Agressores de auxiliar prestam depoimento e são liberados pela PF

Agressores de auxiliar prestam depoimento e são liberados pela PF

Por Meu Timão

Altemir Hausmann reclama de agressão dos torcedores

Altemir Hausmann reclama de agressão dos torcedores

Foto: Felipe Gabriel

Os quatro torcedores do Corinthians acusados de agredir Altermir Hausmann (Fifa-RS), auxiliar de Jean Pierre Gonçalves Lima (RS) no confronto América-MG x Timão, foram identificados pela Polífica Federal do Aeroporto de Congonhas, em São Paulo, prestaram depoimento e foram liberados em seguida.

Eles foram enquadrados no artigo 41-B da lei 10.671/2003 do Estatudo Torcedor, que tem como pena a reclusão de até dois anos e multa, podendo a pena de reclusão ser convertida em punição impeditiva de comparecimento às próximidades do estádio por até três anos.

Ainda não há data para a audiência sobre o caso.

Os corintianos viajaram de Uberlândia (MG), local do jogo, a São Paulo no mesmo voo do trio de arbitragem, que também contava com o auxiliar Julio Cesar Santos.

Fonte: Lancenet

Veja Mais:

  • Dupla Jô-Rodriguinho já não se mostra mais tão efetiva quanto em outros tempos

    Corinthians leva dois gols de bola área, perde do Botafogo e fica pressionado no Brasileirão

    ver detalhes
  • Clayson falou com a imprensa brevemente: 'Não foi nada demais'

    Atacante do Corinthians é conduzido por policiais a prestar esclarecimentos no Rio

    ver detalhes
  • Corinthians de Carille perdeu do Botafogo na noite dessa quarta-feira

    Torcida 'perdoa' cinco jogadores e dá pior nota a Carille após derrota do Corinthians no Rio

    ver detalhes
  • Acorda, presidente!

    [Walter Falceta] Acorda, presidente!

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes