Estádio corintiano tem 10,65% das obras concluídas após três meses

Estádio corintiano tem 10,65% das obras concluídas após três meses

Por Meu Timão

Funcionário colocando a primeira estaca do estádio do Corinthians

Funcionário colocando a primeira estaca do estádio do Corinthians

A construção do estádio do Corinthians, em Itaquera, segue em ritmo acelerado, de acordo com a Odebrecht. Do pontapé inicial no terreno, em 30 de maio, até aqui, houve evolução de 10,65% das obras, conforme levantamento da construtora concluído nesta segunda-feira.

Passados exatos três meses e 13 dias, os trabalhos realizados, com agilidade elogiada recentemente em visita do comitê da Fifa, são de terraplanagem e fundação (colocação de estacas e blocos de apoio sobre os quais ficam os pilares de sustentação das arquibancadas). Neste momento, 430 funcionários operam um maquinário de 115 equipamentos no local.

Tendo aval da entidade máxima do futebol para entregar a obra em fevereiro de 2014, quatro meses antes do início da Copa do Mundo no Brasil, a Odebrecht tem adotado esse prazo como oficial. Ainda assim, a construtora espera que a conclusão se dê em dezembro do ano anterior. Pelo ritmo atual de evolução da construção que foi divulgado, isso poderá mesmo ocorrer.

O presidente do Corinthians, Andrés Sanchez, visitou o terreno na semana passada e garantiu que o andamento das obras está 43 dias adiantado em relação ao cronograma oficial. Ele tem repetido constantemente que o estádio estará finalizado bem antes, em setembro de 2013.

O orçamento total para a construção do estádio é de R$ 820 milhões - R$ 400 milhões serão levantados com empréstimo do BNDES, sendo o restante proveniente dos incentivos fiscais concedidos pela prefeitura de São Paulo. Caso esses recursos não sejam suficientes para o preço final, outra fonte seria a antecipação de receitas, como às associadas a patrocínio.

Nesse montante, não é considerada a instalação da arquibancada provisória de 20 mil lugares (necessária para expandir a capacidade para 68 mil lugares e possibilitar que o estádio receba o jogo de abertura da Copa). Os assentos temporários serão arcados pelo governo estadual.

Fonte: Gazeta Esportiva

Veja Mais:

  • Artilheiro do Brasileirão, Jô pode levar novo gancho do STJD

    Jô e Clayson, do Corinthians, voltam a ser julgados no STJD

    ver detalhes
  • Antonio Roque Citadini é candidato da oposição à presidência do Timão

    Em defesa à Arena, Citadini lembra crime fiscal de Andrés: 'Arrebentou com as finanças'

    ver detalhes
  • Pablo foi campeão paulista e brasileiro pelo Corinthians em 2017

    Corinthians volta a negociar com Pablo e pode contratá-lo para 2018, diz portal

    ver detalhes
  • Vasconcelos deve ter contrato estendido com o Timão até o fim de 2019

    Corinthians prepara extensão de contrato a artilheiro da Copinha

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes