Corinthians rejeita R$ 220 mi por 'naming rights', mas baixa valor pedido, diz coluna

Corinthians rejeita R$ 220 mi por 'naming rights', mas baixa valor pedido, diz coluna

Por Meu Timão

O Corinthians recusou uma proposta de R$ 350 milhões pelos 'naming rights' de seu estádio que está sendo erguido em Itaquera, na Zona Leste de São Paulo, provavelmente feita por uma empresa aérea estrangeira. O presidente do clube, Andrés Sanchez, estipulou em R$ 350 milhões o valor que deseja para deixar uma companhia colocar o nome dela na arena.

É o que informa a coluna de Mônica Bergamo na edição desta quinta-feira da 'Folha de S. Paulo', a qual traz até fala de Andrés, obtida em um jantar oferecido por um empresário ao narrador Galvão Bueno, da TV Globo. 'Queremos um valor maior, R$ 350 milhões', afirmou o mandatário corintiano.

A pedida, no entanto, já é R$ 50 milhões abaixo da colocada pelo próprio Andrés quando do anúncio do calendário da Copa do Mundo de 2014, no qual foi informado oficialmente que o estádio do clube receberá a abertura do evento.

Na ocasião, Galvão Bueno questionou o presidente alvinegro sobre qual seria o valor para uma empresa estampar o nome e ouviu como resposta R$ 400 milhões.

Fonte: ESPN

Veja Mais:

  • Guilherme Arana está lesionado

    Possível nova oferta por Guilherme Arana não abala diretoria do Corinthians

    ver detalhes
  • Clayton se despediu do Corinthians em rede social

    Clayton se despede do Corinthians em rede social: 'Dever cumprido'

    ver detalhes
  • Romero e Balbuena foram convocados pelo técnico Arce

    Lesão não impede convocação de Balbuena; Paraguai libera lista com os jogadores do Corinthians

    ver detalhes
  • Torcida do Corinthians não vê jogo da equipe na TV aberta há quase um mês

    Fiel só tem uma opção para assistir na TV ao jogo do Corinthians contra Chapecoense

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes