Venha fazer parte da KTO
Juventude x Corinthians

Pelo Campeonato Brasileiro, o Corinthians enfrenta agora o Juventude

Acompanhe ao vivo
x

Racing 1 x 1 Corinthians - Sul-Americana 2024

Sul-Americana 2024 - Racing 1 x 1 Corinthians

Partida de futebol entre Racing 1 x 1 Corinthians nSul-Americana 2024

https://www.meutimao.com.br/jogo/8118/sul-americana_2024/racing-1-x-1-corinthians

02:00

2024-04-02T21:30:00

Centenário

Endereço: Montevideo, 11400, Uruguay, Montevidéu, , Uruguai

Racing 1 X 1 Corinthians

Sul-Americana 2024
02 de abril de 2024, 21:30
Racing 1 x 1 Corinthians
Centenário, Montevidéu, Uruguai.
Duelo 3 de 3 confrontos

Sobre a Partida

Corinthians tropeça nos minutos finais e empata com o Racing na estreia da Sul-Americana

Na noite desta terça-feira, o Corinthians fez sua estreia na Sul-Americana, enfrentando o Racing, do Uruguai. Apesar de ter aberto o placar, a equipe brasileira não conseguiu segurar a vantagem e cedeu o empate nos minutos finais da partida. O jogo, portanto, terminou empatado em 1 a 1.

Com o empate, o Corinthians soma apenas um ponto nesta primeira rodada, ocupando momentaneamente a segunda posição do Grupo F. Atualmente, o líder da chave é o Argentinos Juniors, da Argentina, que soma três pontos após a vitória em sua partida inaugural.

Vale ressaltar que apenas o time que terminar em primeiro lugar de cada grupo avançará diretamente para as oitavas de final da Sul-Americana. Enquanto isso, o segundo colocado terá que disputar uma repescagem contra uma equipe vinda da Copa Libertadores para garantir sua vaga.

Agenda alvinegra: o próximo jogo do Corinthians está agendado para daqui a exatamente uma semana, no dia 9 de abril. Os comandados de António Oliveira enfrentarão o Nacional, do Paraguai, às 19h, na Neo Química Arena, pela segunda rodada da Sul-Americana.

Escalação

O Corinthians enfrentou o jogo com dez ausências. Entre elas, Coronado, Maycon e Palacios permaneceram no Brasil tratando lesões. Além disso, António Oliveira decidiu não incluir na lista de relacionados Felipe Longo, João Pedro, Caetano, Ryan, Matheus Araújo, Kayke e Arthur Sousa.

Diante deste cenário, o time titular do Timão que entrou em campo nesta noite foi formado com: Cássio; Fagner, Félix Torres, Gustavo Henrique e Hugo; Raniele, Breno Bidon e Rodrigo Garro; Wesley, Yuri Alberto e Pedro Raul.

Escalação Corinthians

Meu Timão

O Racing, sob o comando de Eduardo Espinel, foi escalado com a seguinte formação: Bacchia; Cotugno, Magallanes, Lucas Monzón e Martín Ferreira; Erik De Los Santos, Lucas Rodríguez e Varela; Urretaviscaya, Veron e Nandin.

O jogo

Primeiro tempo

A primeira oportunidade do jogo surgiu para o Racing aos dois minutos, quando Veron recebeu um passe em frente à área. Apesar da marcação de Félix Torres e Gustavo Henrique, ele conseguiu dominar a bola e finalizar com perigo, mas para fora do gol.

O Corinthians, por sua vez, teve sua primeira chance aos seis minutos de jogo. Em uma jogada rápida, Fagner conseguiu se livrar da marcação e disparou um chute forte em direção ao gol, exigindo uma boa defesa do goleiro Bacchia.

A partida estava bastante truncada, com o Corinthians buscando controlar a posse de bola. No entanto, a equipe encontrava dificuldades, especialmente na transição para os jogadores do campo de ataque, mostrando certa falta de criatividade na construção das jogadas.

Aos 12 minutos, uma falha defensiva do Corinthians quase resultou em problemas para Cássio. Gustavo Henrique cometeu um erro ao deixar a bola passar para Nandin, que, sozinho, não conseguiu encontrar criatividade suficiente para superar o goleiro do Timão.

Após falta cometida sobre Wesley, o Corinthians teve uma oportunidade aos 18 minutos. Na cobrança, Rodrigo Garro optou por um lance rasteiro na entrada da pequena área, facilitando para a defesa do Racing realizar o corte e neutralizar o perigo.

Wesley vinha sendo a válvula de escape do Timão, conduzindo pela esquerda com dribles que desafiavam a defesa adversária. No entanto, o jovem de 19 anos também se tornou alvo das faltas, sofrendo diversas infrações enquanto buscava desequilibrar o jogo.

O Racing, até então apagado na partida, ressurgiu aos 31 minutos com uma jogada de muito perigo. Veron fez um cruzamento na segunda trave, onde Cotugno desviou de cabeça e a bola sobrou novamente para Veron, que soltou uma pancada e acertou a trave.

Aos 35 minutos, o Corinthians teve uma oportunidade de ouro com Yuri Alberto. O centroavante recebeu um passe de Rodrigo Garro dentro da área, encontrando-se livre de marcação, e tentou o toque por cima do goleiro, resultando em um escanteio.

Na reta final, aos 40 minutos, Raniele tentou uma jogada individual sem sucesso. O volante encontrou dificuldade para se livrar da marcação e optou por arriscar um chute de longa distância, porém a bola saiu completamente sem direção.

Segundo tempo

Com a entrada de Bidu no lugar de Hugo, o Corinthians começou o segundo tempo enfrentando dificuldades para avançar ao ataque. A equipe tentava construir suas jogadas pelo chão, com passes e triangulações, mas não conseguia penetrar no último terço.

Aos nove minutos, outra falha defensiva quase custou caro ao Corinthians, permitindo uma chance perigosa para a equipe do Racing. A jogada foi pelo alto, mas a bola acabou saindo pela linha de fundo.

Após um período de jogo morno, Breno Bidon tentou uma jogada individual para tentar animar o Corinthians. De longe, o jovem arriscou uma finalização que acabou acertando em cheio em Varela, resultando em um escanteio a favor da equipe alvinegra.

Pouco depois, aos 23 minutos, Fausto Vera tentou um lançamento para Yuri Alberto, mas a bola saiu com muita força. O passe parecia ameaçador, chegando a dar a impressão de que poderia ser um chute em direção ao gol, mas acabou saindo para fora.

O Corinthians abriu o placar aos 23 minutos. Em uma jogada coletiva, Romero combinou com Rodrigo Garro, que cruzou na medida para Yuri Alberto. O camisa 9 se antecipou à marcação e cabeceou com precisão, mandando a bola para o fundo das redes.

Aos 32 minutos, o Racing aproveitou um vacilo defensivo de Félix Torres para ameaçar o gol de Cássio. Sosa avançou pela esquerda e soltou um chute cruzado que passou perto da trave oposta à qual o goleiro corinthiano estava posicionado.

No lance seguinte, o Racing chegou a balançar as redes, porém o gol foi anulado após revisão do árbitro de vídeo. Na jogada, Varela subiu sem marcação e cabeceou para o gol após um levantamento na área, porém foi constatado que estava em posição de impedimento.

Porém, o Corinthians não resistiu à pressão e cedeu o empate. Aos 39 minutos, Sosa encontrou Alaniz com um cruzamento preciso, e o jogador argentino finalizou de primeira, deixando o placar empatado.

Era evidente a falta de concentração do Corinthians, refletida em erros individuais. Aos 46 minutos, Félix Torres cometeu uma falha na saída de bola, permitindo que Sosa recuperasse a posse para o Racing. O time uruguaio quase virou o placar em um chute de fora da área.

Ficha técnica de Racing 1 x 1 Corinthians

Competição: Copa Sul-Americana
Local: Centenário, Montevidéu, Uruguai
Data: 02 de abril de 2024 (terça-feira)
Horário: 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Jhon Hinestroza
Assistentes: Jhon Gallego e Mary Blanco
Gols: Alaniz (Racing); Yuri Alberto (Corinthians)
Cartões amarelos: Lucas Rodríguez e Pereira (Racing); Hugo e Rodrigo Garro (Corinthians)

RACING: Renzo Bacchia; Guillermo Cotugno, Hugo Magallanes, Lucas Monzón e Martín Ferreira; Lucas Rodríguez; Erik De Los Santos (Pereira), Jose Varela, Jonathan Urretaviscaya (Mederos) e Tomas Veron Lupi (Alaniz); Dylan Nandín (Sosa).
Técnico: Eduardo Fabian Espinel

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Félix Torres, Gustavo Henrique (Fausto) e Hugo (Matheus Bidu); Raniele, Breno Bidon (Cacá) e Rodrigo Garro; Wesley (Pedro Henrique), Pedro Raul (Romero) e Yuri Alberto.
Técnico: António Oliveira

Notas dadas aos personagens da partida

Titulares

Reservas

Treinador

Árbitro

Comente a partida: Racing 1 x 1 Corinthians