Blog do Citadini explica tudo do jeito que eu acho que é

Fórum do Corinthians
Tópico popular Entenda as regras

Heitor #6.346 @heitor.corretor em 27/01/2016 às 22:24



Nota: Após a publicação do artigo “O problema não é a saída é a entrada” este blog sofreu todo tipo de ataque cibernético. O trabalho para recolocar o blog em ordem foi difícil pois foram ataques em série. O sistema que era usado para publicar os textos ficou inacessível. Resolvido o problema e tomadas as medidas para impedir que aconteça novamente, não me interessa muito saber quem foram os autores, mas, uma simples leitura do último texto dá um caminho de quem foram os incomodados no Blog. Vamos em frente.

A primeira meta é formar atletas

Muitos torcedores do Corinthians ficaram chateados com perda da Copa São Paulo. O time vinha jogando bem, com boa organização em campo e perder nas penalidades sempre dói.

Mas isso é do jogo. Ganhar ou perder um campeonato -na maioria das vezes- depende de um lance pouco ou mais criativo.

O título é importante, mas, no caso das categorias de base, o melhor mesmo é formar atletas que possam vestir a camisa titular de nosso clube.

O Corinthians sempre revelou jogadores em sua categoria de base. Algumas vezes craques “fora de série”, como Rivellino, outras vezes jogadores que tinham “pinta” de craque, mas tornaram-se médios e só completaram o elenco. São inúmeros os casos de jogadores que -à primeira vista- pareciam craques mas, não vingaram.

Isso é regra. Nem sempre o clube consegue criar grandes ídolos. Mas a meta deve ser – sempre!- a de buscar atletas para o time principal.

Infelizmente, a política adotada em nosso clube nos últimos anos vai no sentido contrário. Ao criar o sistema de “parcerias” com “empresários” o clube renuncia sua principal meta nas categorias de Base.

Os tais empresários querem “mostrar” seus jogadores. E o Corinthians virou uma vitrine de luxo. Após ser bem “mostrado” os tais donos dos jogadores querem vender, vender e vender.

A categoria de base só será importante para o clube quando voltarmos a ter como meta jogadores 100% do Corinthians e trabalhados para atender o time principal.

Perder o título Copinha não é nada perto de ter jogadores de empresários que só servirão ao clube no período de mostra.

Mesmo que no primeiro momento tenhamos times mais fracos, o caminho é uma base só do Corinthians. Ou então a categoria -mantida com grana do clube- pouco ajudará o Timão.

O problema da saída é a entrada

O presidente Roberto de Andrade foi claro: o clube chinês acerta com o empresário, com o jogador e o Corinthians é avisado meia hora antes que a “multa de rescisão” será paga e o atleta vai embora.

Completa o presidente que não há o que fazer. Paga a multa, o jogador vai pra onde ele quiser.

Nisso está certo.

Só o que falta explicar é como chegamos a este ponto. O problema não está na negociação de saída, mas na negociação de chegada.

Como sabemos, todos os jogadores em saída, são apenas parcialmente do Corinthians. Algumas vezes, a participação do clube é insignificante. A maior parte dos direitos do jogadores está nas mãos de “parceiros”, empresários, agentes e até do próprio jogador.

Essa política de “parceira” adotada pelo Corinthians cobra agora o seu preço. O presidente atual, como os anteriores, foram os implantadores deste mecanismo que leva a esse colapso atual.

O clube e o parceiro têm interesses conflitantes. O clube quer o jogador para jogar, marcar gols, conquistar títulos e títulos. O “parceiro empresário” não quer nada disso. Só quer valorizar seu produto e vendê-lo na primeira oportunidade.

Por esta razão, aos “parceiros” interessa uma multa pequena que não seja obstáculos para negociações futuras. Ao clube interessaria multa alta, pois quer a permanência dos atletas.

Mas isso só é possível quando o clube tem o controle do negócio. Nas “parcerias” o clube não tem.

Em clubes que não adotam essa política -que o presidente Roberto Andrade foi um dos implantadores- o quadro é diferente. Veja-se os clubes europeus principais, onde a multa é definida pelo clube.

O mesmo dinheiro chinês que chega aqui pagando salários astronômicos aos jogadores poderia procurar craque na Itália, Espanha, Inglaterra etc mas não o fazem. E quando atacam os europeus é com jogador com contratos a beira de terminar.

As pesadas multas de rescisão não permitem.

Enquanto o Corinthians não encerrar essa política de parcerias, as saídas de jogadores serão assuntos rotineiros.

Ou rompemos essas “parcerias” onde o clube pouco ganha (ou nada ganha), ou veremos jogadores chegando e saindo a toda hora.

Manter esse fatiamento de jogadores com “empresários” e multas baixas (impostas pelos parceiros) deixa o clube vulnerável.

Esse é o grande problema.

Será que vai ser enfrentado? Tenho dúvidas. Muitas dúvidas.

