Comentário de Poderoso em "2 a 0 neles. Saibamos ser Corinthians!"

Mas, Zanin, não vestindo a carapuça, eu sempre fui ranzinza, tá? E cresci vendo Neto, Tupã, Viola e a Era Marcelinho. Vi muito mais títulos que agora, mas sempre critiquei jogadores que em nada tinham de raça. Meu DNA sempre foi corintiano, porque nunca abandonei meu time do coração, mesmo quando vi títulos fugindo pelos dedos. Só Deus sabe quantas lágrimas aqui correram pelo Corinthians. E, mesmo perdendo, jamais desligava a TV...acreditava que uma virada sempre seria possível (desculpa, Santos, mas o time da virada é o Corinthians! Isso que vocês cantam é outra apropriação cultural do corinthianismo). Porque, Zanin, criticar quando está realmente mal é fácil, isso todos fazem. Eu já critico quando vejo a possibilidade de algo dar errado. Acho que é trauma de quem viu um rebaixamento e várias outras ameaças de acontecer, por péssimas gestões. Acho que Romero não é jogador do nível do Timão, mas reconheço seu esforço, assim como o de Rodriguinho, que só crítico quando é fominha kkk!

em Post > 2 a 0 neles. Saibamos ser Corinthians!

Responda o comentário do Poderoso

  • 1000 caracteres restantes