Tiago Nunes no Corinthians: a primeira impressão foi surpreendente

Mayara Munhoz

Jornalista, 30 anos. Editora do Meu Timão e vivendo Corinthians 24 horas por dia há cinco anos.

ver detalhes

Tiago Nunes no Corinthians: a primeira impressão foi surpreendente

Coluna da Mayara Munhoz

Opinião de Mayara Munhoz

19 mil visualizações 71 comentários Comunicar erro

Tiago Nunes no Corinthians: a primeira impressão foi surpreendente

Tiago Nunes agradou na primeira coletiva como treinador do Corinthians

Foto: Danilo Fernandes / Meu Timão

Em 2018, eu visitei Curitiba com meu namorado. Aproveitamos o final de semana e fomos ver Athletico e Cruzeiro, pelo Brasileiro, na Arena da Baixada. Fomos para conhecer o estádio, claro, e porque somos apaixonados por futebol. Passei boa parte do jogo, porém, olhando Tiago Nunes.

O treinador demonstrava uma paixão no banco. Se mostrava nervoso, cobrava e parabenizava. Tudo no momento certo. Logo depois dessa viagem, o time foi campeão da Sul-Americana e eu, de casa, acompanhei toda a comemoração do técnico pelo título.

Tiago Nunes já me agradava. Mas, até então, era técnico de um time rival. Quando o Corinthians acertou com ele no ano passado, não nego que fiquei empolgada. Quando ele deu a coletiva de saída do Athletico, demonstrou toda aquela sinceridade, fiquei empolgada.

E, ainda assim, fiquei muito surpresa com a postura do técnico na apresentação no Corinthians hoje.

Além da sinceridade demonstrada, porque era bem visível a felicidade e empolgação do novo técnico, Tiago surpreendeu com a personalidade demonstrada. Logo de cara, já avisou que o time vai ser mais ofensivo. E o mais interessante é que fez isso sem detonar os trabalhos anteriores.

Depois, bancou que não vai utilizar dois ídolos importantes na história do clube: Jadson e Ralf. E explicou, nas duas situações, que foi uma escolha dele por conta das características que ele quer para o Corinthians.

Ainda falou sobre mudar a posição de Danilo Avelar, sobre priorizar Lucas Piton a Carlos Augusto e até da ideia que tem para Luan. Levantou até a possibilidade de atuar com três zagueiros em 2020.

Foi uma coletiva longa, mas que gerou uma expectativa impressionante. Há tempos não vemos um técnico no Corinthians (e acho que em outros clubes também) que chegue com essa atitude. Com vontade de mudar e com coragem de fazer transformações necessárias.

Aliás, é essa coragem que mais me empolgou.

Ainda é cedo para falar qualquer coisa sobre Tiago Nunes, claro. Só vai começar a valer com a bola rolando, com os resultados e o desempenho dentro de campo.

Mas acho que já podemos dizer que a expectativa é boa. Pelo menos, vamos ter mudanças.

2020 pode ser melhor, Fiel!

Veja mais em: Tiago Nunes.

Coluna da Mayara Munhoz

Por Mayara Munhoz

Jornalista, 30 anos. Editora do Meu Timão e vivendo Corinthians 24 horas por dia há cinco anos.

O que você achou do post da Mayara Munhoz?