Tite vê 'pobreza' em motivação do Palmeiras por 'ferrar' Corinthians

Tite vê 'pobreza' em motivação do Palmeiras por 'ferrar' Corinthians

Por Meu Timão

Minutos depois de ter saboreado a sensação de ser campeão brasileiro antecipado, o técnico Tite tomou conhecimento de que o Vasco havia vencido o Fluminense e levado a decisão do título para a última rodada, quando o Corinthians (que venceu o Figueirense por 1 a 0 neste domingo) terá pela frente o Palmeiras, no Pacaembu. No clássico, o rival alviverde tentará estragar a festa da equipe alvinegra.

'Temos que fazer nossa parte e ter respeito. É muito pobre o cara se motivar por querer ferrar o adversário', indignou-se o técnico Tite. 'Eu não tenho esse tipo de sentimento, simplesmente quero fazer meu trabalho. Até porque fui técnico lá um dia e tenho respeito muito grande à entidade. Quero ter alegria, mas não fico contente com a tristeza de outra equipe, qualquer que seja. Não fiquei feliz de ferrar o Figueirense'.

O treinador corintiano soube do resultado paralelo do Vasco contra o Fluminense dentro do vestiário. Como a partida do Corinthians terminou seis minutos antes do clássico carioca, ele desceu rapidamente do gramado e foi informado pelo fisioterapeuta Caio Mello quando o vice-líder anotou o segundo gol no Engenhão e forçou a decisão na rodada derradeira.

'Saí de campo com a boca doce, me deram uma bala Juquinha, me enganaram', brincou o comandante, que elogiou o desempenho de sua equipe em Florianópolis. 'Foi um primeiro tempo complicado, porque o Figueirense teve mais volume de bola, apesar de não ter infiltração. No segundo, com a entrada do Alex, com dois meias, tivemos sustentação, e a equipe cresceu, fez o gol e teve a possibilidade do segundo. Só que não dependíamos só de nós, pois tinha o resultado paralelo'.

Com 70 pontos ganhos, o Corinthians depende de empate no clássico de domingo que vem, contra o Palmeiras, no Pacaembu, para conquistar seu quinto título brasileiro na história.

Fonte: Gazeta Esportiva

Veja Mais:

  • Artilheiro do Brasileirão, Jô pode levar novo gancho do STJD

    Jô e Clayson, do Corinthians, voltam a ser julgados no STJD

    ver detalhes
  • Antonio Roque Citadini é candidato da oposição à presidência do Timão

    Em defesa à Arena, Citadini lembra crime fiscal de Andrés: 'Arrebentou com as finanças'

    ver detalhes
  • Pablo foi campeão paulista e brasileiro pelo Corinthians em 2017

    Corinthians volta a negociar com Pablo e pode contratá-lo para 2018, diz portal

    ver detalhes
  • Vasconcelos deve ter contrato estendido com o Timão até o fim de 2019

    Corinthians prepara extensão de contrato a artilheiro da Copinha

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes