Não entendo as críticas a possível volta do Dentinho

Ulisses Lopresti

Vinte e três anos de vida e de corinthianismo. Jornalista, trabalho no Meu Timão. Escrevo aqui e apareço no Contra-Ataque, mídia alternativa de futebol.

ver detalhes

Não entendo as críticas a possível volta do Dentinho

Coluna do Ulisses Lopresti Figueiredo

Opinião de Ulisses Lopresti

13 mil visualizações 186 comentários Comunicar erro

Não entendo as críticas a possível volta do Dentinho

Possível retorno de Dentinho agitou a Fiel

Foto: Daniel Augusto Jr.

Fiel, o que todo mundo esperava parece que está próximo: Dentinho pode voltar ao Timão já no ano que vem. Nesta semana, pipocaram notícias sobre um possível retorno do atacante em 2021. Especulações sobre uma mudança da família da cria da base para São Paulo aumentaram esses rumores. E sejamos sinceros, é de se esperar.

Dentinho é um corinthiano atuante nas redes sociais e nunca fez questão de esconder que é mais um Fiel. Muitos jogadores continuam expondo seu amor ao clube que o revelou quando estão na Europa, mas poucos fazem como o atacante. Diante tantas demonstrações de amor ao Timão era difícil pensar nele jogando em um rival.

Desde que esse assunto entrou em pauta, vi muitos torcedores contra a contratação do atacante. Por quê?

O jogador já está há dez anos na Europa, entre Shakhtar Donetsk e alguns empréstimos, muitos reclamam da média de gols do atleta nesse período. Realmente não é animador, Dentinho tem pouco mais de 20 gols em toda sua passagem no Ucranianão. Porém, é importante frisar que o jogador é o maior artilheiro do Corinthians no século XXI com 55 gols.
Então, sinceramente, vamos colocar os pés no chão. Em um contexto em que a posição mais carente da equipe é o atacante de velocidade e os reforços para a posição não tem o mesmo cacife do Dentinho, qual sentido da repulsa pela contratação?

Além disso, é sempre bom lembrar que o jogador pode recuperar o futebol no Timão. Em 2017, Jô estava muito mais por baixo e quando voltou para casa reencontrou o futebol. Eu vejo essa vontade no Dentinho, é notável que ele quer vestir novamente a camisa do Corinthians. Aliás vontade nunca faltou ao jogador.

Atualmente, poucos jogadores em atividade são mais identificados com o Timão do que o atacante. Ele viveu os dois cenários do clube, viveu 2007, a crise, estava junto com a Fiel no jogo contra o Ceará em 2008 e viveu o seu auge no Timão junto com Ronaldo em 2009. Ele conhece muito bem o Corinthians e a Fiel.

Sinceramente, na minha opinião, Dentinho é muito bem vindo e torço muito por ele.

Veja mais em: Contratações do Corinthians e Elenco do Corinthians.

Este texto é de responsabilidade do autor e não reflete, necessariamente, a opinião do Meu Timão.

Coluna do Ulisses Lopresti Figueiredo

Por Ulisses Lopresti Figueiredo

Vinte e três anos de vida e de corinthianismo. Jornalista, trabalho no Meu Timão. Escrevo aqui e apareço no Contra-Ataque, mídia alternativa de futebol

O que você achou do post do Ulisses Lopresti?

x