Desvendando a OMNI...

Fórum do Corinthians
Tópico Épico Entenda as regras

B #363 @louco.por.ti.corint1 em 25/10/2016 às 08:32

Criadora do programa de sócio-torcedor do Corinthians, a OMNI se transformou em uma das principais parceiras do clube em menos de sete anos e hoje controla vários dos principais ativos do clube.

São cinco contratos que a empresa tem com a diretoria alvinegra atualmente: ela dá o nome ao teatro da sede social do clube no Parque São Jorge, controla a bilheteria do estádio em Itaquera, gerencia o programa de sócios Fiel Torcedor, toma conta do estacionamento da arena e presta serviço de administração no local.

De propriedade de um casal, Marta Alves de Souza Cruz e Luiz Alberto Ravaglio, ela consegue arrecadar milhões anualmente com a parceria. Os valores que recebe com os negócios no clube não são divulgados, nem quanto a empresa paga para o Corinthians pelos direitos às propriedades.

Só com o programa de sócios, que tem cerca de 130 mil fidelizados, a receita da empresa no ano passado chegou em cerca de R$ 9 milhões, exatamente metade do total.

O contrato em vigor prevê que 50% do faturamento no segmento seja repassado para a OMNI.

Pelo serviço de administração da bilheteria, a arrecadação é de quase R$ 100 mil por jogo, cuidando das catracas e do controle de acesso dos torcedores -função que nada tem a ver com a do programa de sócio, ou seja, poderiam ser feitas por empresas diferentes.

Considerando 35 partidas que o Corinthians jogo em média em casa no ano, a OMNI pode ganhar R$ 3,5 milhões neste setor.

Para administrar toda a estrutura montada na parceria com o clube, a empresa tem três firmas abertas, com objetos sociais distintos. Duas delas apresentam, segundo dados da Junta Comercial, apenas R$ 10 mil reais de capital; a outra, R$ 50 mil.

Uma dessas empresas, aliás, tem como endereço a avenida Miguel Ignácio Curi, 111, exatamente o endereço da arena.

No estacionamento, ela desembolsa cerca de R$ 1 milhão por ano pela concessão, que está sendo pago com investimentos, como cancelas, e fica com a receita nos dias de jogos.

Na administração da arena, que envolve ainda todo o trabalho de TI, ela recebe uma taxa 20% sobre o valor da folha de pagamento que ela tem. A folha hoje está em cerca de R$ 200 mil mensais. O Corinthians banca o valor e paga cerca de R$ 40 mil à empresa.

1.183 visualizações e 41 respostas neste tópico

Avaliação do tópico:

Responder tópico

Melhores respostas

Jack Tadeu Bahde #144 @tadeu54 em 25/10/2016 às 08:47

Puxa, diretoria boazinha hein? Um princípio básico da administração é ter vários parceiros operando, para evitar concentrar poder em uma só organização! Preciso dizer mais?

Mateus Lopes #3.233 @mateus.lopes11 em 25/10/2016 às 09:00

Não é só amadorismo. É corrupção. Menos inocência, por favor

Últimas respostas

B Real #363 @louco.por.ti.corint1 em 26/10/2016 às 02:47

- Winner Play (estampou a camisa e não pagou)
- Apito Promocional (estampou a camisa e não pagou)
- Klar (ganhou publicidade gratuita por uns dias)
E agora a super vanguardista Apollo Sports!

Marcelo #24 @timao.sc em 25/10/2016 às 15:58

" "

Existe um esquema operacional de enriquecimento de alguns usando o clube, a imagem do SCCP, é só ver o caso do FT ou dos patrocínios estranhos que estampam a camisa do clube nos últimos anos, entram e saem na surdina sem dar explicações...

Triste por ver o SCCP sendo usado pra isso, deixamos de ser só um clube de futebol com um time de futebol, futebol não é mais o que importa...

Publicidade

Sergio Ricardo #43 @srpardo em 25/10/2016 às 16:50

Eu acho que ai que esta a maracutaia da diretoria tinha que ir atrás dessas pessoas que se dizem donas da omini para mim e laranja

Jones Ramos #2.225 @jonesmr em 25/10/2016 às 16:49

OMNI, Andrés Sanchez, André Negão, Lava Jato, Roberto Andrade.. Infelizmente essa é nossa triste realidade

Marcelo Santos Duarte #4.392 @marceloduarte em 25/10/2016 às 16:20

Se instalou uma máfia dentro do nosso Corinthians, e que a cada dia surge uma péssima notícia que chega a dar nojo de TODOS os envolvidos da diretoria atual e anterior.

Para o nosso bem, era melhor a PF entrar lá e fazer uma limpa em tudo, só assim para tirar essa máfia podre, suja e de mau caráter que tem estão lá fazendo o que bem entenderem com o dinheiro.

Desse jeito não sobra nada mesmo...cambada se safados e bandidos!

Marcelo Figueiredo #24 @timao.sc em 25/10/2016 às 15:58

Existe um esquema operacional de enriquecimento de alguns usando o clube, a imagem do SCCP, é só ver o caso do FT ou dos patrocínios estranhos que estampam a camisa do clube nos últimos anos, entram e saem na surdina sem dar explicações...

Triste por ver o SCCP sendo usado pra isso, deixamos de ser só um clube de futebol com um time de futebol, futebol não é mais o que importa...

Otavio Vieira Neto #1.530 @von66 em 25/10/2016 às 15:26

Quem serão os sócios invisíveis?

Philippe Dutra #143 @phil.dutra em 25/10/2016 às 15:22

Corinthians é uma mãe para muita gente. Cara, nunca vi isso. O parceiro tem mais retorno que o clube. Kkkkkkkkkk

Coringão Timão #235 @bregas em 25/10/2016 às 14:54

Essa OMNI é outra empresa pilantra faturando alto em cima do Timão. A primeira coisa que a nova diretoria tem que fazer é acabar com essa palha assada.

Andrés fez muita coisa boa, mas deixou a conta pra ser paga. Bananão, fantoche do cara de areia mijada, é isso que ele é, um banana. Uma hora a conta chega. E essa hora tá chegando.

Fora com esses maledetos que só querem saber de grana no bolso e tem zero paixão pelo clube.

Tadeu Patoja Braga #328 @azkaban em 25/10/2016 às 14:51

Você esqueceu de colocar empresa comprou as catracas da arena

Renan Corinthians #148 @gandalf1910 em 25/10/2016 às 14:38

E sempre com contratos bem generosos e em grande quantidade. Laranjona