Eu acredito no Lucca

Thaina Barros

Jornalista pela Anhembi Morumbi. Estagiária no Meu Timão. Apaixonada por esportes e pelo Corinthians.

ver detalhes

Eu acredito no Lucca

Coluna da Thaina Barros

Opinião de Thaina Barros

5.0 mil visualizações 129 comentários Comunicar erro

Eu acredito no Lucca

Emprestado para Ponte Preta em 2017, Lucca retornou ao Corinthians

Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

Desde a saída de Jô do Corinthians para o Japão, me pego pensando: quem seria o centroavante ideal em 2018? Henrique Dourado, Gilberto, nenhum me convenceu – ainda que por motivos diferentes. Não que as opções sejam ruins, longe disso, posso ver ambos conseguindo espaço na equipe de Fábio Carille e se destacando. O retorno de Lucca após uma boa temporada pela Ponte Preta, contudo, me agrada mais.

Seria inocente acreditar que Lucca entraria e resolveria de pronto a carência de um homem referência no Corinthians. Porém, seria loucura arriscar? Kazim não tem se disposto bem na posição. Júnior Dutra fez bons jogos, mas pode ser aproveitado pelas pontas. O jovem Carlinhos não foi ao menos cogitado como opção titular até o momento.

Lucca marcou 13 gols pela Ponte Preta no último Campeonato Brasileiro, ficando atrás apenas de Henrique Dourado e Jô, que fizeram 18 tentos cada, e André, que anotou 16. Em Campinas, esteve presente em 37 jogos e se destacou, justamente, no posto de homem referência.

Carille optou por utilizá-lo pelos lados em sua escalação, nas duas últimas rodadas do Campeonato Paulista. O encaixe não tem sido muito acertado. Lucca não realizou boas partidas e chegou a levar uma nota média 4,0 na avaliação dos leitores do Meu Timão, a pior após a vitória de 2 a 1 do Corinthians sobre a Ferroviária.

Apostar em um reforço para o ataque do Corinthians é algo longe de se concretizar. A busca parece interminável e os negócios complicados, com valores fora do alcance da diretoria alvinegra. A culpa do imbróglio pode estar na escassez da posição no mercado, na falta de verba do próprio clube, em transações conturbadas por torcedores ou pela Justiça. A solução, contudo, precisa ser rápida.

Lucca quer ficar. E eu prefiro acreditar que pode dar certo.

Veja mais em: Lucca e Fábio Carille.

Coluna da Thaina Barros

Por Thaina Barros

Estudante de Jornalismo da Anhembi Morumbi. Estagiária no Meu Timão. Apaixonada por esportes e pelo Corinthians, em todas as modalidades.

O que você achou do post da Thaina Barros?