Formação tática do atual Corinthians; evidências, e o que ainda é possível mudar

Fórum do Corinthians
Tópico Épico Entenda as regras

Elias #6.584 @tecnicocorinthiano em 24/08/2018 às 09:54

4-4-2 ou 4-2-3-1, essa foi a formação inicial na última partida, onde podemos destacar:

# Sistema defensivo INSEGURO

EVIDÊNCIAS - Baixa atuação do quarteto defensivo, Fagner e Avelar errando passes simples, como não costumam errar. E, as infelizes, mas já conhecidas, falhas do P.Henrique, que não é um mal jogador, mas tem demonstrado que ainda deve ser lapidado. Notem que quando o Balbuena atuava por ali, o Henrique (ex Fluminense) demonstrava boas atuações, já atualmente, exposto, não é mais o mesmo.

POSSIBILIDADE DE MUDANÇA (PM) - O melhor seria a contratação de um zagueiro de maior bagagem, a fim de buscar agregar maior confiança a zona. A curto prazo, poderia optar pela entrada do Léo Santos, que não é nenhum Balbuena, mas pode vir adicionar maior solidez ao setor.

# Meio campo pouco eficiente.

EVIDÊNCIAS - Ralf, pode e deve ajudar muito a equipe, mas nesse momento não está na melhor condição física, e, por conta da idade, terá que passar por um período de transição, a fim de melhorar tanto na parte física, quanto na questão de ritmo de jogo.

Pedrinho, definitivamente, está atuando fora de posição. O garoto tem talento, habilidade etc.., mas não pode ficar marcando lateral. Ele tem que brigar pela posição do Jadson, aquele que estiver melhor mantem a titularidade.

Douglas, tem ajudado, mas, evidentemente, tem muita dificuldade ofensiva. Então, pode ser melhor aproveitado como primeiro volante (depois da saída do Ralf ele passou a atuar na posição de 1º volante), pois atuando de segundo volante, precisaria ser bem mais agudo, buscando maior efetividade na construção de jogadas. Enfim, é uma habilidade a ser trabalhada.

Clayson, ainda não está na melhor condição, pode e deve melhorar, pode ser mantido. Principalmente, tendo em vista, a falta de opções no setor. Quem sabe com a chegada do Diaz, haverá maior concorrência no setor.

POSSIBILIDADE DE MUDANÇAS - Araos deveria ser efetivado como segundo volante, uma vez que melhora e muito, a saída de bola, possibilitando maior repertório ao sistema de transição meio-campo e ataque.

# Setor de ataque inofensivo.

EVIDÊNCIAS - Jadson, está com muita dificuldade para comandar as ações no espaço, e até que, em certo ponto, tem se esforçado, mas não tem sido bem sucedido. Sua característica, de não gostar tanto de entrar na área, como fazia o Rodriguinho, o deixa com maior potencialidade para fornecer passes e conduzir as bolas paradas (faltas escanteios). Deve brigar por vaga com o Pedrinho, o qual, no momento, parece, ofertar melhor repertório ao setor.

Romero, vinha desfrutado de boa fase, marcando certos gols. Mas seu maior destaque, é mesmo auxiliando a marcação pelas laterais. Então, melhor seria aproveitá-lo em sua posição de origem. Ontem, demonstrou certa imprudência, ainda que com o devido exagero da arbitragem no lance, deixou expor um temperamento pouco equilibrado para atuar diante de certas marcações.

POSSIBILIDADE DE MUDANÇAS - Romero, deveria retornar a posição de origem. E, Jadson passaria a brigar por vaga com Pedrinho na posição de meia centralizado.

Abaixo a formação dos 20 minutos finais;

Nesse quadro, foi possível notar que Araos e M. Vital juntamente com Douglas, como 1º volante, adicionaram maior repertório ao setor. Principalmente, na construção de jogadas. De tal forma que, é possível pensar em aproveitá-los nessas posições futuramente; E, não somente pelo jogo de ontem, mas sim, justificado pela melhoria proporcionada ao rendimento da equipe com a entrada de M.Vital e Araos em partidas antecedentes.

Considerando as sugestões, evidências e possibilidades de mudanças citadas, segue uma alternativa para futuras formação táticas, na forma de;

4-2-3-1 ou

4-4-2

#vaiconrinthians

#foradiretoria

#a culpa também dos conselheiros que votaram na tiriça.

3.695 visualizações e 84 respostas neste tópico

Avaliação do tópico:

Responder tópico

Melhor resposta

Alex Souza #10.493 @alex.souza13 em 24/08/2018 às 19:34

Temos time para jogar no 4-1-4-1/ 4-2-3-1/ 4-4-2

Para mim a formação ideal seria.

Cássio, Fagner, Léo Santos, Henrique e Danilo Avelar, Gabriel, M. Vital, Araos, Jadson e Romero e Jonathan.

Pedrinho devido ao baixo físico fica para o segundo tempo junto ao Clayson que é quando rendem mais.

Últimas respostas

Felipe Lacerda #612 @lipao88 em 27/08/2018 às 11:23

Também teria que mudar a vontade de jogar! Dá mais o sangue...

Publicidade

Alexandre A. Justino S.c.c.p. #1.540 @alexandre.sccp1 em 25/08/2018 às 17:39

Quem sabe o LOSS vê isso né

Elielton Cordeiro Dos Santos #3.182 @tiofil em 25/08/2018 às 17:18

Eu apoio essa escalação, mas hoje Romero está cumprindo suspensão automática.

Gustavo Henrique #772 @gustavo.henrique204 em 25/08/2018 às 15:37

Vocês tem tempo de sobra pra ficar fazendo essas coisas em? Kkkkkk

Matheus Parmejane @matheus.parmejane1 em 25/08/2018 às 14:48

Olha não acho que a culpa toda seja só do Loss. Tem jogadores não jogando merda nenhuma. Mas ele escala o Pedrinho e o Vital muito errado, a gente só perde os moleques com eles presos nas pontas.

Então eu testaria algo assim:

Cássio; Fagner, P.Henrique, Henrique e D. Avelar; Ralf e Mateus Vital; Romaro (PD), Pedrinho (centralizado) e Clayson (pé); Jônatas ou Danilo.

Acho que pode funcionar.

Nossos moleques jogam muito.

Só precisa encontrar a posição melhor para cada um.

Todo mundo sabe marcar o Pedrinho na ponta se por no meio vai ser quase impossível marcar o garoto

Alex Souza #10.493 @alex.souza13 em 25/08/2018 às 14:25

Mais é que quando o vital entra menos de 5 minutos depois o Jadson sai, e o lost só coloca o vital quando o Jadson já esta morto em campo, se começar os 3 desde o início sendo ambos jogadores que administram o jogo o time terá a posse de bola, agora com Clayson e Pedrinho ficamos com um contra-ataque que não tem funcionado e sem a posse de bola porque eles ficam pouco com ela o jogo não roda e tudo isso sobra para a defesa, mesmo que eles dobrem a marcação em cima do Jadson ai teremos dois jogador que criam ao lado dele para desafogar o time e podemos ainda o Romero próximo ao gol juntamente do Jonathan, e a chance de fazer mais gols aumenta.

UM #134 @bruno.correa.medeiro em 25/08/2018 às 13:29

" " Sim, mas a bola tá morrendo no pé do Jadson sempre. Mesmo com vital ou outro do lado dele ele não consegue fazer o jogo fluir, e os técnicos adversários sabem disso e sempre dobram a marcação acaba sendo um a menos em campo, talvez ele no segundo tempo também com o adversário cansado e com mais espaço ele consigo ter mais liberdade e tranquilidade pra jogar

Fabio Ferraresi #4.786 @fabio.ferraresi em 25/08/2018 às 14:20

Pra mim a escalação é 4-1-4-1:

Cássio; Fagner, LS, Henrique e Avelar; Ralf; Romero,

Araos, Vital/Jadson, Clayson/Vital; Jonathas.

Mais importante que a escalação: Pontas tem que voltar a fazer de bandeirinha a bandeirinha, Araos e o outro meia tem que fazer box-to-box; Centroavante tem que marcar a saída é com a bola tem que dar profundidade para dar tempo/espaço dos pontas e meias chegarem. Última linha defensiva tem que subir e empurrar os volantes e meias para pressionar no meio/campo adversário e fazer linha de impedimento - paramos de fazer linha de impedimento e subir nossa última linha com a saída do Carille.

Ralf de cabeça de área, mais fixo e na cobertura, como era com o Tite, vai dar outra consistência para o time.

Vanderlei De Sousa Batista Batista #3.703 @vanderlei.de.sousa.b em 25/08/2018 às 13:37

Cássio

Fagner, Henrique, Léo Santos, e Avelar

Ralf, Araos, Jadson e Vital

Pedrinho e Romero

Se precisar mudar ainda teremos boas opções, tais como: Pedro Henrique (zaga), Gabriel, Douglas e Mantuan (volante), Clayson (meia atacante),. E quem sabe...talvez Matheus Mathias (avante)

Um Do Bando #134 @bruno.correa.medeiro em 25/08/2018 às 13:29

Sim, mas a bola tá morrendo no pé do Jadson sempre. Mesmo com vital ou outro do lado dele ele não consegue fazer o jogo fluir, e os técnicos adversários sabem disso e sempre dobram a marcação acaba sendo um a menos em campo, talvez ele no segundo tempo também com o adversário cansado e com mais espaço ele consigo ter mais liberdade e tranquilidade pra jogar

Alex #10493 @alex.souza13 em 25/08/2018 às 13:25

" " O Jadson está mal porque falta companhia para ele, com o vital e o Araos ele acabaria evoluindo naturalmente porque teria dois jogadores que também ficam com a posse de bola e tem visão de jogo, e com os três um ao lado do outro teríamos a posse de bola maior e maior criação de jogadas para Romero e Jonathan dentro da área, o Clayson e o Pedrinho são jogadores de segundo tempo pra acelerar as jogadas em cima de jogadores cansados. Mais de boa vamos torcer por melhoras porque tá difícil de aguentar

Alex Souza #10.493 @alex.souza13 em 25/08/2018 às 13:25

O Jadson está mal porque falta companhia para ele, com o vital e o Araos ele acabaria evoluindo naturalmente porque teria dois jogadores que também ficam com a posse de bola e tem visão de jogo, e com os três um ao lado do outro teríamos a posse de bola maior e maior criação de jogadas para Romero e Jonathan dentro da área, o Clayson e o Pedrinho são jogadores de segundo tempo pra acelerar as jogadas em cima de jogadores cansados. Mais de boa vamos torcer por melhoras porque tá difícil de aguentar

UM #134 @bruno.correa.medeiro em 25/08/2018 às 13:13

" "

Perfeito. Mas só disocordo do Jadson, tá bem abaixo não tá conseguindo fazer o jogo fluir, e quando a marcação dobra em cima dele, acaba pra ele. Eu colocaria o clayson aberto que mal ou bem consegue fazer uma fumaça e da profundidade nas jogadas pela pontas, mas e boa sua escalação também