Precisamos conversar sobre a Klar, Corinthians

Fórum do Corinthians
Tópico Épico Entenda as regras

Cicero #8.381 @cicero em 08/12/2015 às 18:14

Uma temporada como a que o Corinthians fez em 2015 é difícil de se ver. Um desempenho acima da média que, naturalmente, atrai empresas - e o dinheiro delas. É o caminho natural e o Corinthians tem, de certa forma, aprendido a capitalizar o sucesso obtido dentro de campo.

Talvez por isso, não chamou muita atenção o anúncio, no último dia 2, da nova patrocinadora do Corinthians para 2016 e 2017 - a Klar, empresa com atuação no comércio de limpeza. Segundo a nota oficial do clube, a Klar é uma marca de outra empresa, a Tabor Chemicals, que por sua vez é parte da Holding GLAIC, um conglomerado de empresas de vários segmentos, como Petróleo & Gás, Agricultura, Papel e Celulose, Tintas e Vernizes, Construção Civil e Esporte.

Não será a primeira vez que uma empresa relativamente desconhecida se utiliza de um acordo de patrocínio com o Corinthians para alavancar seu nome no mercado. Um exemplo muito recente é o da Iveco, marca de caminhões da Fiat, que em 2012 ocupou o patrocínio master da nossa camisa e viu sua notoriedade explodir em poucos meses. Foi divulgado recentemente até um vídeo sobre o assunto:

O que quero dizer é que seria compreensível, para uma marca, se lançar no mercado apoiada em uma parceria com o Corinthians, cuja torcida possui um potencial de consumo acima da média. É um investimento que vale a pena, que pode compensar - se a parceria for bem explorada. Tanto que, à primeira vista, não vi empecilhos nesse patrocínio.

Só que o presidente da Klar começou a falar. E nos últimos dias, ele tem falado demais: em poucos dias, o senhor Marcelo Prado fez as seguintes declarações (extraídas de matérias do Meu Timão, Globo Esporte e Gazeta Esportiva):

1 - Revelou que o valor do contrato de patrocínio é variável, mas que pode, em 2018, ultrapassar a marca de US$ 20 milhões (R$ 80 milhões). E sem exigir um espaço específico na camisa, pois essa decisão é do clube - pode ser manga, omoplata, meião. Vale lembrar que hoje, por exemplo, a Caixa paga R$ 31 milhões no espaço nobre da camisa. Enfim.

2 - Indicou que pretende contratar um reforço 'internacional top' para o Corinthians, de um país cuja seleção esteve nas semifinais da última Copa do Mundo (ou seja, Argentina, Alemanha ou Holanda). Segundo ele, a família está dificultando a transferência.

3 - Afirmou que a Klar enviou ao Corinthians uma proposta para a compra dos naming rights da Arena, nos termos exigidos pelo clube - ou seja, cerca de R$ 400 milhões em 20 anos de contrato. Deu a entender, ainda, que sabe quais são as outras empresas concorrentes, dizendo ainda que sua proposta corre por fora.

A despeito do deslumbramento geral com as promessas do novo parceiro do nosso Corinthians, sempre tem aquele grupo mais atento de corinthianos que quer saber mais. Tive a sorte de encontrar alguns desses torcedores em um grupo de Facebook, a Barbearia Battaglia. E o debate que se sucedeu ali, hoje de madrugada, me preocupou. E acho que deveria preocupar vocês também, por isso estou escrevendo esse texto. Mas antes, vamos aos fatos.

Os fatos 1 - A Klar não é uma empresa de capital aberto. Ela tem dono, e seu dono é um nicaraguense radicado no Brasil, chamado Miguel Angel Larios Perez. Segundo matéria da Esporte Final, ele chegou ao Brasil na década de 1970, se especializou em Engenharia Química e hoje possui uma série de empresas no Rio de Janeiro;
2 - Em 2004, Miguel Larios fundou no RJ em time de futebol, o Esporte Clube Poland do Brasil. Por acaso, esse é o nome de uma das empresas dele, a Poland Química (guarde esse nome). Mas em 2005, o clube muda de nome, para Tigres do Brasil, e graças a muito investimento, conquista duas Copas Rio (2005 e 2009) e o acesso à elite carioca, nessa temporada. Especula-se que o CT da equipe é o mais moderno do estado, e que foram gastos mais de R$ 20 milhões só na reforma do Estádio De Los Larios (sim, o estádio leva o nome da família).

3 - No último dia 22 de outubro, foi anunciada uma parceria entre Corinthians e Tigres. O Corinthians cederá atletas para o clube carioca, e em troca terá prioridade na compra de promessas que por lá surgirem. Quem representou o Tigres na coletiva foi o seu diretor-executivo, Washington Reis. Por acaso, Reis é deputado federal (PMDB/RJ), assim como nosso superintendente, Andrés Sanchez (PT/SP). Mas isso certamente é uma coincidência.

4 - Mais ou menos 40 dias depois do anúncio dessa parceria, surge a notícia do patrocínio da Klar no Corinthians. No dia do anúncio, tudo que se sabia sobre a Klar era que a empresa tinha um site na Internet e uma fanpage no Facebook com menos de 100 curtidas (hoje já são mais de 5200). Tratou-se de um negócio rápido o suficiente para já ser concretizado na partida final do Brasileirão, contra o Avaí, no último dia 6. O resto, já comentei lá em cima: declarações sobre reforço top, rios de dinheiro, naming rights, etc.

O que preocupa a todos não é a história em si, e suas conexões não tão aparentes. O que preocupa é o que NÃO está sendo contado. Os furos. Vamos a eles:

Problema 1 Existem, hoje na Receita, 77 registros para 'Klar' na busca de CNPJ. Apenas dois apontam para empresas relacionadas ao segmento de produtos de limpeza. Amras as empresas já foram encerradas, uma em 1994 e outra esse ano. Veja abaixo:

Problema 2 A Tabor Chemicals possui um CNPJ ativo na Receita, desde março de 2014. E só. Não tem fanpage, site na Internet, nenhuma referência além disso. Ah, e curiosamente, a empresa funciona no mesmo endereço da Poland Química (lembram dela? ). Mesma rua, mesmo lote, e dividem a mesma quadra. Confira: Problema 3 Sobre a Holding GLAIC, o maior mistério: não foi encontrada NENHUMA referência ou informação na Internet. Absolutamente nada. A única coisa que se encontra, fazendo uma pesquisa, são as referências feitas pelo release do Corinthians - e vastamente replicados na mídia.

Cometi a ousadia de procurar a Klar pelos seus canais de comunicação (o site e a fanpage). Apesar de não esperar qualquer tipo de resposta, decidi fazer a eles, muito respeitosamente, as seguintes perguntas:

1 - Existe um CNPJ cadastrado para a Klar Comércio de Produtos de Limpeza, de número 18.066.896/0001-77, e que se encontra baixado, ou seja, encerrado. Sob qual CNPJ a Klar atualmente trabalha? 2 - O release do Corinthians, sobre a parceria, mostra que a Klar é uma marca do grupo Tabor Chemicals, cuja matriz possui o CNPJ 20.182.490/0001-00. Esse CNPJ está correto? 3 - Não encontrei, mesmo após longa pesquisa, nenhum site, página ou matéria a respeito da Tabor Chemicals. Qual o motivo de não existir referências sobre a empresa, na Internet? 4 - A Tabor Chemicals informou à Receita Federal um endereço onde também funciona, segundo dados da própria Receita, a Poland Química. As duas empresas dividem o mesmo endereço? 5 - O release do Corinthians, já citado anteriormente, também revela que a Tabor Chemicals é, na verdade, uma empresa que faz parte de uma holding chamada GLAIC. Porém, também não foi encontrada absolutamente nenhuma referência à Holding GLAIC na Internet. O que significa GLAIC e onde é possível encontrar mais informações sobre a companhia? 6 - O presidente da Klar, Marcelo Prado, teria admitido publicamente que existe uma proposta da empresa para adquirir os naming rights da Arena Corinthians. Essa proposta é real? 7 - Também foram veiculadas informações sobre o interesse da Klar de investir até US$ 20 milhões em contratação de atletas e outros segmentos do clube. Esse interesse é real? 8 - Qual foi o faturamento da Klar e da Tabor Chemicals no último ano fiscal? 9 - Uma empresa aberta há menos de dois anos possui lastro para um investimento do porte que é pretendido pela Klar, de acordo com o que vem sendo veiculado na imprensa? 10 - O acordo de patrocínio da Klar foi oficializado aproximadamente um mês depois de o Corinthians firmar parceria com o clube carioca Tigres do Brasil, cujo dono é Miguel Angel Larios Perez. O que explica o aumento tão rápido no nível de relacionamento entre Larios e Corinthians, para que tantos acordos fossem cogitados e/ou negociados? 11 - Atualmente, o Tigres do Brasil possui 11 patrocinadores diferentes para manter o projeto de futebol saudável financeiramente. Por que razão isso ocorre, se a Klar possui tanto dinheiro para investir em esporte, a ponto de cogitar adquirir os NR's da Arena Corinthians? Considerações Finais Me preocupa muito essa negociação. Esse grupo, formado por Klar / Tabor Chemicals / Holding GLAIC, tem muito poucas referências na...

2.243 visualizações e 84 respostas neste tópico

Avaliação do tópico:

Responder tópico

Melhores respostas

Willian Vasconcelos #5.763 @willian.vasconcelos em 08/12/2015 às 21:18

Bom tópico, mas algumas coisas são questionáveis:

1 - Klar é uma marca e não necessariamente registra-se um Cnpj com nome da marca. É até incomum isso hoje em dia. Tabor Chemicals é o nome fantasia e, mesmo assim, não necessariamente também estará registrado na Razão Social Tabor Chemicals Ltda.

2 - A marca tem site, anúncio de produtos, forma de contato etc. Não vejo nada irregular até aí, inclusive achi que seja uma marca nova no Brasil e resolveu aproveitar o Corinthians como vitrine, exemplo o que fez a LG com o Spfw, alguém a conhecia antes?

3- O dinheiro desta empresa e seu dono pode vir de várias fontes distintas e isso não é da conta de ninguém, só dele e da receita, que se em 40 anos não fez nada ao cara, deve ser porque não há nada a fazer mesmo.

4 - Nr, acho blefe, apenas para forçar as outras 2 a fecharem logo.

Jorge Nadersssss #570 @jorgenadersss em 09/12/2015 às 09:26

Eu pergunto, o cicero pegou esse texto do juca kfouri que tem ódio de toda a diretoria do Corinthians, que pegou esse texto de um cara chamado.

Daniel keppler.

Quem é daniel keppler?

Obs. Meu vizinho chama sidney, se ele fizer um texto assim do Corinthians todos vamos aceitar?

Não seria melhor o juca colocar quem é esse sujeito. Onde trabalha, é gabaritado para escrever um texto assim com acusações?

Ou será que está começando um nova msi, com acusações, ministério público, juízes investigando?

E para acabar, o kia indo embora para a Europa ser um grande empresario até hoje e a justiça brasileira depois de 4 ou 5 anos o absolver em todo o territorio nacional, e como prova disso, o mês passado ele jantando com andrés e o pato.

Acho que existe corinthianos piores e mais perigosos que até os adversários nosso. Pois esses tem respeito.

Últimas respostas

Heptasemfax O Primeiro #51 @anderson.kullowisky. em 15/12/2015 às 15:37

Obrigado! Você realmente é muito inteligente...Me negativou porque estou tentando ajudar o menino que colocou foto de perfil verde.

Parabéns!

renato #11027 @beowulf em 08/12/2015 às 19:37

" "

Cícero, boa noite. Muito bons, o seu texto e a sua análise. Muitos profissionais da crônica esportiva são incapazes de fazer alguma coisa parecida. Onde é que a gente assina?

Publicidade

Pedro Paulo Machado Do Amaral #778 @pedro1991 em 09/12/2015 às 16:34

O que me parece estranho é que 'dizem' que o contrato seria renovado apenas com a reeleição do atual grupo. A impressão é que a Klar assino com a gestão do Corinthians e não com o Corinthians.

Agora uma coisa tem que ser falado também, nunca ninguém investigo a empresa, foi só assinar com o Corinthians que a empresa é cheia de problemas. E viva aos oportunistas de plantão.

Leonardo Ribeiro De Novaes #100 @leonardo.ribeiro.de. em 09/12/2015 às 16:28

Mais é sempre assim mesmo cara, somos o que da notícia, então tudo que tiver relacionado ao Corinthians é supervalorizado.

jorge #570 @jorgenadersss em 09/12/2015 às 16:19

" "

Concordo, tudo deve ser apurado, mas o que eu fico muitas vezes indignado, que o peso desses denuncias contra o Corinthians, e contra o Palmeiras todo o mundo da mídia acha lindo.

Jorge Nadersssss #570 @jorgenadersss em 09/12/2015 às 16:19

Concordo, tudo deve ser apurado, mas o que eu fico muitas vezes indignado, que o peso desses denuncias contra o Corinthians, e contra o Palmeiras todo o mundo da mídia acha lindo.

Leonardo #100 @leonardo.ribeiro.de. em 09/12/2015 às 14:04

" "

Eu li essa matéria também. Pelo que parece essa discussão surgiu em um fórum do Corinthians onde muitos vinham debatendo sobre essa Klar, e o rapaz resolveu pesquisar, eai vem todo o resto...

Quem ele é não sei, se é bom jornalista/reporter muito menos, sei que não da pra se descartar tudo o que foi escrito, inclusive com algumas provas...

Leonardo Ribeiro De Novaes #100 @leonardo.ribeiro.de. em 09/12/2015 às 14:04

Eu li essa matéria também. Pelo que parece essa discussão surgiu em um fórum do Corinthians onde muitos vinham debatendo sobre essa Klar, e o rapaz resolveu pesquisar, eai vem todo o resto...

Quem ele é não sei, se é bom jornalista/reporter muito menos, sei que não da pra se descartar tudo o que foi escrito, inclusive com algumas provas...

jorge #570 @jorgenadersss em 09/12/2015 às 09:26

" "

Eu pergunto, o cicero pegou esse texto do juca kfouri que tem ódio de toda a diretoria do Corinthians, que pegou esse texto de um cara chamado.

Daniel keppler.

Quem é daniel keppler?

Obs. Meu vizinho chama sidney, se ele fizer um texto assim do Corinthians todos vamos aceitar?

Não seria melhor o juca colocar quem é esse sujeito. Onde trabalha, é gabaritado para escrever um texto assim com acusações?

Ou será que está começando um nova msi, com acusações, ministério público, juízes investigando?

E para acabar, o kia indo embora para a Europa ser um grande empresario até hoje e a justiça brasileira depois de 4 ou 5 anos o absolver em todo o territorio nacional, e como prova disso, o mês passado ele jantando com andrés e o pato.

Acho que existe corinthianos piores e mais perigosos que até os adversários nosso. Pois esses tem respeito.

Tobogã Do Pacaembú #994 @portao23 em 09/12/2015 às 13:33

Certo, mas o crédito que eu dei é exatamente de quem escreveu e não de quem deu copy/paste.

Sem contar que no texto original tem provas também.

Cuidado com a empolgação cara. A gente costuma dar atenção somente às notícias boas.

Você acha que eu não quero que isso dê certo? Claro que sim, mas o tempo dirá quem são esses caras da Klar.

marcos #944 @marcos em 09/12/2015 às 09:11

" "

Crédito damos para pessoa idôneas que provas fundamentadas e não para uma pessoa que copia e cola reportagem na internet!;

Rafael #1.417 @rpereira em 09/12/2015 às 11:07

1- Klar não é uma empresa, mas a marca de uma empresa do setor químico que está entrando agora no mercado de limpeza

2- A empresa de verdade é a Poland Química, ou Pi-chem, http://www.polandquimica.com/contenido.cfm?C050FAD9 , fundada em 1994 e que lida com petróleo e derivados.

3- A Poland abriu a Tabor Chemicals (nome real da klar) para entrar no mercado de produtos de limpeza.

3- A empresa já existe há mais de 20 anos. Apenas está entrando em um ramo novo e, por isso, precisa investir em marketing para divulgar sua nova marca.

4- ou seja... Está rolando uma confusão entre a Klar, que é uma marca nova, em vias de lançamento, e por isso desconhecida; sua proprietária, que é a poland, empresa que existe de verdade e que parece ser sólida; e a Tabor Chemicals, que é a empresa subsidiária da Poland para gerir a marca klar.

Ou seja... Não há problema algum... Parem de procurar pelo em ovo.

Luiz Henrique #1.931 @gabriella.luiz.henri em 09/12/2015 às 10:54

Você foi perfeito

Willian #5763 @willian.vasconcelos em 08/12/2015 às 21:18

" "

Bom tópico, mas algumas coisas são questionáveis:

1 - Klar é uma marca e não necessariamente registra-se um Cnpj com nome da marca. É até incomum isso hoje em dia. Tabor Chemicals é o nome fantasia e, mesmo assim, não necessariamente também estará registrado na Razão Social Tabor Chemicals Ltda.

2 - A marca tem site, anúncio de produtos, forma de contato etc. Não vejo nada irregular até aí, inclusive achi que seja uma marca nova no Brasil e resolveu aproveitar o Corinthians como vitrine, exemplo o que fez a LG com o Spfw, alguém a conhecia antes?

3- O dinheiro desta empresa e seu dono pode vir de várias fontes distintas e isso não é da conta de ninguém, só dele e da receita, que se em 40 anos não fez nada ao cara, deve ser porque não há nada a fazer mesmo.

4 - Nr, acho blefe, apenas para forçar as outras 2 a fecharem logo.

Thiago Jorge #655 @thiagojorge em 09/12/2015 às 09:43

Agora surgem os Sherlocks da imprensa.

É só alguém se interessar em patrocinar o Corinthians que vira ALVO DE INVESTIGAÇÃO no ato.

Lamentável.

Jorge Nadersssss #570 @jorgenadersss em 09/12/2015 às 09:26

Eu pergunto, o cicero pegou esse texto do juca kfouri que tem ódio de toda a diretoria do Corinthians, que pegou esse texto de um cara chamado.

Daniel keppler.

Quem é daniel keppler?

Obs. Meu vizinho chama sidney, se ele fizer um texto assim do Corinthians todos vamos aceitar?

Não seria melhor o juca colocar quem é esse sujeito. Onde trabalha, é gabaritado para escrever um texto assim com acusações?

Ou será que está começando um nova msi, com acusações, ministério público, juízes investigando?

E para acabar, o kia indo embora para a Europa ser um grande empresario até hoje e a justiça brasileira depois de 4 ou 5 anos o absolver em todo o territorio nacional, e como prova disso, o mês passado ele jantando com andrés e o pato.

Acho que existe corinthianos piores e mais perigosos que até os adversários nosso. Pois esses tem respeito.