Timão perde, mas segura liderança.

Timão perde, mas segura liderança.

O Corinthians foi derrotado pela Ponte Preta, pelo placar de 1X0, em jogo pela 12ª rodada do Paulistão/11; o gol foi marcado por Éverton Santos, aos 17 minutos do segundo tempo. O resultado, apesar de quebrar a invencibilidade, manteve o Timão na liderança do campeonato, mas alertou para a necessidade dos reforços "de nível" prometidos, mas esquecidos, pelos bons resultados que a equipe vinha obtendo.

Na primeira etapa, as duas equipes começaram se estudando mutuamente, e o primeiro momento mais relevante só veio a acontecer aos 8 min, em jogada iniciada numa arrancada de Paulinho, que tocou para Liedson devolver de calcanhar ao volante, que chutou com perigo, à direita do gol da Macaca. A forte marcação da Ponte Preta acabou por complicar a falta de criatividade do meio de campo do Timão, apesar da maior posse de bola, e Mancuso praticamente anulava Morais. Na melhor oportunidade da partida, Dentinho recebeu de Morais, e na marca do pênalti, bateu colocado, mas a bola foi desviada para escanteio. O primeiro tempo deixou o desafio ao técnico Tite para desatar o nó criado por Gilson Kleina.

No segundo tempo, A Ponte Preta, que praticamente não havia ameaçado até então, voltou com a sua forte marcação, e ainda mostrou as garras, mostrando que a sua intenção não era simplesmente conter o Timão. Aos 3 min, em ataque do time campineiro, quase que Alessandro marcou contra, ao tentar cortar a bola, acertou o próprio travessão. A Ponte se manteve ofensiva em pleno Pacaembu, e aos 12 min, Evérton Santos, após falha geral da defesa do Corinthians, recebeu na entrada da área, e chutou como quis no canto direito de Júlio César, que também falhou: Ponte 1X0.

Apesar de Bruno César estar em noite tão infeliz, quanto Morais, o técnico Tite tirou o segundo para colocar Edno em campo, que mal entrou e já desperdiçou jogada, aos 23 min. As tentativas de reação do Corinthians começaram a serem paradas com dureza pelos volantes pontepretanos, que pareciam ter licença do árbitro para baterem a vontade, mas o placar era justo, pois o Corinthians abusava dos passes errados. Aos 29 min, Fábio Santos saiu para a entrada de Ramirez, e pouco depois, Willian no lugar de Alessandro, e Tite resolveu arriscar tudo para tentar reverter o placar. A Ponte Preta, muito bem postada na defesa, e com excelente marcação, não deu nenhuma chance ao Corinthians, a não ser uma bola na trave, cabeceada por Dentinho, no último minuto da partida; jogou e ganhou como time grande. No Timão, as substituições conseguiram piorar a equipe.

Enviado por: Dirceu Felipe de Barros

Veja Mais:

  • Jô passou em branco nesta noite de quarta, diante do Grêmio

    Corinthians não cria, apenas empata com Grêmio na Arena, mas mantém vantagem na liderança

    ver detalhes
  • Pablo está se recuperando de uma contratura muscular na coxa

    Agente de Pablo fala em prioridade do Corinthians e afirma: 'Só chamar para assinar'

    ver detalhes
  • Corinthians de Romero corre risco de ver Santos se aproximar

    Corinthians mantém diferença, mas tem de secar rival nesta quinta; veja classificação atualizada

    ver detalhes
  • Rodriguinho foi eleito o pior em campo

    Carille e dupla de meias são eleitos vilões de tropeço do Corinthians contra Grêmio

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes