Arena Corinthians nunca receberá shows

Marco Bello

Setorista do Corinthians desde 2009 pela Rádio Transamérica, Marco Bello acompanha o dia a dia do clube

ver detalhes

Arena Corinthians nunca receberá shows

Coluna do Marco Bello

Opinião de Marco Bello

32 mil visualizações 212 comentários Comunicar erro

Arena Corinthians nunca receberá shows

Por opção do Corinthians, Arena Corinthians nunca receberá shows

Foto: Rodrigo Coca/Agência Corinthians

A Arena do Corinthians construída para a Copa do Mundo de 2014 nunca poderá ter uma fonte de renda muito comum em campos de futebol de todo o mundo: shows musicais.

Na grande maioria dos estádios do planeta e em todas as arenas construídas recentemente no Brasil, os shows de música são uma renda complementar ao lucro com bilheteria de jogos e venda de cadeiras, sócios-torcedores, etc.

No caso dos grandes clubes do estado, o São Paulo depende de 4 a 5 shows anuais para equilibrar o orçamento do Morumbi. A Arena do Palmeiras já recebeu shows de Paul McCartney e Roberto Carlos, em poucos meses da inauguração.

Isso sem contar centros menos importantes para o futebol, com estádios construídos para a Copa do Mundo e que hoje são sustentados apenas com estes eventos, como as arenas Pantanal, Amazônia e Brasília.

O campo do Corinthians jamais poderá receber shows no gramado pois o mesmo foi pensado de maneira diferente de todos os demais. A grama do estádio de Itaquera foi importada do estado de Oregon, nos Estados Unidos.

É uma grama do tipo P.H.D. Ryegrass Perenne, para clima frio, e por isso passam por baixo no gramado cerca de 40 quilômetros de finos tubos de plástico que fazem circular água gelada pelo local. A temperatura nunca passa dos 25 graus.

Todo o sistema é alimentado com um ar condicionado de 9000 metros quadrados do tipo Chiller, da marca Carrier, que refrigera as raízes, oxigena o gramado e faz a drenagem a vácuo.

Todo este sistema faz o gramado do Corinthians ser o mais moderno do Brasil e um dos mais modernos do mundo. Para a prática do futebol, está perto da perfeição. O meia Alex, hoje aposentado, quando enfrentou o Corinthians atuando pelo Coritiba disse após o jogo que nunca, em toda a carreira, tinha jogado em um gramado tão bom.

Mas o ponto negativo é que este gramado é extremamente sensível, e por isso não comporta a presença de um público como acontecem em outros locais.

Há planos para shows no terreno da Arena, mas no lado de fora, no estacionamento, e com público obviamente bastante reduzido. Quando um show no Morumbi, por exemplo, pode receber, somando arquibancadas e gramado, cerca de 100 mil pessoas, um show no estacionamento do Corinthians poderá receber de 10 a 15 mil espectadores.

Foi algo pensado, claro, desde o início. Foi uma escolha. Certa ou não, só o futuro dirá.

Coluna do Marco Bello

Por Marco Bello

Marco Bello é jornalista, apresentador e repórter da Rede Transamérica de Rádio, setorista do Corinthians desde 2009

O que você achou do post do Marco Bello?