Líderes viram 'escudo' de Tite e o substituem em entrevista coletiva

Líderes viram 'escudo' de Tite e o substituem em entrevista coletiva

Por Meu Timão

155 visualizações 0 comentários Comunicar erro

Em decisão tomada pelos próprios atletas do elenco corintiano, Tite não concedeu entrevista coletiva ao término da partida contra o Ceará. Quem conversou com a imprensa foram líderes do grupo: o zagueiro Paulo André e o lateral direito Alessandro. Segundo ambos, a intenção foi aliviar o treinador, que teria que comentar sobre uma vitória, mas está muito desgastado com a pressão ao longo de toda a temporada.

'A gente sabe que ele (Tite) vem aguentando bastante coisa. Nada mais justo que virmos aqui hoje falar no lugar dele, representar o grupo', explicou Paulo André. 'A carga emocional em cima dele tem sido muito grande. Na hora do gol (aos 35 minutos da etapa final), ele nem descarregou essa tensão, comemorou internamente'.

'É importante que os jogadores falem um pouco mais nesse momento. Não por ter sido uma vitória, se fosse resultado negativo não seria diferente', acrescentou o capitão Alessandro.

Tite concede entrevistas três vezes por semana, uma delas logo depois das partidas da equipe. Recentemente, ele admitiu que chegou a solicitar à assessoria de imprensa para não falar em uma determinada terça-feira, mas teve o pedido negado. Com o Campeonato Brasileiro prestes a terminar, o treinador tem ouvido muitas perguntas a respeito da temporada passada, em que o Corinthians deixou o título escapar. Claramente, as respostas também começaram a endurecer.

A próxima coletiva do comandante corintiano será na sexta-feira, outra data sempre reservada a ele na sala de imprensa do CT Joaquim Grava. Até lá, ele terá respirado mais e falado menos.

'Conhecendo um pouco o Tite, sei que a pressão maior é dele para com ele mesmo. É um cara que vive o futebol 24 horas por dia, que assiste a tudo quanto é jogo, que procura formas para jogarmos melhor. A pressão de fora, todos estamos acostumados já. Pelo campeonato que nós estamos fazendo até aqui, fica difícil aceitar que não ganhemos o título', concluiu Paulo André.

Fonte: Gazeta Esportiva

Veja Mais:

  • Corinthians de Fábio Carille deve chegar reforçado para temporada de 2019

    Retorno de Carille turbina padrão do Corinthians no mercado da bola; veja listas e compare

    ver detalhes
  • Ramiro tem 25 anos e estava no Grêmio desde 2013

    Negócio entre Corinthians e Ramiro é detalhado por presidente do Grêmio: 'Estamos amarrados'

    ver detalhes
  • Thiago Neves desperta interesse no Corinthians

    Corinthians formaliza interesse em Thiago Neves e Sassá, relata Cruzeiro

    ver detalhes
  • Matias Ávila, diretor financeiro, e Roberto Gavioli, gerente financeiro, em coletiva nesta quarta-feira

    Corinthians confirma déficit em 2018, mas prevê explosão de receitas com TV e patrocínios

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes