A lição que o título do rival traz ao Corinthians e seus dirigentes

Rodrigo Vessoni

Formado pela FIAM, trabalhou na Rádio Transamérica e, por 12 anos, no LANCE!. Neste momento, também é repórter da Rádio 9 de Julho, SP (AM 1600). Participa ainda, quando chamado, de programas na TV.

ver detalhes

A lição que o título do rival traz ao Corinthians e seus dirigentes

Coluna do Rodrigo Vessoni

Opinião de Rodrigo Vessoni

11 mil visualizações 182 comentários Comunicar erro

A lição que o título do rival traz ao Corinthians e seus dirigentes

Mauricio Galiotte, presidente do Palmeiras, chegando à Neo Química Arena antes de um Dérbi em 2019; ao lado, o ex-presidente Andrés Sanchez

Foto: Rodrigo Vessoni/ Meu Timão

Antes de mais nada, um recado para quem acompanhará esse texto: se você é clubista ao extremo, quiser fechar os olhos e me xingar nos comentários, ok. É seu direito. Mas, se quiser mesmo o bem do seu Corinthians, abra os olhos, pense mais com a cabeça do que o coração, leia o texto de mente aberta e reflita.

Vamos lá:

O Palmeiras conquistou o título da Libertadores 2020 e o reflexo no Corinthians é imediato. É sempre assim. Desde sempre. A pressão vai aumentar (seria igual se fosse ao contrário). E o que a conquista do maior rival pode servir de exemplo ao Timão? Algo simples: buscar ser um protagonista permanente.

O rival se organizou financeiramente e virou protagonista, brigando sempre pelo G4 e se tornou um integrante fixo da Libertadores. Joga todas, uma hora ganha. É assim mesmo.

O Corinthians precisa se reorganizar para montar times fortes permanentes, como foi no começo da década passada. E não chegar numa final de Copa do Brasil (2018) quase aleatoriamente, no embalo da torcida, com um time que dias depois quase caiu no Brasileirão (ficou a dois pontos da zona).

Cabe ao presidente do Corinthians, Duilio Monteiro Alves, ter cabeça no lugar pra não fazer besteira diante da pressão que aumentará após o título do maior rival. Hora é de organizar as finanças, sim.

"Ah mas o Palmeiras teve um mecenas". Sim. É verdade. Mas também fez um trabalho de reorganização. Isso também é indiscutível. E só não teve mais frutos porque fez suas bobagens, pois também tem seus problemas históricos como qualquer clube associativo. Mas o mérito é indiscutível.

Por fim, peguem a base como comparação. Peguem os jogadores revelados pelo Palmeiras e os do Corinthians. Há uma clara diferença nos trabalhos. De força física dos jovens atletas e de qualidade. Quase todos os meninos do rival são protagonistas, os do Corinthians não são. Só não enxerga quem não quer.

Fica minha reflexão a todos vocês. O Corinthians tem capacidade para arrecadar mais do que o Palmeiras. Aliás, mais não. MUITO MAIS. E, consequentemente, ter uma condição financeira para montar times melhores. Times melhores, não. Times MUITO MELHORES.

Mas é preciso que alguém faça esse trabalho que, sinceramente, espero que já seja Duilio Monteiro Alves. Agora mesmo.

Ao torcedor, cabe apoiar a gestão que queira fazer isso (principalmente as torcidas organizadas). Afinal, sem esse apoio nada acontecerá.

E, se essa organização acontecer, com o potencial financeiro do Corinthians, os Everaldos, Leo Nateis, Davós, Cafus não farão mais parte do elenco, e sim, grandes jogadores brasileiros e sul-americanos pois o clube passará a ter condições de trazê-los.

O recado final é o mesmo do início do texto: você decide se esse texto vale seu xingamento ou sua reflexão.

Abraços.

Veja mais em: Dérbi, Diretoria do Corinthians e Duílio Monteiro Alves.

Este texto é de responsabilidade do autor e não reflete, necessariamente, a opinião do Meu Timão.

Coluna do Rodrigo Vessoni

Por Rodrigo Vessoni

Formado pela FIAM, trabalhou na Rádio Transamérica e, por 12 anos, no LANCE!. Neste momento, também é repórter da Rádio 9 de Julho, SP (AM 1600). Participa ainda, quando chamado, de programas na TV.

O que você achou do post do Rodrigo Vessoni?

  • Comentários mais curtidos

    Foto do perfil de Evair Lima Simas LIMA

    Ranking: 10923º

    Evair 103 comentários

    por @evair.lima.simas.lim

    Faço das sua palavras a minha Vessoni concordo plenamente com você. Não dá para continuar com esses jogasores ruins em nosso elenco. O Corinthians não pode viver de aposta precisa de jogador bom. Esses que você citou não colocaria a roupa de treino naquele time de 2000 e 2012 são muitos fracos tecnicamente.

  • Foto do perfil de adam

    Ranking: 2553º

    Adam 637 comentários

    por @adamandrade92

    O Corinthians não tem tradição em Libertadores... E se continuar com esse amadorismo na direção, vai continuar não tendo

  • Últimos comentários

    Foto do perfil de Antonio

    Ranking: 103º

    Antonio 6655 comentários

    182º. por @antonio.godoy.junior

    Concordo Vessoni e é o que escrevo a tempos primeira coisa que Duilio deveria ter feito é uma reformulação geral na BASE trocar todos que ali trabalham pois onde está o foco de CORRUPÇÃO dentro do Clube, jogadores que passam pela peneira já são direcionados para os respectivos Empresários só não enxerga quem não quer, o Departamento que mais lesa o clube, por isso que não se revela bons garotos a anos porque os que passaram e tinham qualidade são reprovados porém indicados a procurarem os Empresários do Esquema e os que sobram são os pé de rato, jogadores troncudos, fortes fisicamente porém sem qualidades técnicas, e é o que você escreveu fazer uma limpeza geral, enxugar o elenco e deixar quem realmente quer e tem alguma qualidade

  • Publicidade

  • Foto do perfil de Isac

    Isac 7 comentários

    181º. por @isachenrique

    Parabéns pelo texto brilhante e realista! O Corinthians é um protagonista esporádico, muita bagunça, diretoria que brinca com o dinheiro do clube (Jonata Cafú?)

    O Palmeiras é um protagonista constante, num ano é campeão o noutro termina no G4, na pior das hipóteses. O Corinthians precisa mudar radicalmente sua gestão, chega de 'tiozão do churrasco' comandando o clube!

  • Foto do perfil de Ronald

    Ranking: 785º

    Ronald 1667 comentários

    180º. por @ronald.graff

    'Joga todas, uma hora ganha. É assim mesmo.'

    Isso o Próprio Andrés falava antes de ganharmos a primeira...

    Mas não da pra esquecer que o Corinthians esta pagando um preço alto pelo sonhado Estádio... Coisa que o Palmeiras fez diferente, e terceirizou o deles...

    Nossa Base históricamente é uma piada no quesito revelar jogador.

    Vender atleta então... Amadorismo puro!

  • Foto do perfil de Felipe

    Ranking: 4º

    Felipe 43799 comentários

    179º. por @lipao88

    Temos que começar fazendo uma limpa na diretoria

  • Foto do perfil de Felipe

    Ranking: 4º

    Felipe 43799 comentários

    178º. por @lipao88

    Boa! É isso ai

  • Foto do perfil de Bernardo

    Ranking: 28º

    Bernardo 19097 comentários

    177º. por @bernardo.sa

    Mas logo logo a porcada vai sumir do mapa foi assim na era Parmalat aproveitaram o momento conquistaram o que tinha que conquistar agora estão aproveitando a Crefisa. Quando a tia Leila sair fora vai disputa campeonato no sufoco.

  • Foto do perfil de RODRIGO

    Rodrigo 12 comentários

    176º. por @rodrigo.ferreira.gus

    Concordo. Só que tem que lembrar que se não fosse o Paulo nobre e a titia Leila, o Palmeiras estaria muito abaixo, MAS MUITO abaixo do que está

  • Foto do perfil de Renato

    Ranking: 6253º

    Renato 229 comentários

    175º. por @renato.sousa.da.rosa

    O texto é muito bom.
    Só diz verdades, a diretoria amadora, contratações de jogadores medíocres, base não existe enquanto isso os outros clubes estão crescendo.
    Olha o Santos com a sua base, chegaram na final da Libertadores, o São Paulo sempre consegue boas vendas com seus jogadores da base.
    Enquanto isso no Corinthians há uma nuvem negra de obscuridade, gostaria que aparecesse toda a verdade e a partir daí mudar para o protagonismo

x