Chicão revela que recebeu e recusou proposta de clube da Arábia Saudita

Chicão revela que recebeu e recusou proposta de clube da Arábia Saudita

Por Meu Timão

484 visualizações 0 comentários Comunicar erro

Um clube da Arábia Saudita tentou contratar o capitão do Corinthians nas últimas semanas. Titular absoluto do Timão desde a Série B de 2008, o zagueiro Chicão revelou nesta quinta-feira que recebeu uma proposta para se transferir, mas optou por recusá-la por causa dos números pouco atrativos.

- Tive uma proposta da Arábia. Falei com o Roberto (de Andrade, diretor de futebol) e deixei claro que não quero sair. Só se for alguma coisa muito boa, que vá me deixar muito feliz. Eu estou muito bem aqui no Corintians – contou.

Chicão disse ainda que não se recorda do nome da equipe interessada. O jogador foi informado da sondagem por seus empresários. Eles, porém, não deram continuidade às conversas por não se animarem com os valores.

- Essa oferta não compensava para mim e nem para o clube. Sou identificado com o Corinthians. Não valeria a pena sair – ressaltou.

Contratado logo após o rebaixamento do Timão para a Série B, no fim de 2007, Chicão, agora com 30 anos, é um dos líderes do elenco. O contrato dele com o clube vai até o encerramento da temporada 2013. Em 176 partidas, marcou 35 gols.

Fonte: Globo Esporte

Veja Mais:

  • Último treino aberto na Arena teve até show pirotécnico

    Corinthians inicia reserva de ingressos para treino aberto na Arena com dois setores disponíveis

    ver detalhes
  • Cada louco com sua mania: Superstições Corinthianas | #86

    VÍDEO: Cada louco com sua mania: Superstições Corinthianas | #86

    ver detalhes
  • Mateus Vital ganhou condição de titular no Corinthians

    Vaga é do Vital! Jair Ventura explica nova escalação e nega foco do Corinthians no Flamengo

    ver detalhes
  • Jogadores titulares conversaram com Jair Ventura antes do coletivo

    Jair Ventura testa time titular do Corinthians pela terceira vez; zagueiro leva pancada e sai antes

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes