China - novo Eldorado de jogadores medianos

Fórum do Corinthians
Tópico popular Entenda as regras

Cristiano #1.762 @crispity em 24/02/2015 às 10:25

Equipes chinesas vieram ao Brasil e levaram os destaques de Cruzeiro (Everton Ribeiro e Ricardo Goulart), Grêmio (Barcos e Marcelo Moreno) e agora Jadson...

O que há por traz disso?

Não é novidade, assim como algum tempo atrás equipes da Ucrânia e da Rússia fizeram, e como sempre vemos jogadores indo para os mais variados países do Oriente Médio, agora há a China.

Em comum, todos estes mercados tem a dificuldade de trazer jogadores realmente de ponta, não por falta de dinheiro, mas porque os atletas de ponta não querem ir para lá). Assim apelam a jogadores brasileiros e eventualmente um ou outro africano de ponta em final de carreira (Eto, Drogba).

Por que os brasileiros entram na conta?

1 - Os salários oferecidos são muito elevados, similares a de atletas de ponta nas principais ligas europeias (de ponta, excluindo-se os 20/30 melhores do mundo). Equipes médias europeias não conseguem bater essas ofertas dos chineses.

2 - Atletas europeus não se submetem facilmente a sair de seus países (ou da organização das principais ligas e seus países) para se mudar para países em desenvolvimento como China, Índia, México ou Brasil, nem mesmo Rússia e Ucrânia), assim os chineses voltam seu canhão para os sul-americanos e africanos.

3 - Há atletas que vêem sua carreira com a ambição de fazer história no esporte, e há atletas que vêem a carreira 'apenas' com a ambição do dinheiro. Sem julgamento de valor, de dizer se está certo ou errado, mas a média do jogador brasileiro não pensa em fazer história, e pensa em fazer sua 'independência financeira 4 ou 5 vezes'. Obviamente há exceções, desde jogadores espetaculares como Neymar, até jogadores como Pato (que se recusa a jogar em ligas menores e só está no Brasil porque é brasileiro, e se recusa em jogar em equipes menores, e por isso o Timão ainda não conseguiu negociá-lo).

4 - Empresários ganham comissões mais gordas nas negociações com equipes fora do eixo europeu

5 - Jogadores brasileiros (assim como os clubes) são reféns de empresários. Muitos empresários fazem diversos empréstimos pessoais para clubes e atletas em troca de participação em contratos ou direitos econômicos (não estou afirmando que Jadson tivesse alguma situação como essa). Assim, quando surge a oportunidade de negociação, atletas vêem também como oportunidade de se livrar daquela dívida com o empresário, assim como os clubes.

No caso do Jadson some-se os seguintes aspectos:

1 - Jadson sabe de sua instabilidade e que isso pode levar a desvalorização de um próximo contrato

2 - Jadson sabe que na China ele joga até manco, sem a pressão de jogar no Timão

3 - o Corinthians nem pensou em discutir uma extensão de contrato com Jadson nesse momento, até porque se Lodeiro não tivesse saído e Tite não tivesse pedido para ele ficar, já teria sido negociado com o Flamengo

4 - Jadson tem 31 anos, improvável que tenha outra oportunidade de contrato tão vantajoso

5 - Certamente para o Corinthians é uma oportunidade de ouro de recuperar um pouco do investimento feito no Pato (Jadson veio em troca do empréstimo do Pato), ainda mais que daqui a 3 meses Jadson pode assinar um pré-contrato

6 - Em Dezembro desse ano dirigentes e torcida colocavam Jadson como jogador dispensável

7 - Jadson já passou 7 anos na Ucrânia, parece nào se incomodar com a distância da pátria amada

8 - Definitivamente Jadson não tem nenhuma ambição em servir a seleção

Resumo: negociação boa para todo mundo. Obrigado Jadson, especialmente pelo jogo memorável contra o SPFC na Libertadores. Boa sorte e fique rico. O Corinthians se virará bem sem ti, gratos pelos serviços prestados, mas em 2 anos ninguém lembrará muito de ti.

768 visualizações e 37 respostas neste tópico

Avaliação do tópico:

Responder tópico

Melhores respostas

Josiel Ferreira #155 @sou.corintiano em 24/02/2015 às 12:53

Esses jogadores vão tudo para a China, mas depois se arrepende e que voltar logo.

Tom Gomes #158 @t.o.m em 24/02/2015 às 12:18

Melhor Tópico sobre o assunto.

