Boca Juniors 0 x 0 Corinthians - Oitavas-de-final - Libertadores 2022

Libertadores 2022 - Boca Juniors 0 x 0 Corinthians

Partida de futebol entre Boca Juniors 0 x 0 Corinthians nLibertadores 2022

https://www.meutimao.com.br/jogo/7403/libertadores_2022/boca_juniors-0-x-0-corinthians

02:00

2022-07-05T21:30:00

La Bombonera

Endereço: Brandsen 805, Buenos Aires, , Argentina

Boca Juniors 0 X 0 Corinthians

Libertadores 2022
05 de julho de 2022, 21:30
Boca Juniors 0 x 0 Corinthians
La Bombonera, Buenos Aires, Argentina.
Corinthians vs Boca Juniors edição 19 de 19

Sobre a Partida

Corinthians vence nos pênaltis em noite inspirada de Cássio e elimina o Boca Juniors na Libertadores

O Corinthians viajou para a Argentina para enfrentar o Boca Juniors na Bombonera na noite desta terça-feira e deixou o campo com a classificação para as quartas de final. A equipe alvinegra conseguiu levar a decisão para os pênaltis depois de um novo empate sem gols e se classificou em noite inspirada de Cássio.

Muito desfalcado, o Timão fez dois tempos nos quais sofreu muita pressão dos donos da casa. Nos primeiros 45 minutos, o Boca Juniors ainda perdeu um pênalti com Benedetto. Ao longo de todo o jogo, a equipe argentina tinha a posse, mas não conseguiu muitas chances de perigo.

Sem gols, a decisão foi para os pênaltis. Cássio fez duas defesas importantes para manter o Timão vivo até a última cobrança e a equipe alvinegra levou a classificação para as quartas de final mesmo fora de casa. Fábio Santos, Cantillo, Róger Guedes, Roni, Lucas Piton e Gil converteram suas batidas.

Agenda alvinegra: os corinthianos voltam a campo no domingo, quando a equipe enfrenta o Flamengo, às 16h, na Neo Química Arena, pelo Brasileirão.

Os titulares!

Diante dos desfalques, o Corinthians foi a campo nesta noite com Cássio, Rafael Ramos, Raul Gustavo, João Victor, Fábio Santos, Cantillo, Giuliano, Du Queiroz, Gustavo Mantuan, Lucas Piton e Róger Guedes.

Escalação do Corinthians

Meu Timão

O Boca Juniors, por sua vez, foi a campo com Rossi, Advíncula, Izquierdoz, Rojo, Fabra; Pol Fernandez, Varela, Oscar Romero; Zeballos, Benedetto e Villa.

Os 90 minutos!

Primeiro tempo

A partida, como era de se esperar, começou com a equipe do Boca Juniors tentando as jogadas ofensivas. Com cerca de seis minutos, Cássio precisou fazer a primeira boa defesa no chute de Fernandez pela esquerda e colocou a bola em escanteio. A cobrança não levou perigo.

Pouco depois, quem chutou ao gol de Cássio foi Fabra, mas a bola saiu por cima do gol corinthiano. Depois disso, os minutos seguintes foram de menos perigo à meta do goleiro alvinegro.

Aos 18 minutos, depois de uma chance perdida por Guedes, o Boca puxou um contra-ataque. Pela direita, Piton foi vencido por Zeballos no campo de defesa e o cruzamento na área encontrou Benedetto livre. O argentino fez a finalização de primeira, mas pegou mal na bola e mandou por cima do gol.

Com pouco mais de 25 minutos, Raul Gustavo disputou a bola com Fernandez no alto e o argentino caiu pedindo pênalti. A jogada seguiu normalmente, mas, pouco depois, o árbitro parou para atendimento do adversário. Orientado pelo árbitro de vídeo, ele revisou a jogada e marcou pênalti. Depois de seis minutos, Benedetto foi responsável pela cobrança e mandou a bola na trave.

Mesmo com Cássio caído para o lado oposto da batida de Benedetto, a bola não entrou. Depois de explodir na trave, ela voltou na pequena área e a equipe alvinegra conseguiu afastar o perigo. A bola ainda desviou e saiu em posse do Timão.

Aos 35 minutos, Cássio saiu mal em cobrança de escanteio, a cobrança foi desviada de cabeça na pequena área e Benedetto ficou com a sobra e o gol livre, mas mandou pela linha de fundo.

Dentro dos cinco minutos finais, o Boca teve duas oportunidades e em ambas João Victor falhou. Na primeira, o zagueiro deixou a bola sair em escanteio e, na segunda, furou ao tentar afastar o perigo na entrada da área. Felizmente, nenhuma das duas oportunidades assustou o goleiro Cássio.

Já nos acréscimos, o Corinthians teve que lidar com uma baixa. João Victor se lesionou em jogada com Romero no campo de defesa corinthiano e teve que deixar o jogo. Gil entrou no lugar do zagueiro. A bola rolou pouco após a substituição e os 45 minutos iniciais chegaram ao fim sem gol.

Segundo tempo

O Corinthians voltou para o segundo tempo sem alterações. Apesar disso, o técnico alvinegro precisou mexer na equipe com cinco minutos de jogo: Mantuan sentiu dores na coxa e foi substituído. Giovane entrou no lugar do camisa 31.

Com exceção da substituição, os minutos iniciais desta etapa foram iguais aos da primeira: a posse de bola era do Boca, que buscava espaço no ataque, enquanto o Timão se defendia. A primeira chegada do Timão veio nos pés de Giuliano, que foi derrubado com falta e tentou seguir a jogada, mas não conseguiu. O juiz nada marcou e mandou o lance seguir.

Na sequência, com quase 15 minutos, Benedetto perdeu mais uma boa oportunidade. O atleta argentino recebeu o passe em velocidade, invadiu a área e viu Cássio deixar o gol para tentar a defesa. O camisa 9 tentou a finalização de cavadinha e mandou a bola por cima do gol.

Perto dos 25 minutos, a nova chegada do Boca foi afastada pela defesa em escanteio. A cobrança foi levantada na área e o cabeceio adversário saiu sem perigo. Logo após o lance, Vítor Pereira fez três mudanças na equipe e colocou Roni, Bruno Melo e Bruno Méndez nos lugares de Du Queiroz, Giuliano e Rafael Ramos.

Minutos mais tarde, o Corinthians fez boa troca de passes e chegou na linha de fundo. Giovane, muito marcado, pressionou e acabou ficando sem a bola. A sobra quase foi de Guedes, mas a defesa levou a melhor.

O Corinthians voltou ao campo de ataque quando Bruno Méndez ficou com a bola e tentou o lançamento longo para Róger Guedes, mas o camisa 9 não chegou na bola, que saiu em tiro de meta. Dois minutos mais tarde, em cobrança de falta, o Boca levantou a bola na área alvinegra e a defesa afastou o perigo em dois tempo.

Nos minutos finais, o Boca tentou algumas chegadas, mas a bola passou direto pela linha de fundo em todas. Na tentativa em que a bola foi levantada na área, Cássio fez boa defesa sem dificuldades. Mesmo com cinco minutos de acréscimo, nenhuma das equipes conseguiu balançar as redes.

Os pênaltis

O Boca Juniors começou batendo. Rojo foi para a cobrança e converteu. Pelo Corinthians, o responsável pela primeira batida foi Fábio Santos, que converteu com batida no alto.

A segunda cobrança argentina foi de Izquierdoz, que também converteu. O segundo corinthiano a bater foi Cantillo, que bateu no canto direito e converteu.

Villa fez a terceira cobrança do Boca Juniors e Cássio cresceu para fazer a defesa no canto direito. Raul Gustavo bateu o terceiro pênalti corinthiano e o goleiro Rossi também fez a defesa.

A quarta cobrança da equipe da casa foi de Fernandez, que bateu no canto direito. Cássio caiu e chegou perto de pegar, mas a cobrança foi convertida. Bruno Melo bateu a quarta do Corinthians e colocou a bola no canto esquerdo, onde Rossi caiu e converteu.

A quinta cobrança foi de Benedetto, que isolou a batida de maneira inexplicável. Róger Guedes fez a quinta cobrança corinthiana e no ângulo esquerdo converteu para o Timão.

Na primeira batida das cobranças alternadas, Romero bateu no meio e Cássio quase pegou com o pé, mas a bola entrou. Roni foi responsável pela batida pelo Corinthians e também marcou.

Varela cobrou o segundo pênalti alternado e converteu no canto esquerdo. Lucas Piton foi quem fez a cobrança corinthiana e também marcou o gol.

A terceira das cobranças foi de Ramirez e Cássio caiu bem para fazer a defesa. Gil fez a cobrança corinthiana e converteu para classificar o Timão.

Ficha técnica de Boca Juniors 0 x 0 Corinthians

Competição: Copa Libertadores da América
Local: Estádio Alberto Jacinto Armando, Buenos Aires, Argentina
Data: 05 de julho de 2022 (terça-feira)
Horário: 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Andres Matonte
Assistentes: Nicolas Taran e Martin Soppi
Árbitro de vídeo: Leodan Gonzalez
Cartões amarelos: Varela (Boca Juniors); Raul Gustavo e Gil (Corinthians)

BOCA JUNIORS: Rossi; Advincula, Izquierdoz, Marcos Rojo e Fabra; Pol Fernandez, Varela, Oscar Romero e Zeballos (Ramirez); Benedetto e Villa.
Técnico: Sebastian Battaglia

CORINTHIANS: Cássio; Rafael Ramos (Bruno Méndez), Raul Gustavo, João Victor (Gil), Fábio Santos, Du Queiroz (Roni), Cantillo, Giuliano (Bruno Melo), Lucas Piton, Gustavo Mantuan (Giovane) e Róger Guedes.
Técnico: Vítor Pereira

Quem Atuou

Títulares

Reservas

Técnico

Árbitro

Comente a partida: Boca Juniors 0 x 0 Corinthians

x