Henrique Dourado é plano A, B e C no Corinthians

Marco Bello

Setorista do Corinthians desde 2009 pela Rádio Transamérica, Marco Bello acompanha o dia a dia do clube

ver detalhes

Henrique Dourado é plano A, B e C no Corinthians

Coluna do Marco Bello

Opinião de Marco Bello

16 mil visualizações 91 comentários Comunicar erro

Henrique Dourado é plano A, B e C no Corinthians

Henrique Dourado foi artilheiro, ao lado de Jô, do último Campeonato Brasileiro

Foto: Lucas Merçon / Fluminense F.C.

O encontro entre o presidente do Corinthians Roberto de Andrade e o presidente do Fluminense Pedro Abad nesta terça-feira nos Estados Unidos pode começar a selar o futuro do atacante Henrique Dourado.

O Timão tem interesse no atleta e fez uma proposta de pouco menos de R$8 milhões pelo jogador. O Fluminense detém 50% dos direitos econômicos e os outros 50% pertencem ao Mirassol.

A pedido do clube do interior paulista, o contrato do Ceifador com o Fluminense tem a seguinte cláusula: qualquer oferta igual ou superior a 4,5 milhões de euros (cerca de R$17 milhões) obriga a equipe das laranjeiras a cobrir a oferta. Ou seja, pagar metade do valor e adquirir os outros 50% do Mirassol.

Como o Fluminense passa por enormes dificuldades financeiras, na prática este valor vale como uma multa contratual. Quem pagar os R$17 milhões leva o atleta.

Uma pessoa do Corinthians, em conversa com a coluna, falou o seguinte a respeito da negociação:

“Henrique Dourado é hoje o plano A, B e C do Corinthians”.

Se não conseguir negociar com o atacante, o Timão terá que começar praticamente do zero a busca por um substituto de Jô, vendido ao futebol japonês.

Veja mais em: Mercado da bola.

Coluna do Marco Bello

Por Marco Bello

Marco Bello é jornalista, apresentador e repórter da Rede Transamérica de Rádio, setorista do Corinthians desde 2009

O que você achou do post do Marco Bello?