Nova prova fortalece pedido de impeachment de presidente do Corinthians

Fórum do Corinthians
Tópico popular Entenda as regras

Dan @dan.araujo em 15/02/2017 às 10:48

Tá CHEGANDO A HORA!

O pedido de impeachment do presidente do Corinthians, Roberto de Andrade, ganhou mais peso após confirmação de outra acusação relacionada ao processo que pede a sua saída.

O mandatário teria sonegado vistas aos contratos com a empresa OMNI relacionados à exploração de estacionamento na Arena Corinthians.

Conselheiros a favor do impeachment de Andrade apontam que a negativa em exibir os documentos constitui motivo para destituição do presidente, por configurar não-divulgação de informações de gestão e descumprimento estatutário (art. 111, ''12''), além de descumprir as regras do Profut.

A entrega do pedido foi protocolado no conselho deliberativo no dia 1 de novembro de 2016, encaminhado à secretária do presidente do clube, que o enviou a Andrade. A informação foi confirmada nos últimos dias pelo presidente do conselho deliberativo, Guilherme Strenger, segundo correspondência trocada com um conselheiro, à qual o blog teve acesso:

''Informo a V.Senhoria que o requerimento em questão, dirigido à ''Diretoria do Sport Club Corinthians Paulista'', foi protocolado junto ao Conselho Deliberativo, no dia 01 de novembro de 2016. No mesmo dia, a secretária do Conselho Deliberativo, [nome da secretária], entregou o requerimento a secretária do Presidente Roberto de Andrade, [nome da secretária], que o enviou ao Dr. Alberto Bussab, bem como ao presidente do SCCP.''

A comprovação do pedido é relevante porque a defesa de Andrade informa que ''com referência à argumentação da não-exibição a conselheiros de documentos e/ou contratos por parte da diretoria, alegada no pedido inicial, além de não ter sido comprovada, não enseja o afastamento…''

O relatório do comitê de ética, responsável pelo parecer sobre o impeachment, também havia negado o recebimento do pedido:

''Não se tem notícia do destino de tal requerimento após seu protocolo. Não se sabe se foi efetivamente encaminhado à Diretoria. Se foi, não se sabe se passou por algum departamento ou se foi direto à Presidência. Enfim, não se sabe nem sequer se chegou ao conhecimento do Representado'', afirma o relatório. ''Para os signatários, essa circunstância põe uma pá de cal no assunto.''

Na sequência, o relatório do comitê de ética reitera o desconhecimento da parte de Andrade do requerimento. ''… sem que haja evidências de que o destinatário tenha conhecimento da ordem''.

O pedido de impeachment se fundamente, principalmente, pela assinatura de Andrade em um documento, como presidente do clube, feita dois antes de assumir o cargo.

O caso será julgado no próximo dia 20.

Procurados pelo blog, o presidente do Corinthians, Roberto Andrade, e o presidente do Conselho Deliberativo do clube, Guilherme Strenger, não se manifestaram até a publicação do post.

Fonte: Uol

790 visualizações e 30 respostas neste tópico

Avaliação do tópico:

Responder tópico

Melhor resposta

Claudio Rissi @migo.pr em 15/02/2017 às 12:41

O caso da OMNI é motivo suficiente para destituir todo o grupo envolvido, começando pelo Andrés.

Últimas respostas

Walter Magal @walter.magal em 15/02/2017 às 13:46

O impeachment seria um começo, mas na realidade precisa de muito mais, tem muita gente que tem que cair fora do Clube, precisamos de gente nova e determinada, com conhecimento em saber administrar um gigante como o Corinthians, chega de amadores, hoje vivemos um mundo do futebol diferente, hoje tem que ser gerido como uma empresa e no caso o Corinthians é uma Multinacional pelo seu tamanho.

Publicidade

Sandra Lima @sandra.lima4 em 15/02/2017 às 13:37

Que ele vaze do Corinthians.

E possamos ter novas eleições.

Oilson Amorim Dos Reis @reyes em 15/02/2017 às 13:33

Fora Desmanche de Andrade!

Philippe Dutra @phil.dutra em 15/02/2017 às 12:59

Que demora gigante esse processo.

Kaeddy Carlos Targa @kaeddy.carlos.targa em 15/02/2017 às 12:44

Não vai ter

Claudio Rissi @migo.pr em 15/02/2017 às 12:41

O caso da OMNI é motivo suficiente para destituir todo o grupo envolvido, começando pelo Andrés.

Skull Sccp @skull em 15/02/2017 às 12:27

Só quero ver o trio lorota longe do Corinthians:da

Nova, Adauto e Alessandro nunes

Rafael B De Mello Jr @jr777 em 15/02/2017 às 12:25

Gostaria muito de ver o Roberto também o Flavio e Alessandro fora do Corinthians motivado por impeachment, demissão ou renúncia não importa a motivação mas que deixassem o clube.

O único porém e bota porém é que André Negão denunciado na Lava Jato assumiria o cargo por quanto tempo?

Vocês conseguem imaginar Andrés de volta? Outro denunciado.

Outra alternativa não sei se melhor ou pior a família Garcia assumindo o poder não podemos esquecer eles fazem do clube há muito tempo de caixa 1 2 sei lá os imbróglios.

Resumo dessa opera estamos nós torcida muito muito mal pagos tudo esta dominado por pessoas da pior espécie e origem.

Abraços

Carlos Eduardo Eugenio Dos Santos @carlaofiel em 15/02/2017 às 12:12

Fonte UOL!

Só rindo mesmo.

Eu não sou defensor do Roberto, pelo contrario sou critico ferrenho, mas alguns fatos me incomodam, sabem quem esta por trásde todos os pedidos de impeachement? Omar Stabile, um conselheiro que é mal visto tanto por situação quanto por oposicao. É muita gente jogando contra o próprio time.

Bruno Japa @brunosaito em 15/02/2017 às 12:10

André Negão que assume, outro tranqueira.

Mas é aquilo, se colocar um diretor sério, perto de Adauto e Alessandro já vai ser lucro.