Mauro Galvão admite negociações com o Corinthians por goleiro Renan

Mauro Galvão admite negociações com o Corinthians por goleiro Renan

Por Meu Timão

767 visualizações 0 comentários Comunicar erro

O diretor de futebol do Avaí, Mauro Galvão, disse que é concreto o interesse do Corinthians pelo jovem goleiro Renan. De acordo com o dirigente, a possibilidade de transferência do atleta para o clube paulista é real.

“A gente sabe que é difícil não ceder a esse tipo de proposta, então acho que as chances são grandes do Renan deixar o Avaí", reconheceu, em entrevista à rádio Estadão/ESPN. “Não está definido ainda, existe uma negociação em andamento, existe o interesse do Corinthians”, concluiu.

Segundo o site especializado em futebol de Santa Catarina, FutebolSC, o goleiro Renan já teria sido contratado pelo Corinthians. O clube, por outro lado, não confirma a transação. Em seu site, o Corinthians divulgou uma nota sobre o assunto.

“Diferente do que saiu na imprensa nesta terça-feira, o Corinthians não contratou o goleiro Renan, do Avaí. Qualquer informação oficial do Sport Club Corinthians Paulista será divulgada no site do clube”.

Renan teve destaque no Avaí na última temporada e chegou a ser convocado por Mano Menezes para a seleção brasileira.

Fonte: ESPN

Veja Mais:

  • Pedrinho e Romero já tiveram bom rendimento atuando juntos

    Concorrentes para Loss, Pedrinho e Romero vinham jogando juntos com Carille; relembre rendimento

    ver detalhes
  • Corinthians já lucrou quase R$ 100 milhões com negociação de jogadores

    Balanço do Corinthians previa R$ 50 milhões em vendas, mas clube já arrecadou quase o dobro em 2018

    ver detalhes
  • O apresentador e ex-jogador Neto se irritou com o momento atual do Corinthians

    Ex-jogadores do Corinthians comentam derrota no Majestoso nas redes sociais

    ver detalhes
  • O jogador corinthiano fez sua última partida pelo Timão neste sábado

    'Não sei se fico feliz ou triste': torcedores do Corinthians repercutem saída de Rodriguinho

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes