Intrigas, Traições e Conspirações na final da gestão de Mario Gobbi

Fórum do Corinthians
Tópico Lendário Entenda as regras

Delcio #5.328 @martino em 12/01/2015 às 12:01

A situação política caótica que por que vem passando o clube Corinthians nos leva a questionar qual a causa de tudo isso. Nós, corintianos, já estávamos desacostumados com essa rotina desordenada e comum a todos os clubes do Brasil.

Evidente que o culpado central é o senhor presidente dr. Mário Gobbi, que acreditou que o fluxo da excelente gestão de Andrés Sanchez seria suficiente para mantê-lo no topo dos excelentes administradores de futebol do mundo. Ledo engano suscitado pelas coquistas de título oriundas da gestão precedente. As conquistas deram folego e inflaram o ego do dr. Gobbi que passou a centralizar cada vez mais decisões e se achar o responsável por tudo de bom que acontecia no clube.

Dessa forma se isolou no trono e foi vendo um grupo de pessoas competentes abandonando o barco pois, já não podiam exercer suas funções com arbítrio outrora conquistados. Vaidade das vaidades, tudo é vaidade!

O grupo de situação já não reconhecia em Gobbi sua devoção aos princípios do grupo T.e R, antigamente tão alinhados.

Gobbi teve que remontar seu grupo de diretores e colaboradores para conseguir governar novamente. Perdeu o pujança dos tempos de Sanchez e se transformou uma administrador amador e pagador de continhas - esqueceu de olhar adiante, de conquistar espaços e passou a ser um reformador sem muita direção.

Diante do vacilo, da fraqueza e da falta de apoio até o São Paulo F.C, o clube de tenetes da Vila Sônia, ousou nos desafiar, nos gozar e zombar de nossas contratações (vide o exemplo patente de blefe no caso do jogador Dudu - se meteram e estragaram a negociação e expuseram o racha entre Andrés e Gobbi ainda mais). Gobbi, hoje, é mau visto por todos do clube: Ala de Sanchez, todas as alas de opositores, sócios, torcedores e jornalistas. Todos experimentaram sua inépcia em governar o maior clube de futebol do país.

No entanto, Gobbi, tem uma ferramenta poderosa em suas mãos - o poder de eleger seu sucessor. Explico: Na guerra de vaidades, a chamada ala de situação vai ficando queimada - dia após dia -com o vazamento de informações negativas ventilada por Gobbi e seus sequazes. As negociações pela ala que já se entende eleita afrontam o orgulho de Gobbi e as pessoas que estão no poder hoje. O Gobbi então começa a desautorizar todos os negócios encaminhados pela ala de situação e como justificativa expõe duramente e publicamente a situação do econômica do clube como justificativa da negação.

De um modo ou de outro, Gobbi ajuda as alas de oposição e se vinga de Andrés. Explico: A ala da situação expôs as fraquezas administrativas de Gobbi publicamente, tomando o leme das negociação nesse finzinho de mandato, abandonando o presidente no meio do caminho e justificando a ação por culpa do mandatário e etc.

Hoje somos surpreendidos com a veiculação da notícia da união das alas opositoras em uma só chapa para disputar com a outra ala de situação. Tomando a máxima: 'muito ajuda quem não atrapalha'; devemos concluir que o maior cabo eleitoral da oposição é o presidente de situação, o dr. Mario Gobbi? Resta saber se propositadamente ou sem querer. Será que teremos a resposta em breve?

5.918 visualizações e 102 respostas neste tópico

Avaliação do tópico:

Responder tópico

Melhores respostas

Luis Guedes #72 @lisca em 12/01/2015 às 12:36

Muito boa sua análise. É pra pensar mesmo quem apoia quem. O Gobbi está claramente descontente com o grupo do Andrés por terem abandonado o barco e ficarem criticando de fora a sua direção. Muita coisa estava errada e isso foi o motivo do afastamento do Rosenberg, o grande mentor do marketing, do plano que trouxe o fenômeno, do estádio.Ele tem muitas ideias, pensa grande, é muito respeitado no mercado e trouxe respeito ao clube. Com a saída dele as coisas desandaram, no marketing, projeto Arena, patrocínios... A cabeça pensante de todos que estão no clube chama-se Rosenberg. Quem tiver ele do lado terá a melhor chapa para o SCCP. Vamos aguardar e torcer pelo melhor para o nosso Corinthians!

Felipe Souza #5.538 @felipesouza em 12/01/2015 às 12:26

Concordo com cada raciocínio e conclusão que você expos no texto.

Os dias de Mário Gobbi estão a terminar e seu sucessor vai carregar o peso da má administração deste.

Aposto e creio que é a hora do Citadini dia 7 de fevereiro, por seu fanatismo e inteligência que sempre demonstrou em suas declarações, unidas com as habilidades de Marketing já provadas do Rosemberg.

Últimas respostas

Samuel Henrique Sena Ferreira #6.554 @samsenafiel em 13/01/2015 às 14:32

Isso só o tempo dirá

Publicidade

Jorge Nadersssss #494 @jorgenadersss em 13/01/2015 às 14:07

Cada um tem a sua opinião, respeite a minha e eu respeito a sua.

Sou uma pessoa instruída que pensa, e decido.

All #69 @all.colatra em 13/01/2015 às 12:54

" "

Não existe dirigente de futebol que não seja rico, até porque eles tem que abandonar suas carreiras para se dedicar ao clube sem remuneração alguma.

