O problema não são os pontos perdidos, mas sim a postura da equipe

Vitor Chicarolli

Jornalista formado pela Universidade Anhembi Morumbi, tem 22 anos e trabalhou no Diário Lance!. Atualmente, setorista do clube de coração. Com o Corinthians em qualquer lugar.

ver detalhes

O problema não são os pontos perdidos, mas sim a postura da equipe

Coluna do Vitor Chicarolli

Opinião de Vitor Chicarolli

8.9 mil visualizações 126 comentários Comunicar erro

O problema não são os pontos perdidos, mas sim a postura da equipe

Corinthians desperdiça pontos importantes no Campeonato Brasileiro

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

A manhã de sábado tinha tudo para ser memorável para os torcedores do Corinthians, que lotaram a Arena, em Itaquera, para acompanhar mais uma partida válida pelo Campeonato Brasileiro - competição em que o Timão vinha em grande ascensão. Também havia expectativa para ver de perto o novo terceiro uniforme do clube.

Com boa atuação no primeiro tempo, a equipe de Fábio Carille se impôs e abriu 2 a 0 sobre o Ceará. Na etapa final, porém, o Corinthians mudou drasticamente de postura e cedeu o empate com direito a gol olímpico marcado nos acréscimos.

Foram mais dois pontos importantes desperdiçados no Brasileirão. Assim como havia acontecido diante do Palmeiras, Internacional e Avaí, os corinthianos recuaram durante o jogo e pouco chegaram ao ataque. Apenas o rival levava perigo.

E um time que almeja coisas grandes na temporada não pode se dar o luxo de se sentir confortável com determinados resultados. A intensidade e a vontade de vencer precisa permanecer durante os 90 minutos.

Como o próprio Fábio Carille disse em entrevista concedida após a partida deste sábado, "não há mais bobo no futebol". Portanto, nada mais justo que encarar todos adversários com igualdade.

O Corinthians está cada vez mais distante do título do Brasileirão. São sete pontos de diferença para o Flamengo, líder isolado da competição e que vem em uma ótima sequência. Exemplo da boa fase carioca, cabe destacar, são os triunfos convincentes sobre Ceará e Avaí - times que o Timão não conseguiu vencer.

Sendo assim, a importância da Copa Sul-Americana também vai aumentando. Se o time deseja levantar mais uma taça em 2019, a postura precisará mudar radicalmente. Não há margem para alguém achar que um jogo está ganho antes do apito final.

O que acha, Fiel?

Veja mais em: Campeonato Brasileiro.

Coluna do Vitor Chicarolli

Por Vitor Chicarolli

Jornalista formado pela Universidade Anhembi Morumbi, tem 22 anos e trabalhou no Diário Lance!. Atualmente, setorista do clube de coração. Com o Corinthians em qualquer lugar.

O que você achou do post do Vitor Chicarolli?