A única ressalva a esse assunto é o fato de termos pecado no planejamento e ficarmos sem um meia na equipe. Tomara que não, mas pode fazer falta no futuro.

Últimas respostas

Sergio Ricardo #43 @srpardo em 24/02/2015 às 18:06

Numa entrevista o conca disse que morar lá e muito difícil daqui esses mercenarios estaram loucos para voltar vocês vão ver

Publicidade

Eduardo Matos #1.631 @edmatos em 24/02/2015 às 15:14

China é o submundo do futebol!

José Roberto #829 @jose.roberto19 em 24/02/2015 às 15:07

Eu acho que o Jadson tá certíssimo em querer sair, se eu fosse jogador também iria preferir jogar onde me pagam melhor.O amor a camisa está morto.

Anderson Barbosa #2.013 @andersonbarbosa em 24/02/2015 às 15:02

Kkkk Mas não é difícil aprender mandarim? Se já é difícil aprender matemática, biologia, física, química, etc em português, imagina em mandarim! Kkkkk

Valter #277 @valterdias em 24/02/2015 às 12:38

" "

Que isso cara.

Lá a molecada com 10/11 anos já está fazendo cálculos complexos, a escola lá é integral. Ele iria te agradecer por isso. Kkkk

Allan Douglas Fernandes Borges #1.925 @allandfb em 24/02/2015 às 13:54

Sobre o resumo 'Resumo: negociação boa para todo mundo. Obrigado Jadson, especialmente pelo jogo memorável contra o SPFC na Libertadores. Boa sorte e fique rico. O Corinthians se virará bem sem ti, gratos pelos serviços prestados, mas em 2 anos ninguém lembrará muito de ti.'

'Boa sorte e fique rico'... Quanto milhões você acha que esse cara já ganhou na vida?

O Cara é rico a muito tempo...

Douglas Silva #934 @douglasnunes10 em 24/02/2015 às 13:45

Com o bolso cheio... E a cabeça vazia

Josiel #155 @sou.corintiano em 24/02/2015 às 12:53

" "

Esses jogadores vão tudo para a China, mas depois se arrepende e que voltar logo.

Josiel Ferreira #155 @sou.corintiano em 24/02/2015 às 12:53

Esses jogadores vão tudo para a China, mas depois se arrepende e que voltar logo.

Feh Chiarelli #1.886 @feh.chiarelli em 24/02/2015 às 12:51

Éverton Ribeiro foi para o Al Ahli, dos Emirados Árabes Unidos.

Gustavo Duron #1.286 @gustavo.oliveira81 em 24/02/2015 às 12:50

De maneira alguma amigo, seu post tá ótimo até positivei! Abraço

Cristiano #1762 @crispity em 24/02/2015 às 12:01

" "

Está certo, cometi um erro aí, mas não invalida o resto... Inclusive citei países árabes no mesmo grupo.

Valter Dias Ribeiro #277 @valterdias em 24/02/2015 às 12:48

Cristiano,

Você pode ter certeza de que mesmo recebendo 1 milhão por mês, com certeza o cara vai ter uma vida de rei. Os chineses já devem até saber aonde ele vai morar e isso deve ter chegado na mão do Jadson. Ele deve ter pensado para sair sim. Fora que os representantes deixam tudo ajeitado, eles não vivem só da comissão na transação, para beliscar 10% do salário do cara tem que ralar. O jogador hoje em dia não tem que se preocupar com nada!

Agora, os europeus já tem uma vida muito respeitada e não precisam disso. E ganhando acima da média como o jogador de futebol ganha é espetacular. Fora que ainda dá para mandar todo o $ para Luxemburgo ou Suíça e pagar o menor imposto possível. Eu vi a casa do Robinho em Milão e é brincadeira o padrão de vida que os caras levam lá.

Uma coisa é o cara se mudar para a China em um emprego civil qualquer, outra coisa é o cara ir jogar em um clube de futebol. É outro nível.

Lembre-se do Rivaldo no Uzbequistão que morava em um palácio.

Cristiano #1762 @crispity em 24/02/2015 às 12:36

" "

Então Valter, acho que não prestou atenção ao meu post.

- eu citei que FORA dos grandes centrais como Beijing, Hong Honk, Shanghai ou Shenzen a coisa é bem difícil

- eu citei que os EUROPEUS não se mudam para países periféricos (e citei que o Brasil é um país periférico!)

Por isso os chineses correm atrás de jogadores medianos sul-americanos ou africanos, com propostas que as grandes ligas da Europa nunca cobririam!