883 visualizações e 21 respostas neste tópico

Avaliação do tópico:

Responder tópico

Melhor resposta

Carlos Manoel Oberg #5.678 @carlos.manoel.oberg em 27/01/2016 às 22:53

Por que o clube mantem esse mateus cavadinha se o passe não lhe pertence?

Inclusive pagando seu salário.

Por que?

Não seria mais interessante tentar revelar algum outro jogador já que o importante é revelar?

Como fazer isso com esse bando do andrés Sanchez tomando conta da base?

Não tem jeito, esse maldito espanhol tomou conta de tudo, o clube é dele.

Roberto de andrade jamais conseguirá mexer com essa gente, apesar de ser um excelente presidente.

Por gratidão pelo apoio e por medo de perder o apoio e o espanhol jogar a torcida gaviões pra cima dele.

Não cobrem o presidente, o cara está trabalhando bem, o problema é o maldito e a família Garcia que também está deitando e rolando na base e na cara dura.

Uma vergonha na vida do senhor damião Garcia, que criou tais víboras.

Últimas respostas

O Pensador @rodrigo.t.dos.santos em 28/01/2016 às 10:53

Vale lembrar que só temos 5% do Pereira porque repassamos grande parte da posse pra sanar dívidas. Os empresários ganham força em momentos de crise, porque fornecem jogadores baratos e de boa qualidade (as vezes) e em troca, só pedem o valor na venda, para um time que passou por problemas financeiros recentes é extremamente tentador, mas no fim, quem acaba perdendo é o clube. Por exemplo, estamos com um déficit de 50 milhões segundo a ESPN, porém, aposto que se o time fosse cortar gastos e apertar os cintos (aliás, como o time está tentando fazer) muitos reclamariam, mesmo entendendo a situação. Não é um simples caso de tirar as pessoas, mas mudar a filosofia do clube.

Publicidade

Marcelo Guedes Gonçalves #289 @polemikonoar em 28/01/2016 às 10:32

Esse tipo de ataque é típico da quadrilha PETISTA..

Jose Carlos Stabile #4.023 @jose.carlos.stabile em 28/01/2016 às 09:37

Os caras falam, como esse tal de Citadini, ele exterminou um time uma vez, que só não caiu pois o mestre Adenor chegou e deu sorte com a molecada, mas é amigo íntimo de Paulo Garcia, o cara que mais rouba o Timão.

Mauricio Di Santi #29 @mx1972 em 28/01/2016 às 09:32

Citadini é sem vergonha.

Ele andou emprestando dinheiro lá dentro, também.

Fiquei sabendo que já pagaram ele.

É por isso que agora ele está quietinho.

Lucas #1109 @lucas.s.ribeiro em 28/01/2016 às 09:23

" "

Citadini se uniu ao Paulo Garcia na última eleição... Se não fosse fazer igual ia ser pior

Claudio Rodrigues Vilarins #4.979 @vilaris em 28/01/2016 às 09:26

Concordo com tudo e poderíamos cobrar da diretoria para a partir de agora ao contratar um jogador divulgar em quanto foi fixado a multa recisoria do atleta.

Lucas S. Ribeiro #1.109 @lucas.s.ribeiro em 28/01/2016 às 09:23

Citadini se uniu ao Paulo Garcia na última eleição... Se não fosse fazer igual ia ser pior

Diogo Curto #282 @curto em 28/01/2016 às 09:06

Realmente vocês acham que existe oposição?

Que existe PSDB e PT?

É tudo farinha do mesmo saco

Iuri B Candido #422 @iuri.candido em 28/01/2016 às 08:56

Bacana e tal, mas quando eu lembro quem era o vice dele na eleição...

Jon Gomes #171 @jow.inacio em 28/01/2016 às 08:48

Deveria ter jogado o OYA

Carlos Manoel #5678 @carlos.manoel.oberg em 27/01/2016 às 22:53

" "

Por que o clube mantem esse mateus cavadinha se o passe não lhe pertence?

Inclusive pagando seu salário.

Por que?

Não seria mais interessante tentar revelar algum outro jogador já que o importante é revelar?

Como fazer isso com esse bando do andrés Sanchez tomando conta da base?

Não tem jeito, esse maldito espanhol tomou conta de tudo, o clube é dele.

Roberto de andrade jamais conseguirá mexer com essa gente, apesar de ser um excelente presidente.

Por gratidão pelo apoio e por medo de perder o apoio e o espanhol jogar a torcida gaviões pra cima dele.

Não cobrem o presidente, o cara está trabalhando bem, o problema é o maldito e a família Garcia que também está deitando e rolando na base e na cara dura.

Uma vergonha na vida do senhor damião Garcia, que criou tais víboras.

Andelino Batista #311 @delino em 28/01/2016 às 08:48

Citadini? Sujo falando do mal lavado?

1 a 10 de 20 respostas