Nova prova fortalece pedido de impeachment de presidente do Corinthians

Fórum do Corinthians
Tópico popular Entenda as regras

Dan #6.303 @dan.araujo em 15/02/2017 às 10:48

Tá CHEGANDO A HORA!

O pedido de impeachment do presidente do Corinthians, Roberto de Andrade, ganhou mais peso após confirmação de outra acusação relacionada ao processo que pede a sua saída.

O mandatário teria sonegado vistas aos contratos com a empresa Omni relacionados à exploração de estacionamento na Arena Corinthians.

Conselheiros a favor do impeachment de Andrade apontam que a negativa em exibir os documentos constitui motivo para destituição do presidente, por configurar não-divulgação de informações de gestão e descumprimento estatutário (art. 111, ''12''), além de descumprir as regras do Profut.

A entrega do pedido foi protocolado no conselho deliberativo no dia 1 de novembro de 2016, encaminhado à secretária do presidente do clube, que o enviou a Andrade. A informação foi confirmada nos últimos dias pelo presidente do conselho deliberativo, Guilherme Strenger, segundo correspondência trocada com um conselheiro, à qual o blog teve acesso:

''Informo a V.Senhoria que o requerimento em questão, dirigido à ''Diretoria do Sport Club Corinthians Paulista'', foi protocolado junto ao Conselho Deliberativo, no dia 01 de novembro de 2016. No mesmo dia, a secretária do Conselho Deliberativo, [nome da secretária], entregou o requerimento a secretária do Presidente Roberto de Andrade, [nome da secretária], que o enviou ao Dr. Alberto Bussab, bem como ao presidente do SCCP.''

A comprovação do pedido é relevante porque a defesa de Andrade informa que ''com referência à argumentação da não-exibição a conselheiros de documentos e/ou contratos por parte da diretoria, alegada no pedido inicial, além de não ter sido comprovada, não enseja o afastamento…''

O relatório do comitê de ética, responsável pelo parecer sobre o impeachment, também havia negado o recebimento do pedido:

''Não se tem notícia do destino de tal requerimento após seu protocolo. Não se sabe se foi efetivamente encaminhado à Diretoria. Se foi, não se sabe se passou por algum departamento ou se foi direto à Presidência. Enfim, não se sabe nem sequer se chegou ao conhecimento do Representado'', afirma o relatório. ''Para os signatários, essa circunstância põe uma pá de cal no assunto.''

Na sequência, o relatório do comitê de ética reitera o desconhecimento da parte de Andrade do requerimento. ''… sem que haja evidências de que o destinatário tenha conhecimento da ordem''.

O pedido de impeachment se fundamente, principalmente, pela assinatura de Andrade em um documento, como presidente do clube, feita dois antes de assumir o cargo.

O caso será julgado no próximo dia 20.

Procurados pelo blog, o presidente do Corinthians, Roberto Andrade, e o presidente do Conselho Deliberativo do clube, Guilherme Strenger, não se manifestaram até a publicação do post.

Fonte: Uol

790 visualizações e 30 respostas neste tópico

Avaliação do tópico:

Responder tópico

Melhor resposta

Claudio Rissi #23 @migo.pr em 15/02/2017 às 12:41

O caso da OMNI é motivo suficiente para destituir todo o grupo envolvido, começando pelo Andrés.

Últimas respostas

Leonardo C #1.913 @leonardo27 em 15/02/2017 às 14:12

Não. Se o presidente for destituído, o vice tem um prazo de 30 dias para convocar novas eleições para que o novo eleito fique no cargo até o final do triênio vigente.

Kelisson #3574 @kelisson.tozzi em 15/02/2017 às 13:43

" "

Problema é que pra ter novas eleições o vice tem que renunciar, caso contrario André Negão é o novo presidente do Corinthians.

Publicidade

Walter Magal #198 @walter.magal em 15/02/2017 às 13:46

O impeachment seria um começo, mas na realidade precisa de muito mais, tem muita gente que tem que cair fora do Clube, precisamos de gente nova e determinada, com conhecimento em saber administrar um gigante como o Corinthians, chega de amadores, hoje vivemos um mundo do futebol diferente, hoje tem que ser gerido como uma empresa e no caso o Corinthians é uma Multinacional pelo seu tamanho.

Sandra Lima #1 @sandra.lima4 em 15/02/2017 às 13:45

Vixi

Não sei o que é pior.

Kelisson #3574 @kelisson.tozzi em 15/02/2017 às 13:43

" "

Problema é que pra ter novas eleições o vice tem que renunciar, caso contrario André Negão é o novo presidente do Corinthians.

Kelisson Tozzi #3.574 @kelisson.tozzi em 15/02/2017 às 13:43

Problema é que pra ter novas eleições o vice tem que renunciar, caso contrario André Negão é o novo presidente do Corinthians.

Sandra #1 @sandra.lima4 em 15/02/2017 às 13:37

" "

Que ele vaze do Corinthians.

E possamos ter novas eleições.

Coala Fiel #781 @coalafiel em 15/02/2017 às 13:42

Você está equivocado, até agora o André Negão e o Andrés não foram denunciados na Lava Jato. Se isto tivesse ocorrrido, seria manchete todos os dias. Pode consultar.

rafael #3727 @jr777 em 15/02/2017 às 12:25

" "

Gostaria muito de ver o Roberto também o Flavio e Alessandro fora do Corinthians motivado por impeachment, demissão ou renúncia não importa a motivação mas que deixassem o clube.

O único porém e bota porém é que André Negão denunciado na Lava Jato assumiria o cargo por quanto tempo?

Vocês conseguem imaginar Andres de volta? Outro denunciado.

Outra alternativa não sei se melhor ou pior a família Garcia assumindo o poder não podemos esquecer eles fazem do clube há muito tempo de caixa 1 2 sei lá os imbróglios.

Resumo dessa opera estamos nós torcida muito muito mal pagos tudo esta dominado por pessoas da pior espécie e origem.

Abraços

Sandra Lima #1 @sandra.lima4 em 15/02/2017 às 13:37

Que ele vaze do Corinthians.

E possamos ter novas eleições.

Oilson Amorim Dos Reis #5 @reyes em 15/02/2017 às 13:33

Fora Desmanche de Andrade!

Philippe Dutra #185 @phil.dutra em 15/02/2017 às 12:59

Que demora gigante esse processo.

Kaeddy Carlos Targa #806 @kaeddy.carlos.targa em 15/02/2017 às 12:44

Não vai ter

Gerald Gomez #481 @luterley em 15/02/2017 às 12:43

Mas o André tem obrigatoriamente de convocar novas eleições dentro de 30 dias

rafael #3727 @jr777 em 15/02/2017 às 12:25

" "

Gostaria muito de ver o Roberto também o Flavio e Alessandro fora do Corinthians motivado por impeachment, demissão ou renúncia não importa a motivação mas que deixassem o clube.

O único porém e bota porém é que André Negão denunciado na Lava Jato assumiria o cargo por quanto tempo?

Vocês conseguem imaginar Andres de volta? Outro denunciado.

Outra alternativa não sei se melhor ou pior a família Garcia assumindo o poder não podemos esquecer eles fazem do clube há muito tempo de caixa 1 2 sei lá os imbróglios.

Resumo dessa opera estamos nós torcida muito muito mal pagos tudo esta dominado por pessoas da pior espécie e origem.

Abraços