Pela rivalidade, Assunção torce por título do Vasco

Pela rivalidade, Assunção torce por título do Vasco

Por Meu Timão

416 visualizações 0 comentários Comunicar erro

Marcos Assunção torce pelo título do Vasco

Marcos Assunção torce pelo título do Vasco

Foto: Eduardo Viana

O volante Marcos Assunção bem que tentou escapar das polêmicas antes do clássico entre Palmeiras e Corinthians, domingo, no Pacaembu. Mas admite: pela rivalidade, torcerá para que o Vasco seja campeão do Brasileiro.

Autor do gol palmeirense na vitória sobre o São Paulo, por 1 a 0, no último domingo, o capitão do Palmeiras ressalta que o objetivo do Palmeiras, agora, é terminar o ano com dignidade. Para isso, espera mais uma boa atuação e sabe que uma vitória é essencial. Para ele, nada vai apagar a temporada ruim do time em 2011.

- Pelo lado do torcedor, gostaria que o Vasco fosse campeão. Tenho respeito pelo Corinthians, pela entidade. Fizeram um ano maravilhoso, merecem estar onde estão. Pela rivalidade, prefiro o Vasco campeão. Mas o Vasco tem que fazer o trabalho deles lá. Pelo lado Marcos Assunção, se o Palmeiras ganhar, já estou satisfeito. O título não é problema meu. Espero terminar com a vitória - afirmou Assunção.

- O grande jogador se destaca nessas partidas, são clássicos. Para a torcida, se ganharmos vai ser muito bom, vão ficar contentes. Não é a mesma coisa para nós, não é igual a ganhar um título. O importante é o Palmeiras fazer um bom trabalho, terminar o ano bem. Sabemos da euforia rolando com a torcida desde domingo, temos que estar focados no nosso trabalho. Deixar para os torcedores. Não falo que vamos estragar a festa do Corinthians.

Segundo o experiente Marcos Assunção, é importante que os jogadores do Palmeiras não entrem no clima da torcida e não se preocupem com o resultado do outro jogo, entre Vasco e Flamengo. Um empate com o Palmeiras já dá o título ao Corinthians. Em caso de vitória, o Vasco precisa vencer para ser campeão.

- Tem que ser assim, nós somos profissionais. Por mais que torçamos, em campo temos que pensar no clube, em fazer um bom trabalho. Se for pensar como torcedor, fica ruim o negócio. Temos que ficar tranquilos, centrados. Não façamos qualquer coisa que não seja dentro de campo - concluiu.

Fonte: Lancenet

Veja Mais:

  • Momento em que Clayson dispara água contra torcida da Chapecoense

    Clayson pede desculpa em rede social e procura torcedora envolvida em polêmica na Arena Condá

    ver detalhes
  • Derrotado pela Chapecoense, Timão volta a focar na Copa do Brasil

    Corinthians não perde posição com revés, mas distância para G6 cresce; confira tabela atualizada

    ver detalhes
  • Corinthians perdeu de virada neste domingo para a Chapecoense, por 2 a 1

    Análise: Corinthians esbarra nas próprias pernas e no ímpeto da Chapecoense

    ver detalhes
  • Equipe de futsal do Timão é líder isolada da Liga Paulista de Futsal

    Corinthians vira com gol no fim, vence Dracena e dispara na liderança da Liga Paulista

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes