Comentário de Marcelo em "Vinte e três anos sem Viola"

Cada um convive com suas escolhas... O Viola, certamente já deitou a cabeça no travesseiro e desenhou uma carreira diferente, onde no final, seria chamado simplesmente de, ídolo Viola, do Corinthians!

em Post > Vinte e três anos sem Viola

Em resposta ao comentário:

Ótima matéria. Eu sempre digo que quem troca um time pra ganhar mais dinheiro em um rival não comete pecado algum, apenas exerce o seu livre arbítrio. Mas também voluntariamente renuncia sua condição de ídolo. Guerrero é um exempl. Só que o Viola foi muito além disso, porque renegou sua própria história.

Responda o comentário do Marcelo

  • 1000 caracteres restantes
x