Naming Rights da Arena Corinthians: Considerações sobre a entrevista do Andrés (15/05/2016)

Fórum do Corinthians
Tópico Épico Entenda as regras

Celso #54 @celso.1.primeiro em 16/05/2016 às 10:12

Andrés Sanchez deu entrevista ontem na Arena Corinthians, não anunciou os namingh rights da casa da fiel, mas disse algumas coisas interessantes.

Na entrevista, ele quase confirmou tudo o que circula na mídia e soltou mais detalhes do acordo:

- Vai ser vendido um 'pacote', o que deve incluir o FT;

- A arena terá o nome que a fiel escolher (o nome Arena Corinthians deve ganhar de goleda, pelo que se comenta entre a fiel);

- Protocolou pedido para prorrogação do empréstimo do BNDES e já interrompeu o pagamento desde abril. Se fizeram isso, é porque deve ser quase certo o deferimento da ampliação da carência.

Quanto à carência, que o BNDES deu para as sedes da copa iniciar o pagamento, o SCCP, ao contrário dos outros, não quis usá-la em sua totalidade. Eles previam uma exploração rápida da arena, e, começado a pagar mais cedo, a arena se quitaria em menos tempo. Ocorre que a obra teve entraves, como a emperração dos CIDS pelos antis (processo corre na justiça, enquanto não findar ninguém compra), o que gerou o atraso na conclusão da obra (obra foi sendo entregue em partes, o centro de convenções, por ex, apenas recentemente), e consequentemente, na exploração total da arena (a exploração total, não aconteceu também por conta da incompetência dos gestores). Assim, tiveram que começar a pagar pesadamente as parcelas, sem a arena estar 'preparada' ainda para render tanto. Por isso, agora, pediram a prorrogação da carência por 12 meses, que a arena tem direito.

- O valor pago pelos NR vai ser antecipado, pois disse que, em 1 ano, 70% a 80% do valor da arena estaria pago (creio que ele se referiu apenas ao empréstimo do BNDES, sem contar os outros empréstimos). O valor antecipado, significa quitação de quase todo o valor do empréstimo, que vem com juros amortizados, o que faria o custo da obra ser bem menor. Se isso realmente acontecer (o pagamento à vista dos NR), o SCCP paga a arena tranquilamente com os pés nas costas. Seria um grande negócio;

- Deixou escapar também que o clube teria participação nas rendas do acordo do FT (o que vai além das mensalidades), isso é uma boa, pois a empresa deve embutir muita coisa, como cartão de crédito, seguros e tudo mais. Se amarrarem bem este contrato, será uma grande fonte de renda para o SCCP (vamos aguardar para ver as cláusulas, que não se repita a sacanagem do contrato OMINI);

- Disse que terá uma festança na arena, então podemos concluir que quando for anunciar mesmo será feito toda uma programação oficial, aquele estardalhaço todo para sufocar os antis;

- Por último, em tom confiante, irônico, tirou onda com os outros clubes, afirmando que eles irão tentar copiar (como sempre...mas nunca serão!).

Na minha opinião pessoal, por todos os indícios que apareceram desde dezembro, por tudo o que a mídia que cobre o clube fala (todos cravam o acordo) e, agora, pelo que disse o Andrés (coincidindo com o que fala a mídia que cobre o SCCP), o acordo está em fase final mesmo e deve ser logo anunciado. Não tenho nenhuma fonte, apenas faço uma análise do contexto, principalmente dos detalhes que o Andrés deu ontem.

Ao contrário de muitos, não acho fácil para uma arena no Brasil fechar um contrato de NR. E também, não acho que tudo depende apenas de ser um 'bom vendedor', a coisa depende mais do mercado.

