Após acusações, governo de SP responde e diz que Lula foi leviano

Após acusações, governo de SP responde e diz que Lula foi leviano

O governo de São Paulo respondeu, através de nota, as acusações feitas pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Nesta quarta-feira Lula reclamou que o estádio do Morumbi ficou fora da Copa do Mundo de 2014 porque o governo paulista "não brigou corretamente" e que "na verdade, é para atender "interesses comerciais"

"O presidente Lula demonstra completo desconhecimento do processo de escolha do estádio paulista para a Copa de 2014", diz o começo da nota.

Em seguida, completa com cinco itens a resposta em contrapartida ao que "afirmou, levianamente, o presidente Lula"

Veja abaixo a íntegra da nota enviada pelo governo de São Paulo:

O presidente Lula demonstra completo desconhecimento do processo de escolha do estádio paulista para a Copa de 2014. Ao contrário do que afirmou, levianamente, o presidente Lula:

1) O Governo e a Prefeitura de São Paulo trabalharam para que a abertura da Copa seja realizada em São Paulo;

2) Indicou e apoiou o projeto do Morumbi como estádio palco da abertura da Copa;

3) O veto da FIFA e do Comitê Organizador Local (COL) ao estádio do Morumbi, em nada tem que ver com a construção de "estacionamento". Aliás, a construção do estacionamento próximo ao estádio, a realização de obras contra enchentes e a viabilização de uma nova linha de metrô que deve servir o estádio (bem como a comunidade de Paraisópolis e promover a ligação ao aeroporto de Congonhas) serão realizadas, em parceria com a Prefeitura, independentemente da realização de jogos da Copa no estádio do Morumbi;

4) O Morumbi foi descartado pelo COL pois o São Paulo Futebol Clube, responsável pela reforma do estádio, não apresentou as garantias financeiras necessárias ao projeto aprovado, no valor de R$ 630 milhões;

5) Por fim, o futuro estádio do Corinthians foi sugerido pela CBF e será uma obra totalmente privada, ou seja, não contará com recursos públicos. O projeto do estádio está em avaliação no COL/FIFA e caso seja aprovado serão requisitadas as mesmas garantias financeiras exigidas do São Paulo.

Fonte: Folha

Enviado por: will2s

Veja Mais:

  • Pablo explica tratativas paradas por permanência no Corinthians: 'Já conversamos, mas não deu certo'

    [Marco Bello] Pablo explica tratativas paradas por permanência no Corinthians: 'Já conversamos, mas não deu certo'

    ver detalhes
  • Corinthians volta a provocar rival no Twitter e leva Fiel à loucura

    DVD e entortada de Rodriguinho: Corinthians volta a provocar rival no Twitter

    ver detalhes
  • Carlinhos é um dos convocados para o amistoso na Espanha

    Com três reforços do profissional, Corinthians confirma dois amistosos do Sub-20 na Espanha

    ver detalhes
  • Camisa do Timão usada no clássico recebeu 'teste' de patrocínio

    Corinthians encaminha acordo por patrocínio máster, diz portal

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes