O Corinthians precisa voltar a ser um time respeitado dentro de campo

Mayara Munhoz

Editora do Meu Timão. Vive Corinthians 24 horas por dia.

ver detalhes

O Corinthians precisa voltar a ser um time respeitado dentro de campo

Coluna da Mayara Munhoz

Opinião de Mayara Munhoz

3.7 mil visualizações 86 comentários Comunicar erro

O Corinthians precisa voltar a ser um time respeitado dentro de campo

A torcida do Corinthians merece muito mais que esse futebol apresentado pelo time ultimamente

Foto: Danilo Fernandes / Meu Timão

Não está nada fácil assistir aos jogos do Corinthians. Não é um bom futebol, nenhum jogador tem se destacado e os erros estão cada vez mais frequentas. Isso todo mundo já sabe. Meus colegas daqui, da imprensa no geral e os torcedores estão cansados de falar sobre.

E, ao meu ver, isso não pode acontecer.

Estava conversando sobre isso com amigos ontem. Os times considerados grande do Brasil deveriam ter a obrigação de brigar sempre em todas as competições que disputam. O Corinthians, claro, é um deles.

O Corinthians é enorme. Tem um centro de treinamento de primeiro mundo, tem renome mundial e profissionais competentes dentro do clube. O Corinthians pode estar enfrentando dificuldades financeiras, mas não deveria ser um clube que deixa isso se refletir dentro de campo.

O Corinthians precisa sempre ter um time competitivo. Ter um técnico capaz e do nível que o clube merece. Ter um presidente e um departamento de futebol condizentes com a grandeza conquistada, principalmente, nos últimos anos.

Repito: o Corinthians precisa sempre ter um time que briga em todas as competições que disputa.

Paralelo a esse meu pensamento, o pessoal aqui do Meu Timão responsável pelas mídias sociais fez uma enquete hoje. O que é melhor: classificar para a Libertadores com um desempenho péssimo ou não classificar, mas jogar bem e manter esperanças para 2020?

Para a minha surpresa, no Twitter, a torcida pareceu não ter dúvidas: mais de 90 pessoas votaram na classificação independentemente de desempenho - apenas três na outra opção. No Instagram, a disputa foi bem mais variada.

Entendo que seja um dilema complicado. Carille pode optar por arriscar a Libertadores e arrumar o que está errado agora para começar 2020 muito melhor. Mas, se fizer isso, na próxima temporada não vai contar com o dinheiro de uma disputa na competição sul-americana, além do prestígio e das possibilidades que o torneio oferece.

Por outro lado, o time pode ir se segurando, marcando os pontos aos trancos e barrancos só para garantir a classificação. Aí corre o risco de chegar em 2020 e não conseguir um desempenho nem para passar na primeira fase ou, quem sabe, em uma pré-Libertadores.

Ah, mas se conseguir a classificação vai ter reforços do nível da competição. Sim, isso também é verdade. Mas teremos mais um começo de temporada de ajustes, de testes e de formação de uma nova equipe. Mais um ano com calendário apertado e com margem para as já tradicionais desculpas de não ter tempo para treinar e entrosar o elenco com novas peças.

O Corinthians precisa voltar a ser um time respeitado dentro de campo. O Corinthians precisa de jogadores que vistam a camisa, que não desistam e que se destaquem quando você menos espera. Foi assim que o clube venceu alguns dos títulos mais importantes dos últimos anos. Foi com a força do manto alvinegro, com a garra corinthiana e com o apoio da Fiel.

Eu, sinceramente, não sei escolher uma das duas opções da enquete acima. O mundo ideal, claro, é conseguir melhorar o desempenho e garantir a classificação. Mas já vimos nos últimos jogos que acreditar nisso é esperar demais desse elenco e desse treinador.

Não sei o que precisará ser feito para que em 2020 as coisas sejam diferentes no Corinthians.

O que sei, com toda a certeza, é que o Corinthians tem que brigar, tem que estar entre os melhores e tem que ser respeitado.

A torcida do Corinthians e, claro, a história do clube não merecem esses últimos meses.

O Corinthians é enorme. E precisa de um time que faça jus ao tamanho do seu nome.

Veja mais em: Elenco do Corinthians e História do Corinthians.

Coluna da Mayara Munhoz

Por Mayara Munhoz

Editora do Meu Timão. Acompanha tudo que acontece no Corinthians, 24 horas por dia, há mais de dois anos e meio. Escreve mais com o coração do que com a razão.

O que você achou do post da Mayara Munhoz?