Quais são as opções?

Vitor Chicarolli

Jornalista formado pela Universidade Anhembi Morumbi, tem 22 anos e trabalhou no Diário Lance!. Atualmente, acompanho diariamente o Corinthians pelo Meu Timão.

ver detalhes

Quais são as opções?

Coluna do Vitor Chicarolli

Opinião de Vitor Chicarolli

27 mil visualizações 175 comentários Comunicar erro

Quais são as opções?

Argentino Ariel Holan pode ser uma boa opção para o Corinthians 'jogar pra frente' em 2020

Foto: Divulgação/Internet

Em meio a um imenso desgaste, Fábio Carille foi demitido do Corinthians após derrota para o Flamengo por 4 a 1 neste domingo, no Maracanã, pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com isso muitas perguntas começam a surgir: quem deve ser o novo treinador do Timão? Haverá mudanças ainda nesta temporada?

O que se sabe, pelo menos até o momento, é que Dyego Coelho, técnico do Sub-20, comandará a equipe alvinegra na próxima quarta-feira, contra o Fortaleza, na Arena Corinthians.

A diretoria corinthiana deve se reunir nos próximos dias para intensificar a busca por um novo treinador. Há, no entanto, dois caminhos para seguir: contratar alguém de forma imediata ou seguir com Coelho e trazer um novo profissional apenas no fim da temporada.

Tiago Nunes, do Athletico Paranaense, e Sylvinho, ex-Lyon, da França, foram os nomes especulados pela imprensa neste domingo. Mas será que não há outras opções no mercado?

No Brasil, creio que Renato Gaúcho seria uma boa aposta. Mesmo que inviável financeiramente, o treinador do Grêmio já mostrou que sabe trabalhar a longo prazo e pode fazer um time jogar bonito (algo tão pedido pela Fiel nas últimas semanas). Um desafio no futebol paulista poderia agregar para seu currículo.

Roger Machado, do Bahia, vem se destacando pela versatilidade. Sabe lidar com os mais variados elencos e também tem certa experiência como treinador, levando em conta que já enfrentou diversas situações.

Se olharmos para o exterior, os argentinos Eduardo Coudet e Ariel Holan podem ser boas opções. Ambos gostam de propor jogo e trabalhar bem a bola no campo de ataque, sem deixar a linha defensiva exposta e com espaços para o adversário atacar.

Coudet já conquistou um Campeonato Argentino com o Racing em 2018/19, enquanto Holan levantou o troféu da Sul-Americana em 2017, à frente do Independiente, seu ex-clube.

O português Leonardo Jardim, apontado como alvo do Corinthians pela imprensa europeia recentemente, também pode ser uma alternativa interessante. O treinador teve boas campanhas com o Monaco na Liga dos Campeões e já até levou um Campeonato Francês. Assim como os "hermanos", Jardim também gosta de jogar para frente.

Opinião: Tiago Nunes, Coudet e Holan (sem clube) seriam minhas principais tentativas para 2020. Acredito que manter Coelho até dezembro seja a melhor opção para a diretoria focar em uma boa escolha para o ano que se aproxima.

E você, caro leitor do Meu Timão, quem tentaria contratar para ser o novo treinador do Timão?

Veja mais em: Mercado da bola.

Coluna do Vitor Chicarolli

Por Vitor Chicarolli

Jornalista formado pela Universidade Anhembi Morumbi, tem 22 anos e trabalhou no Diário Lance!. Atualmente, setorista do clube de coração. Com o Corinthians em qualquer lugar.

O que você achou do post do Vitor Chicarolli?