República Popular do Corinthians ganha prêmio em Cannes

República Popular do Corinthians ganha prêmio em Cannes

Por Meu Timão

3.2 mil visualizações 0 comentários Comunicar erro

Gravura feita no lançamento da República Popular do Corinthians

Gravura feita no lançamento da República Popular do Corinthians

A campanha que transformou o Corinthians em um país (República Popular do Corinthians) foi premiada no principal festival de publicidade do mundo. A ação da agência F/Nazca S&S para a Nike, patrocinadora do clube, ganhou um leão de bronze em Cannes, na França, na categoria mídia.

A notícia foi comemorada pelo Corinthians com uma nota oficial em seu site. Antes da premiação em Cannes, a ação já havia sido lembrada em três outros prêmios importantes (dois Clio Awards e um Blue Wave).

A ideia foi lançada no fim de agosto do ano passado, pouco antes do aniversário de cem anos do clube. O Corinthians criou passaporte, preparou vídeos e explorou a marca de seus jogadores mais famosos para vender a ideia de que tinha se tornado um país.

À época, a ação foi tratada com enorme sigilo pelo clube e sua patrocinadora, que também usaram as redes sociais para espalhar a ideia vendida na ação.

Até a relação de Andrés Sanchez, amigo pessoal do ex-presidente Lula, foi explorada na ocasião. O político recebeu o passaporte da República Popular do Corinthians e ouviu do cartola que o "novo país mantinha relações cordiais com o Brasil", em tom de brincadeira.

Fonte: UOL

Veja Mais:

  • Lucca acertou com Internacional por empréstimo

    Lucca, ex-Corinthians, é anunciado pelo Internacional; Fiel aguarda anúncio de Roger

    ver detalhes
  • Contra o Fluminense, Leste Superior ficou longe de estar cheia. Oeste então...

    Corinthians tenta valorizar Fiel Torcedor, aumenta valor dos ingressos e público na Arena diminui

    ver detalhes
  • Inicialmente exposta no Memorial, a estátua de Sócrates está na Arena Corinthians

    Conheça o escultor Laércio Alves, que homenageou Sócrates em estátua exposta na Arena Corinthians

    ver detalhes
  • Sanchez e Roberto de Andrade, atual e ex-presidentes do Corinthians

    Corinthians registra déficit de R$ 35 milhões em 2017; veja números do balanço financeiro

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes