Eu duvido você não se emocionar...

Fórum do Corinthians
Tópico Épico Entenda as regras

Marcos #1.019 @marcos.vlima em 20/02/2015 às 16:57

Galera estou repassando um texto que vi aqui mesmo no fórum mas em 2013 e quando li realmente chega saiu lágrimas, arrepiei, deu calafrio td. Kkkk, talvez alguns já conheçam, mas se não vale a pena ler, valeu abraços.

- Pai, para que time eu torço?
O pai imediatamente detectou o problema. Não ligava muito para futebol, nunca tinha conversado com o filho sobre o assunto. Percebeu que o menino tinha chegado a uma idade em que é obrigatório ser torcedor. Decidiu que se esforçaria para reparar o erro.
Prometeu ao filho que o levaria a jogos de todos os clubes grandes de São Paulo, para que o garoto tivesse todas as oportunidades para escolher seu time do coração. Fez a devida lição de casa. Aprendeu os fatos, os nomes, os momentos e lugares importantes na História de cada clube.
A primeira visita foi ao Morumbi, numa tarde de jogo do São Paulo. Chegaram cedo, passaram no Memorial, viram os troféus da Copa Libertadores, da Copa Intercontinental.
- Filho, o São Paulo é o mais bem sucedido clube brasileiro no cenário internacional. Ganhou a Libertadores 3 vezes, foi a Tóquio duas vezes para conquistar a Copa Intercontinental, também tem um Mundial de Clubes da Fifa. Além disso, foi o primeiro clube da cidade a ter o seu Centro de Treinamento. E claro, é o dono desse estádio, o Morumbi, o maior de São Paulo.
O jogo foi ótimo, o São Paulo venceu, o menino ficou impressionado com o tamanho e conforto do Morumbi.
- E aí, quer comprar uma camisa? – perguntou o pai.
- Ainda faltam três times, né? Prefiro esperar.
A segunda visita foi ao Palestra Itália. Passearam pela sede do clube. Viram os bustos de Ademir da Guia, de Junqueira, de Waldemar Fiúme. Também conheceram a sala de troféus. Sentaram-se nas numeradas do estádio do Palmeiras.
- Filho, esse time é diferente dos outros, por causa da conexão com a origem dos torcedores. O Palmeiras tem uma ligação sanguínea com a Itália, se chamava Palestra Itália. Claro, ninguém precisa ser italiano para torcer pelo Palmeiras, mas é bonito ver essa relação familiar com o time. Os palmeirenses são apaixonados por essa camisa. Grandes craques passaram por aqui ao longo dos tempos. Tanto que o time tem o apelido de “Academia”. – contou o pai.
O Palmeiras ganhou, o menino vibrou. Gostou do ambiente no Palestra, da proximidade do gramado.
- Vamos comprar a camisa? – o pai perguntou.
- Mas ainda faltam dois times…
Próxima parada, Vila Belmiro. No carro, indo para Santos, o pai começou a falar sobre as glórias do time.
- Meu filho, esse time que você vai conhecer hoje é um patrimônio do futebol. É o time em que jogou o Pelé, o maior jogador da História. Teve o melhor time de todos os tempos, no começo da década de 60, quando não havia adversário neste planeta que pudesse vencê-lo. Você vai ver a quantidade de taças que eles têm.
Visitaram o Memorial das Conquistas e sua impressionante coleção de troféus. As fotos do timaço que conquistou o mundo duas vezes, do Rei Pelé e de tantos e tantos jogadores lendários.
O Santos ganhou o jogo, o menino ficou empolgado. Na Vila, dá para ficar ainda mais perto do campo.
Na saída, a mesma pergunta.
- Vamos comprar a camisa?
- Calma pai, ainda tem um jogo para a gente ir, não tem?
E foram ao Pacaembu, num domingo à tarde. Não conseguiram sair cedo de casa, estavam um pouco atrasados. O pai foi falando sobre o Corinthians no carro.
- Filho, estamos indo ao Pacaembu, mas o Pacaembu não é o estádio do Corinthians. É da prefeitura, porque o Corinthians não possui um estádio próprio. Mas a torcida se sente muito bem lá. Outra coisa: o Corinthians é o único time de São Paulo que ainda não ganhou a Copa Libertadores. Mas tem um detalhe interessante: é a maior torcida de São Paulo, e a segunda maior do Brasil. É uma torcida tão apaixonada que é chamada de “Fiel”. Esta torcida ficou por mais de vinte anos sem ganhar um título sequer, no entanto, incrivelmente, foi exatamente neste período que a torcida mais cresceu.
Dificuldades para estacionar o carro, confusão na descida da escadaria, empurra-empurra, correria, etc... Enfim chegaram em frente ao Pacaembú. Chegando próximo à bilheteria, viram um homem pardo, de chinelos de dedo, comprando seu ingresso com os últimos trocados de sua surrada carteira.

Por causa do atraso, pai e filho entraram no Pacaembu pelo portão principal, quase na hora em que o Corinthians subiu ao gramado. Sentaram-se apertadamente na escadaria da arquibancada de cimento por falta de espaço, e logo tiveram de se levantar, porque o time foi para o campo. A emoção da torcida ao ver o time subir a escadaria do vestiário deixou o menino impressionado...
De repente, o pai percebeu algo assustador. Seu filho estava arrepiado, respiração alterada, chorando de euforia, irriquieto, e ao mesmo tempo rindo sozinho, feliz como se tivesse ganho o maior dos presentes.
- O que aconteceu, meu filho?
- Não sei, pai.
- Por que você está chorando?
- Não sei…
- Quer ir embora?
- Não, quero ficar.
O jogo estava para começar quando o menino pegou o braço do pai.
- Pai, quero uma camisa.
- Como assim?
- Escolhi, pai.
- Mas o jogo ainda nem começou…
- Não importa! Eu sou corinthiano!

ENTENDEU? SENTIU? NÃO?
ENTÃO NÃO É..

SÓ QUEM É, PRA ENTENDER!

EU SOU!

Segue ai o tópico que retirei caso queiram ver.

http://www.meutimao.com.br/forum-do-corinthians/classificados-do-corinthians/32150/leiam_so_quem_e_corinthians_de_arrepiar?pag=4

Abraços a todos.

1.372 visualizações e 56 respostas neste tópico

Avaliação do tópico:

Responder tópico

Melhores respostas

Cleidson De Almeida E Sousa #37 @cleidson em 20/02/2015 às 17:48

O melhor cara nem é o texto...o texto por si só é espetacular e de arrepiar junto com o menino... Mas o melhor cara é você dando o credito a quem merece, isso é espetacular.

Diogo Timão Rj #795 @diogo.figueira em 20/02/2015 às 17:39

Cara ainda não tinha lido esse texto, mas estou no trabalho em frente ao computador cheio de lágrimas nos olhos, com o braço arrepiado, lembrei da minha 1 vez no Pacaembu em 2005 pelo brasileirão,

Fui no tobogã o jogo foi 1 x 0 gol do Tevez, foi contra o paraná e o gol saiu exatamente naquele gol que fica próximo ao tobogã, quando entrei no

Pacaembu a 1 vez, meu sentimento foi exatamente igual ao do texto, quem me levou foi meu tio que é santista, e por 1 momento se tornou corintiano gritou e pulou no gol do Corinthians junto comigo...

Inexplicavel o que é ser corintiano tenho muita pena dos torcedores dos outros times, pois ninguém além de nós sabe o que é isso.

Vai Corinthians!

Últimas respostas

Marcos Vinícius Trevisan De Lima #1.019 @marcos.vlima em 21/02/2015 às 09:45

Realmente falou td agora Nilson, valeu.

nilson #201 @nilsonjp em 21/02/2015 às 01:02

" "

Podem reparar, de todos relatos, existe uma coisa em comum, foi amor a primeira vista, não tem como ser diferente, única torcida que jah nasce sabendo e os que ainda não sabem, é só baterem o olho em um jogo, já éra, não tem mais volta!

Publicidade

Marcos Vinícius Trevisan De Lima #1.019 @marcos.vlima em 21/02/2015 às 09:45

Po cara aquele jogo, qualquer um se impressionou com a torcida, aquele dia foi demais. Valeuu

DOUGLAS #2768 @douglas.marini em 21/02/2015 às 01:04

" " Nunca tive a oportunidade de ir ao Pacaembu. Mas me tornei corintiano graças ao meu pai. Nunca ligava pra futebol, até que vi meu pai assistindo Corinthians X Boca Juniors na final da liberta. Fiquei olhando o jogo e voltei para o quarto. Liguei o rádio e ouvi o jogo inteiro. Acabou a partida e fiquei com os gritos da torcida na cabeça. Aquela torcida louca que mal dava pra ouvir os narradores. Depois disso me tornei Corinthians, esse bando de Loucos!

Marcos Vinícius Trevisan De Lima #1.019 @marcos.vlima em 21/02/2015 às 09:43

Caramba rsrs corinthiano de berço literalmente,

Abraço

Daniel #2187 @daniel.panno.seixas em 21/02/2015 às 01:07

" "

Me emocionei exatamente como na primeira vez em que o li...

Me lembro de um jogo em 1982 ou 83, no Pacaembu, tinha uns 8 anos, com meu pai e meu avo, ambos já faleceram, Corinthians 4 X 1 XV de Jau, com show do Doutor Socrates, senti a mesma emocao do texto, com a diferenca que eu já amava o Corinthians, pois ganhei minha primeira camisa com 2 dias de idade, ainda na maternidade...rs.

Abracos

Marcos Vinícius Trevisan De Lima #1.019 @marcos.vlima em 21/02/2015 às 09:42

Fiquei do mesmo jeito quando li, realmente é muito bom ser Corinthians valeu

daniel #434 @carimba em 21/02/2015 às 09:33

" " Arrepiei da cabeça aos pés
Estou com olhos cheios de lágrimas
Como é gostoso ser Corinthians
Obrigado meu Deus por me fazer torcendo desse time

Marcos Vinícius Trevisan De Lima #1.019 @marcos.vlima em 21/02/2015 às 09:40

Po cara que dahora mesmo, tive o prazer em ir em um jogo contra o Criciúma na nossa arena e realmente é incrível

Antonio #2597 @bornioti em 21/02/2015 às 01:46

" "

Realmente muito emocionante!

Tive várias vezes no Pacaembu, vi jogos Timão x Cruzeiro (Dirceu Lopes, Tostão), estive no último jogo do primeiro turno do paulista na fazendinha Timão e Botafogo de Rib. Preto, jogo em que o Rivelino foi expulso por agredir o bandeira em 1974, neste mesmo ano estive no morumbi na decisão (Corinthians X Palmeiras), infelizmente 1 a 0 gol de Ronaldo para o Palmeiras.

Na quela época, era muito bom assistir aos jogos, não havia separação de torcidas, havia respeito, estive presente em várias derrotas para o Juventus, principalmente quando o Ataliba ainda jogava no moleque travesso.

Já fui em 1 jogo na Arena (Corinthians x Bahia), neste jogo fui levado pelo meu filho que é FT e me colocou como dependente, foi um dos dias mais feliz da minha vida.

Quando ele tinha 6 anos, eu e meus irmãos levamos ele e meus sobrinhos para assistir a vários clássicos, hoje com 30 anos ele retribuiu me levando a nossa maravilhosa Arena.

Daniel Benevides #434 @carimba em 21/02/2015 às 09:33

Arrepiei da cabeça aos pés
Estou com olhos cheios de lágrimas
Como é gostoso ser Corinthians
Obrigado meu Deus por me fazer torcendo desse time

Michel Fenty #191 @michel.fenty em 21/02/2015 às 02:51

Isso mesmo..

Cleidson #37 @cleidson em 20/02/2015 às 17:48

" "

O melhor cara nem é o texto...o texto por si só é espetacular e de arrepiar junto com o menino... Mas o melhor cara é você dando o credito a quem merece, isso é espetacular.

Bruno Matheus F. E Silva #35 @brunomatheeus em 21/02/2015 às 02:31

Eu já tinha lido, mas sem dúvida emociona!

Antonio Carlos Bornioti #2.597 @bornioti em 21/02/2015 às 01:46

Realmente muito emocionante!

Tive várias vezes no Pacaembu, vi jogos Timão x Cruzeiro (Dirceu Lopes, Tostão), estive no último jogo do primeiro turno do paulista na fazendinha Timão e Botafogo de Rib. Preto, jogo em que o Rivelino foi expulso por agredir o bandeira em 1974, neste mesmo ano estive no morumbi na decisão (Corinthians X Palmeiras), infelizmente 1 a 0 gol de Ronaldo para o Palmeiras.

Na quela época, era muito bom assistir aos jogos, não havia separação de torcidas, havia respeito, estive presente em várias derrotas para o Juventus, principalmente quando o Ataliba ainda jogava no moleque travesso.

Já fui em 1 jogo na Arena (Corinthians x Bahia), neste jogo fui levado pelo meu filho que é FT e me colocou como dependente, foi um dos dias mais feliz da minha vida.

Quando ele tinha 6 anos, eu e meus irmãos levamos ele e meus sobrinhos para assistir a vários clássicos, hoje com 30 anos ele retribuiu me levando a nossa maravilhosa Arena.

Daniel Panno Seixas #2.187 @daniel.panno.seixas em 21/02/2015 às 01:07

Me emocionei exatamente como na primeira vez em que o li...

Me lembro de um jogo em 1982 ou 83, no Pacaembu, tinha uns 8 anos, com meu pai e meu avo, ambos já faleceram, Corinthians 4 X 1 XV de Jau, com show do Doutor Socrates, senti a mesma emocao do texto, com a diferenca que eu já amava o Corinthians, pois ganhei minha primeira camisa com 2 dias de idade, ainda na maternidade...rs.

Abracos