Os NR do estádio do rival (aquele apertado, sem tecnologia e sem acabamento na maioria dos espaços) foram fechados, por um valor menor, mas muita coisa tinha por trás, por exemplo a WT é parceira da Allianz. Ou seja, lá a Allianz seguros tinha outros interesses (contrato bilionário de seguro de obras da WT), mas isto a mídia anti abafa, o que vale é tentar pressionar a Arena Corinthians e deixar a fiel preocupada.

http://economia.ig.com.br/empresas/2013-04-30/apos-estadio-do-palmeiras-allianz-deve-virar-principal-seguradora-da-wtorre.html Após estádio do Palmeiras, Allianz deve virar principal seguradora da WTorre - Empresas - iG Após estádio do Palmeiras, Allianz deve virar principal seguradora da WTorre - Empresas - iG Construtora gasta cerca de R$ 2 bilhões por ano em seguros e grupo alemão, que investiu na arena do clube, passa a ser fornecedor preferencial economia.ig.com.br


Estou no Twitter A CASA DA FIEL: @celsoJadiel

_____________________________________________

Mais sobre a Arena Corinthians:

https://www.meutimao.com.br/forum-do-corinthians/bate-papo-da-torcida/276889/balada_na_luxuosa_e_espacosa_arena_corinthians Balada na luxuosa e espaçosa Arena Corinthians! A gestão da Arena Corinthians pretende em breve fazer baladas no local. Brevemente, será feita uma inaugural, apenas para empresários convidados. A casa da... meutimao.com.brmeutimao.com.br

2.527 visualizações e 57 respostas neste tópico

Avaliação do tópico:

Responder tópico

Últimas respostas

Luis Guedes #60 @lisca em 18/05/2016 às 09:44

Estão vendendo o FT, cadastro de torcedores, para um banco, com participação ainda na arrecadação do FT. Contrato parecido com a OMNI, cujos donos verdadeiros é um mistério...

Isso não é NR, que consiste em alugar ou ceder os direitos do uso do nome da Arena para promover uma marca.

São dois negócios diferentes e poderiam ser vendidos separadamente...

Difícil entender essas negociatas...

Publicidade

Herivaldo Camargo #973 @herivaldo em 17/05/2016 às 22:21

FT era pra ser uma renda importantíssima para o clube, a torcida do Corinthians faz acontecer! Mas devido a má gestão estão entregando ou vendendo algo inegociável!

André Anjos #13 @andre.anjoss em 17/05/2016 às 21:22

NR= não rola!

Heptasemfax O Primeiro #48 @anderson.kullowisky. em 17/05/2016 às 21:19

Boa analise!

Coluna Corinthia #155 @zizzo.bettega em 17/05/2016 às 21:05

Ele falava de pagar antes do programado como uma estratégia, para pagar menos juros, sofreria-se um pouco mais nos primeiros anos mas valeria a pena a médio prazo pois o clube teria em menos tempo toda a renda gerada pela Arena para montar times cada vez mais competitivos, o que atrairia cada vez mais público, aumentando cada vez mais a receita gerada pela Arena.

Celso Jadiel #54 @celso.1.primeiro em 17/05/2016 às 11:17

Em certos tipos e operação se faz isso, protocola o pedido e já para de pagar.

Tem que ver como é o regramento dos empréstimos junto ao BNDES

Giovani Mansani #350 @mr.gih em 17/05/2016 às 10:48

Se não me engano o Andrés nunca fez uma entrevista dessas sem ter certeza do que está falando, acho que agora é verdade...

Demorou porque é um contrato único no Brasil com mais de 700 páginas, valor de R$ 400 milhões e 20/ ano...

Flavio Timão #1.132 @fforrest em 17/05/2016 às 10:31

Mas a renda não é retida embaixo do colchão. Se aplicar este dinheiro por 1 ano antes de repassar para o BNDS vai render um bom dinheiro pras próximas parcelas.

Tadeu Patoja Braga #327 @azkaban em 17/05/2016 às 10:23

Pelo menos você sabe o que pedir ano de carência? E, além do mais, Corinthians está no direito dele. Pois todas arenas da copa tiveram 36 meses para começar a pagar o estádio.

Celso Jadiel #54 @celso.1.primeiro em 17/05/2016 às 10:20

Se venderem o NR, com adiantamento do valor e depois venderem os CIDS, quando parar a ação na justiça, a conta fecha com facilidade.