Acho que o Andrés foi o melhor presidente da história do Corinthians, mas ele esta longe de ser santo, pelo contrário, consegue muitas coisas na base da politicagem, e dentro do clube quer mandar em tudo mesmo não tendo nenhum cargo, quer mandar mais até que o presidente que ele mesmo colocou lá, aí já é demais, esse rompimento dentro da chapa da situação só atrapalhou o Corinthians, e o Andrés teve grande participação nisso.

All Colatra #69 @all.colatra em 13/01/2015 às 12:54

Não existe dirigente de futebol que não seja rico, até porque eles tem que abandonar suas carreiras para se dedicar ao clube sem remuneração alguma.

Acho que o Andrés foi o melhor presidente da história do Corinthians, mas ele esta longe de ser santo, pelo contrário, consegue muitas coisas na base da politicagem, e dentro do clube quer mandar em tudo mesmo não tendo nenhum cargo, quer mandar mais até que o presidente que ele mesmo colocou lá, aí já é demais, esse rompimento dentro da chapa da situação só atrapalhou o Corinthians, e o Andrés teve grande participação nisso.

jorge #494 @jorgenadersss em 12/01/2015 às 21:03

" "

Acho que não é o caso do andrés, ele faz por acreditar como deve ser feito, e não por poder. Visto que vai ganhar cerca de 25 mil por mês durante 4 anos fora os por por fora. 18 salários telefones carros, além de ser rico ou bem de vida e não precisar.

Genival Crisostomo De Souza #603 @sccpf em 13/01/2015 às 10:08

Ô Carlos não seja ingrato.

Todos temos erros e acertos.

Mais o Andréz acertou muito não?

Carlos #1630 @campeaolibertinvicto em 12/01/2015 às 20:24

" "

Até que enfim um comentário sensato. Falou tudo. Quanto aos impostos quem deveria pagar seriam os responsáveis, ou seja Andrès e sua diretoria e NÃO o Corinthians. As únicas coisas que dão cadeia no Brasil são: pensão alimenticia e sonegação de impostos. Ai eles retiraram dinheiro do Corinthians pra safar-se da prisão. Ainda tem um monte de baba-ovo que fica (sic) 'aplaudindo tudo que o Andres faz e estendendo o tapete vermelho pra ele passar'. Tô desconfiado que é tudo cobra-mandada.

Genival Crisostomo De Souza #603 @sccpf em 13/01/2015 às 09:40

Sou sócio do clube desde 1977 e votei no Andréz duas vezes, quando se falou que o Gobbi seria candidato o clube inteiro queria saber quem era esse sr. A grita foi geral só se sabia que ele era um delegado, e nunca tinha feito nada pelo clube, a reclamação maior é que o Andréz apoiou deixando de apoiar pessoas mais CORINTHIANS é o que rola no clube desde sempre.

E MUITA GENTE MUDOU DE LADO DESDE AQUELA ÉPOCA.

Gustavo Rodrigues Marchiori #7.962 @gustavo.rodrigues.ma em 13/01/2015 às 08:26

Voto no citadini com certeza! Para quem não sabe e vê apenas o lado 'engraçado' dele, o cara é conselheiro do tribunal de contas do estado de São Paulo. Aliás, um dos mais respeitados! Querem alguém para acertar a gestão financeira do Corinthians e melhorar o marketing? Coloquem citadini/rosemberg lá!

Felipe Queiroga #803 @felipequeiroga em 13/01/2015 às 07:44

Sinceramente, acho que a oposição ganhar uma vez será saudável para o clube.

Daqui a pouco alguns começam a achar que são 'deuses' e que tudo o que fazem está correto.

Não vamos nos esquecer que Dualib em seu começo de gestão foi muito bem, assim como o Juvenal Juvêncio, pelos bambis.

E se for para a oposição ganhar, prefiro que o presidente seja o Citadini, que tem o apoio do Rosemberg.

Se o Citadini é cria do Dualib, o Andrés Sanchez também era.

Rogerio Gp #329 @rogerio.gp em 13/01/2015 às 07:36

Quem será que é a culpa ><

Nilson Matheus Kawakami #199 @nilsonjp em 13/01/2015 às 01:46

Fanatismo do citadini é somente em época de eleição, rosemberg coitado é um chorao desprezado abandonou seu cargo de vice, pra fazer birrinha e cudoce, Não me agrada o candidato da situação, porem rechasso a oposição que só temn abutres, igual os irmaos Garcias!

Felipe #5538 @felipesouza em 12/01/2015 às 12:26

" "

Concordo com cada raciocínio e conclusão que você expos no texto.

Os dias de Mário Gobbi estão a terminar e seu sucessor vai carregar o peso da má administração deste.

Aposto e creio que é a hora do Citadini dia 7 de fevereiro, por seu fanatismo e inteligência que sempre demonstrou em suas declarações, unidas com as habilidades de Marketing já provadas do Rosemberg.

Pedro Rafael M Do Nascimento #1.232 @corinthianoteresina em 13/01/2015 às 00:33

Torço para qualquer um candidato da oposição ganhar, é preciso neste momento de turbulência administrativa que passa o Corinthians uma gestão com visão diferente da que ai estar, para dar uma oxigenada e se for o caso reparar os danos, e o principal, recolocar o Corinthians no topo que é o seu devido lugar.