Secretário da Fifa aprova arena corintiana para abertura, diz jornal

Secretário da Fifa aprova arena corintiana para abertura, diz jornal

Após mostrar certa desconfiança ao dizer que ainda não havia recebido nenhuma cópia do projeto corintiano para receber a abertura da Copa do Mundo de 2014, a Fifa dá sinais de que começa a ceder e aceitar a arena que será erguida em Itaquera como palco do jogo de abertura do Mundial. Mesmo sem ter maiores informações do empreendimento e definições de quem bancará a construção, o secretário-geral da entidade, Jérome Valcke, mudou o discurso ao falar novamente sobre a polêmica que cerca a sede paulista, em entrevista concedida ao jornal O Estado de S. Paulo nesta quinta-feira e publicada na edição desta sexta.

O dirigente, que apontou diversas críticas ao Morumbi na época em que o estádio são-paulino era tido como preferido da capital paulista para receber os jogos, foi claro em anunciar que, quando CBF e Corinthians apresentarem uma arena com mais de 65 mil lugares (mínimo exigido pela Fifa para a abertura), ela será aprovada como palco da primeira partida. Nos últimos dias, o clube do Parque São Jorge anunciou a mudança do projeto inicial, de 48 mil para 65 mil lugares, atendendo às exigências da entidade, mas sem especificar quem bancará a diferença na capacidade.

Fonte: Terra

Enviado por: will2s

Veja Mais:

  • Tite está entre os principais treinadores do ano para a FIFA

    Ídolo no Corinthians, Tite é indicado ao prêmio de melhor técnico do mundo pela Fifa

    ver detalhes
  • Crescimento do Fiel Torcedor se reflete nas arquibancadas

    Corinthians ultrapassa rival e assume primeira colocação em ranking de sócios

    ver detalhes
  • Pablo deixou as negociações com o empresário Fernando César; segue tudo travado

    Desconfiança por proposta e pessimismo com renovação de Pablo tomam conta do Corinthians

    ver detalhes
  • Imagem ironizou os que esqueceram da participação alvinegra na Sul-Americana

    Corinthians desenha confrontos da Sul-Americana e volta a ironizar reclamações do calendário

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes