escolha do novo treinador, Nujud declarou apoio ao presidente:

“Roberto tinha que fazer algo. São oito rodadas, e não podemos ficar fora da Libertadores. Ele foi corajoso, fez a escolha dele. E Oswaldo também foi corajoso em assumir o time agora, na reta final. Mas ele é um treinador muito capaz. Inclusive liguei pra ele ontem (sexta-feira) pra desejar boa sorte”.

Coluna do Marco Bello

Por Marco Bello

Marco Bello é jornalista, apresentador e repórter da Rede Transamérica de Rádio, setorista do Corinthians desde 2009

O que você achou do post do Marco Bello?